sábado, 25 de novembro de 2017

Moda: Estilos de moda japonesa - ou inspirados em moda japonesa - recentes


 Para contrapor um pouco o tanto de velharia que eu postei aqui quando falei de gyaru, o post da vez é para falar sobre estilos em alta. Afinal, gyaru pode ser qualquer coisa menos "in", mas existem vários estilos de moda atualmente "in" no Japão e é sobre eles que eu quero falar hoje.

Afinal, nem todos tem acompanhado o que acontece na moda japonesa ao longo dos anos e a gente realmente não devia ter a obrigação de procurar em dezenas de websites japoneses até descobrir por que tem uma galera se pintando de verde. Apesar de não ser tão fã de todos eles, meu intuito é fazer um resumão que não se encontra tão fácil na Internet, infelizmente. Então espero sinceramente que meu guia ajude algumas pessoas. *^_^* Agradeço de coração!

Fairy Kei
Estou deixando em primeiro porque já escrevi não um mas três! posts sobre e é o meu estilo favorito ou ao menos o que eu mais gostei na vida, então é bom fazer aquela leitura se quiser entender o que eu quero dizer com "fairy kei" em ... praticamente todos os posts sobre j-fashion.

Pop Kei/Spank!
Vamos deixar claro: Spank foi um estilo inventado por uma loja chamada spank no começo dos anos 2000 e que garotas começaram a usar com roupas de outras lojas ou off-brand alguns anos depois, daí chamaram de "pop kei". Mesmíssima coisa aliás. Eu defino pessoalmente o pop kei como exatamente o que o nome diz - um estilo extremamente pop dos anos 80, com uma pegada vintage e que é praticamente uma mistura de hipsters de Tumblr com anos 80 legítimo com fairy kei. Tem tendência a usar cores fortes ou clarinhas, mas não exclui o branco; às vezes a paleta lembra o decora, mas é mais simples e faz uso de peças que você encontraria em um guarda-roupa dos anos 80 com um toque Harajuku - uma jaqueta de couro lilás, por exemplo, ou uma saia de bolinhas. É realmente criativo e eu pessoalmente considero difícil de montar coord, mas divertido. É muito comparado com o fairy kei por ter surgido na mesma época, e não seria errado dizer que ele ajudou a fazer surgir o Fairy Kei - falei um pouco sobre aqui.

Gyaru
Já fiz um post só falando sobre aqui. Na verdade, também fiz um sobre agejo aqui. É um estilo majoritariamente ultrapassado.

Decora
Eu nunca falei aqui sobre decora e isso precisa ser corrigido, porque adoro decora. Oshare kei? Tem muito decora. Especialmente nos Ancafe da vida nos anos 90. Decora é aquele estilo que você encontra nas fotos de Harajuku nos anos 2000, com gente usando um monte de pulseirinhas e presilhas de múltiplas cores e parecendo um verdadeiro arco-íris andante. Eu considero bastante difícil fazer um outfit decora do jeito certo porque são muitos acessórios e todas as cores precisam combinar, sem contar o peso físico, mas é um estilo que tende a ser muito chamativo e adorável. Hoje em dia o que se chamava de decora não é muito popular, mas tem variações. Muita gente acrescenta elementos decora a outros estilos, leia-se excesso de acessórios e outras coisas fofas como polainas e meias em camadas múltiplas. Eu não sou daquelas que "se não é decora não é Harajuku" como alguns adeptos, mas curto.

Otaku (ヲタクコーデ) 
Uma moda do ano passado, curiosamente, de garotas que se vestem com roupas típicas de otaku - uma camisa xadrez, óculos sem graça, enfim, basicamente a antítese de tudo que é fashion - e aí vão posar na Disney e tirar fotos com outras amigas para o Instagram. Não entendi bem ainda se as garotas estão apenas se mostrando como otakus - digamos, criando uma forma de expressão para o que são, e chuto isso porque eu totalmente aderiria - ou se estão simplesmente apropriando-se do visual dos rapazes, mas ainda assim, é quase o equivalente japonês do hipster. Algo a refletir.

Peles Multicoloridas (異色肌)
É o que eu mais vejo atualmente na verdade, uma tendência de garotas - especificamente atrizes pornô - que pintam a pele de cores exóticas como verde ou azul. A pessoa que popularizou isso foi a Miyako, que disse que se inspiram nas garotas coloridas dos videogames e também ganguro, e eu sinceramente consigo ver a influência e o quanto são legais mas só consigo pensar no trabalho que devem ter para se pintarem o tempo inteiro. Eu lamento muito.


Neo Gal
Um termo cunhado por Alisa Ueno que não tem em absoluto a ver com gyaru, mas que ela usou para se definir - o estilo dela é basicamente o que muita gente chama de "estilo Tumblr", uma coisa um pouco grunge, um pouco casual, um pouco jogada, um pouco tendências do ano, um pouco criativa. Acabou que tem gente usando o termo "neo" para outras coisas, como Neo Lolita ou Neo Ikemen - no caso do maravilhoso Devil. A idéia é quebrar padrões anteriores e ser trendy. Não pegou muito, mas se ouvirem falar em Neo Gal já sabem.

Pochama
Não sei se isso pode ser chamado de estilo ou só uma tendência genérica como jumpers ou igari makeup mas o estilo "chubby", meninas gordinhas, tem se popularizado bastante lá. Agora já é possível encontrar modelos chubby em revistas como CanCam graças à tendência surgida de uns 5 anos para cá. (Eu sinceramente não sei o que deveria sentir, mas sendo chubby para padrões japoneses, é para glorificar de pé)

Yumekawaii
Yumekawaii é praticamente uma evolução do Fairy Kei. Um pouco menos elaborado e mais casual, o yumekawaii surgiu nos anos 2010 para representar um aspecto "dreamy", não necessariamente tão nostálgico quanto o fairy kei e ainda mais livre de regras.

Yamikawaii
A versão badass do Yumekawaii, é aquele estilo que você vê no Tumblr em estampas de sangue, creepers, preto e vermelho com rosa bebê, lacinhos de olhos e coisas similares. O nome diz tudo: é kawaii, mas é "yami", ou dárqui. Se parece com o que a gente chama por aqui de pastel goth, é porque é a intenção. Eu mesma não sei falar muito sobre mas acho a estética bastante interessante no que diz respeito a fanart e etc. - e diria que junto com menhera é uma das estéticas dos jogos da Moga então artisticamente falando, sou fã, talvez...?

Menhera
Menhera é quase que uma variante de Yumekawaii em termos de estética, só mudando o conceito já que "menhera" é "mental health", saúde mental. As adeptas desse estilo se vestem com agulhas e oturos instrumentos médicos, pílulas e similares de brinquedo, eventualmente com uma ou outra peça que lembra uma enfermeira. Na verdade, a intenção é glamurizar os distúrbios psíquicos como depressão e afins. É uma tendência real e me vem até à cabeça uma música chamada Fashion Menhera do meu querido AmaBo que é interessante conferir se você falar inglês.

Genderless Kei
Ah, o que dizer da maior das tendências da moda japonesa dos últimos anos? Eu já falei aqui sobre dansou que é basicamente uma forma de genderless, ou ao menos tem chamado as mulheres que são adeptas dessa forma, mas a grnade sacada do genderless kei são garotos se vestindo de forma andrógina - não necessariamente feminina, mas com os mais variados graus de feminilidade desde um simples "bob cut rosa pastel kawaii" até Genking, ao lado. Obviamente a moda foi muito influenciada por k-pop e afins - o negócio é que escalaram a androginia já comum de idols de visual kei e afins para "ok, eu sou homem e posso me vestir assim também", o que meio que já estava mais que na hora e não à toa ganharam a Internet. Sou um pouco "nada novo" mas curto alguns modelos sim.

Uchuu Kei
Literalmente estilo alien. É uma espécie de fairy kei mas que as garotas não querem ser fadas mas sim aliens, e com nostalgia dos anos 90 ao invés de anos 80, basicamente. De resto a estética é bem próxima mas tende a puxar mais para o "modernão". Não sei se sobreviveu muito tempo mas era uma coisa no começo dos anos 2010.

Visual Kei
Na verdade, visual kei não é um estilo de roupas e nem um gênero musical - é um movimento. Praticamente um movimento artístico aliás. Mas a gente usa como gênero musical ou como estilo de roupas porque todo mundo tem uma ideia do que são "roupas [inspiradas em] visual kei" ou "música [de bandas] visual kei". Eu comentei já sobre visual kei aqui, então não vou falar sobre a música, mas vou deixar esse link que fala sobre as diferenças dos estilos de visual kei ao longo das décadas. Altamente recomendável.

Aomoji
Eu já comentei isso aqui também - Aomoji não é um estilo mas sim o antônimo de Akamoji, que seria o estilo das mulheres que se vestem no padrão típico das japonesas da moda desde os anos 60 - batom vermelho, vestido vermelho, daí o "aka". Acabou virando sinônimo para a moda tradicional e nada tem a ver com vermelho há muito tempo, mas nos anos 2000 inventou-se o termo Aomoji para toda moda "de rua", aquela chamada moda de Harajuku, criativa e que subverte os padrões clichês. Não dá para "ser" aomoji, mas dá para ser uma adepta do aomoji, se faz sentido.

Lolita
Já falei sobre nesse post!

Mori Girl
A Patty já falou sobre nesse post!

Natural Kei
Um estilo que tem muito a ver com o Mori Kei mas é quase uma versão light deste, o Natural Kei consiste em roupas que parecem saídas daquele meme do "look how many fucks I give" mas com uma pegada mais casual anos pós-90. As revistas de moda japonesas dos anos 70 ou 80 tinham muito esses estilos, na real, especialmente para mulheres maduras e o estilo foi apropriado por jovens nos anos 2010 e tornou ao auge.

Dolly Kei e Cult Party
Dois estilos que eu não entendo proque na verdade surgiram de marcas que eu desconheço - a Cult Party é a da antiga Virgin Mary, e Dolly Kei é o estilo da Grimoire. São duas marcas famosas e com estilos bastante distintos, digamos, mas difícil de descrever para quem não é japonesa nem entusiasta de maoda. Eu sei que Cult Party Kei tem muitos pompons e estampas étnicas, cores bem yumekawaii e o eventual preto, uma mistura de Mori com Pop e Fairy talvez, enquanto o Dolly é praticamente a mesma coisa em termos de usar muitas roupas com aspecto vintage ou de brechó e muitas camadas, mas mais escuro e sóbrio - uma versão de Gothic Lolita com roupas de Mori importadas da Europa, praticamente. Os estilos duraram poucos anos no começo da década mas é suficiente dizer que são estilos de marcas que eu desconheço. Na verdade, o único estilo de marca que eu conheço é o que vou comentar agora.

Larme Kei
Ah, Larme, da revista homônima. Nunca realmente escrevi sobre mas falei muito sobre nesse vídeo. Recomendo conferir, e se gostarem talvez eu faça outro post escrito bonitinho já que é "meu" estilo atual.

Party Kei
Agora chegamos na parte interessante. Party kei não existe no Japão mas o termo foi cunhado por uma pessoa influente no cenário de vloggers de j-fashion, a Pixielocks. Tem muitos críticos, alguns adeptos. A ideia central é basicamente ser um yumekawaii divertido com um quê de decora, pop kei, e cult party kei. Eu sinceramente não curto muito o lookbook que ela fez apesar de ser adoradora dos vídeos dela, mas vai de gosto mesmo. 

Otome Kei
Outra situação de estilo que só existe no ocidente, porque fãs de j-fashion inventaram e utilizam no ocidente. O que os estrangeiros tendem a imaginar quando alguém grita "j-fashion". É um visual romântico e que se inspira muito no estilo favorito das ocidentais, o lolita, sendo em grande parte o que chamavam de "casual lolita" mas não necessariamente. O foco são cores bonitas, não necessariamente combinando, laços e babados. É basicamente o que você veste quando quer usar aquele Bodyline para ir ao shopping, mas não colocar a anágua para não chamar muita atenção nem refletir muito sobre a coord. É sério.



E era o que eu tinha a dizer, coleguinhas. Espero que tenham gostado dessa postagem um pouco apressada e bem menos aprofundada que 90% do que eu tento trazer, mas eu só queria realmente catalogar os estilos e dar um norte. Se gostaram de algum ou ficaram curiosos para saber mais basta deixar aí nos comentários o que chamou a atenção e eu tento trazer mais - evidentemente, a ideia era só dar uma pincelada e perguntar o que vocês querem que eu escreva sobre, já que estou sem ideias mas com muita vontade de escrever sobre moda. Espero que gostem, e fiquem no aguardo dos vídeos de maquiagem japonesa no Youtube do blog! Até! *^_-*

Fontes:
  • http://www.tokyofashiondiaries.com/dance-icons-ayabambi/
  • https://medium.com/@omriwallach/yamikawaii-japans-darker-and-cuter-version-of-emo-d5c7a63af1f4
  • https://en.rocketnews24.com/2016/06/04/matching-geeky-otaku-outfits-are-the-latest-in-japanese-street-fashion%E3%80%90pics%E3%80%91/
  • http://www.tokyofashiondiaries.com/neo-gal-ikemen-lolita-subcultures/

Nenhum comentário:

Postar um comentário