segunda-feira, 4 de junho de 2018

Mangá Revista Nakayoshi


  

Eu e minha coleção Nakayoshi 1997 ; A ; " "    

Estou de saída agora e o MAL continua em manutenção então a postagem ficou sem linkagem. Depois tento colocar se lembrar ´ A ` ; ;  
Olá ! ~

A da vez é sobre... Nakayoshi! A revista que passou por uma época áurea quando de Sailor Moon e Card Captors Sakura na verdade já existia em 1958, quando serializava obras de Tezuka. A editora Kodansha foi pioneira na publicação de revistas de mangá, e é sobre a história dessa revista shoujo tão tradicional que iremos falar... agora!

A Nakayoshi surge em 1954, como a iniciativa da Kodansha de ingressar no mercado de publicações de mangás shoujo. A editora já tinha uma outra revista voltada para garotas jovens em publicação, a Shoujo Club, desde 1926. Esta continha principalmente histórias e poesias e se limitava a algumas poucas histórias de mangá.

A Nakayoshi surge publicando mangá, um ano antes da sua principal concorrente - a Ribon, que comentaremos futuramente - e décadas antes da Ciao, que futuramente também se tornaria uma forte concorrente. Pouco sei a respeito da primeira década da revista, uma vez que há pouca informação online e uma das coisas que sei era que Osamu Teuka publicou muitas séries famosas até atualmente na Nakayoshi. Artistas como Setsuko Tamura, Koshiro Takeshi e Akira Mochizuki publicavam na Nakayoshi na segunda metade da década de 60 mas não se podia dizer que tiveram o reconhecimento internacional de um Osamu ou mesmo de sua assistente Mizuno Hideko que serializaria Honey Honey na Mimi ; ; Talvez os artistas dessa época que conseguiram melhor renome no exterior excluindo-se Osamu foram Leiji Matsumoto e Miyako Maki - o casal respectivamente conhecido por Space Battleship Yamato e por bonecas Licca. Maki desenhava pra Nakayoshi e acabou contando com a colaboração de Matsumoto a partir do casamento em 1961, porém as séries... floparam, basicamente 

Porém, editorialmente, muitas coisas mudaram em meados de 1964. Nessa época, a Shoujo Club se torna Shoujo Friend - e passa a concorrer com a Margaret, com publicações shoujo mais maduras, comparando à Nakayoshi que concorria com revistas infantis. Em geral 1964 foi um ano marcante nas revistas shoujo aliás - ano de estreia de Satonaka Machiko e também Takashina Ryouko na Yume e na Shoujo Friend que foram artistas proeminentes durante a década de 1980 na Nakayoshi porém antes disso tivemos a década de 1970 e o grande sucesso de uma série chamada ...    

Candy Candy foi a grande série que uma então desconhecida mangaká chamada Yumiko Igarashi desenhou par a uma grande escritor a chamada Keiko Nagita e tenho a convicção de que tem muitas chances de vocês já terem escutado falar em Yumiko Igarashi porém jamais em Keiko Nagita. Enfim, Nagita era escritora famosa e a Nakayoshi se interessou por uma versão ilustrada pouco ambiciosa do seu livrinho infantil que acabou ganhando o primeiro prêmio Kodansha de mangá shoujo e se tornando o grande expoente dos mangás shoujo. Seu estilo artístico foi consagrado e atualmente tem museu dedicado a ela que também tem uma prima famosa chamada Satsuki Igarashi (vulgo do CLAMP) .

Enfim, a primeira grande puiblicação da revista Nakayoshi possivelmente se deu nessa década de Candy Candy, publicado de 1975 a 1979. Séries da década de 1980 até conseguiram embarcar nessa popularidade, com autoras como Jun Makimura de Attacker You! , Chizuru Takahashi e Shizue Takanashi de Ohayo! Spank, sem contar as já mencionadas Ryouko Takashina de Jigoku Mes ga Hikaru e Machiko Satonaka. A revista tinha ainda a irmãzinha Nakayoshi Deluxe ... No entanto era época de Tokimeki Tonight e Slow Step nas revistas rivais e enquanto outras revistas adquiriam identidades fortes, a Nakayoshi seguia publicando séries de cotidiano e romance que não agregavam grande diferenciais. A estreia de Naoko Takeuchi foi nessa década com uma história curta chamada Love Call que ninguém ouviu falar. Também sua primeira série: Maria.
  
Foi então que o editor da época resolveu vir com uma política de incluir histórias de aventuras e magia e a resposta foi a época áurea da revista Nakayoshi - virtualmente qualquer coisa publicada entre o começo dos anos 1990 e meados dos anos 2000 na Nakayoshi atingia um sucesso estrondoso. Rayearth? Nakayoshi. Sakura Card Captors? Sailor Moon? Nakayoshi. Shugo Chara? Nakayoshi. É sério, pensem em uma série super popular daquela época e vocês pensarão Nakayoshi, com grande probabilidade. Por quê? A jogada de marketing que incluia parcerias com empresas fabricantes de brinquedinhos como varinhas e similares deu muito certo aparentemente, e ainda incluía naquele começo dos anos 90 o lançamento simultâneo de histórias animadas dos mangás deles - Sailor Moon foi uma dessas, sendo lançado paralelamente ao mangá, o anime. Moonies sabem algumas das diferenças entre ambos que tem a ver com a tal estratégia.  


 Eu com o Furoku de Sailor Moon da Nakayoshi de Nov / 1993 ~ 

Enfim, as menininhas jovens daquela época curtiam Nakayoshi e não a toa a estética da revista influenciou muito do que se tinha por estética shoujo naquela década. Sendo revista de autoras como Machiko Satonaka não é à toa que passamos a ter uma estética mais longilínea e detalhada dominando naquela época - o padrão estético era elevado ao menos julgando por revistas que tenho ; ; 

Depois dessa época no entanto os mahou shoujo começaram a ter um declínio de popularidade e a revista começou a tentar criar uma identidade voltada a shoujo de romance relativamente ... picante. O que é bem curioso considerando que a Nakayoshi sempre tev a identidade de revistas infantis , brilhos e purpurina na estética - mas provavelmente a época áurea foi tão forte que acabou dando à revista a impressão de que precisaria de alguma forma crescer com leitoras .

Enfim, faz algum tempo que não acompanho as publicações da revista porém tenho ideia das séries populares atualmente e são definitivamente romances shoujo ousados . A revista tem uma história de ousadias cá e acolá apesar de ser uma revista infantil então interessa-me mercadologicamente mas como leitora ... é, prefiro décadas anteriores ^_^ ;;  

Fontes:   
Wikipedia  
AnimeNewsNetwork.com
http://fehyesvintagemanga.tumblr.com/tagged/Nakayoshi  
http://tezukaosamu.net/en/manga/428.html   
Shoujo Cafe   
AnimeShoujo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário