quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Música: J-music, meu antigo vício - Parte 2


Depois de um post sobre j-pop e uns 6 sobre k-pop (e um sobre city pop?...) é hora de... falar um pouco mais sobre j-pop! Eba! - Não, eu nunca vou me cansar de recomendar músicas. E se preparem que vai ter VK sim até o fim da semana.

Eu tenho escutado bastante j-pop nos últimos tempos e tenho alguns novos favoritos que adoraria compartilhar com todos. Música nova e de qualidade. Lembra que eu recomendei amazarashi e viu o quanto estão em alta atualmente por conta de Boku no Hero Academia? Ou Frederic por Koi no Uso [resenha] ? Ou... então, tenho coisas desse nível a recomendar. Então vem ler mais logo! Eu acabei dividindo a lista em duas partes: 5 artistas que não são novidades mas lançaram coisas recentes muito interessantes, e 10 artistas que são relativamente novos (pós-2010) e talvez você ainda não conheça.

Lembrando que a série de posts só tem o que estou escutando de novidade. O que significa que não vai ter nada de Bump of Chicken, RADWIMPS, Kana Nishino ou outros queridos meus que já estão aí fazendo muito sucesso há muito tempo. Opa, já foi.


Você provavelmente já ouviu, mas ... 

 

5. ORESAMA 

Ai, que não-novidade, eu sei. É só que ORESAMA é a nova Kyary em termos de clipes japoneses memetizáveis, então eu espero que vocês já estejam inteirados. Se não, estou fazendo um trabalho educativo. Obrigada, próxima!  


4. SCANDAL 

 Eu sei que SCANDAL é terrivelmente popular mas elas lançaram o Clipe Controverso !!Beijos!! acima justamente na semana em que eu pretendia lançar o post então não poderia não comentar. Eu escuto SCANDAL desde Shoujo S em Bleach, e apesar de nem sempre ser hit comigo, com certeza é um bom grupo! 

  

3. Aimer 

As novas músicas estão demais sinceramente. Não era fã além de Brave Shine, mas virei. Eu realmente gosto do estilo com que ela conduz Kataomoi, a música acima, sem contar nas parcerias com pessoas como TK do Ling Tosite Sigure que comentei no último post. 

 

2. SUPER BEAVER 

Da série "Naruto não merecia músicas assim". Também não tão novidade porque eu já resenhei muita coisa de Barakamon [resenha] e não me canso de falar o quanto eu gosto da música de abertura, mas tem feito outras coisas que eu tenho curtido bastante então achei que seria legal compartilhar. Apesar de não serem nenhuma novidade no cenário de anisons, porque fizeram música até para Naruto lá nos early 2000s, não é nenhum KANABOON-popular e acredito que muita gente não-naruteira como eu ainda não conheça bem então quis recomendar, valeu. 


1.  Wagakki Band 

Confesso que simplesmente esqueci de mencionar Wagakki Band no último, podem me culpar. Para quem ainda não conhece, a banda faz espécies de remixes de músicas japonesas clássicas e outros tipos de músicas que misturam rock com enka. É realmente legal, mesmo que não lhe pareça. Eu que sou obcecada em remixes de músicas como Senbonzakura - acima - e Iroha Uta desde Vocaloid me apaixonei por várias músicas da banda, e sei que muitos também; já fizeram um tour pelos Estados Unidos e agora só falta... passarem pelo Brasil... né ... ;; 


Se você não escutou deveria 



10. the peggies 


Pronto, agora podemos começar a sessão hipster. The Peggies é uma banda de rock que tem por vocalista uma garota com voz muito doce de nome Yuuho que fez um encerramento de Boruto. Tem uma vibe vagamente Aya Hirano quando era roqueira, e... ok, mentira, é legalzinho. Não é A Melhor Coisa Já Ouvida, mas confesso que tenho curtido algumas músicas. 

9. Kariya Seira

 A última "garotinha japonesa que simplesmente explodiu por conta de um video no Youtube - ou talvez não seja realmente nem a última, mas é definitivamente uma das cantoras-compositoras jovens mais talentosas do momento. A música acima se chama Colorful World e é minha favorita mas ela tem outros lançamentos interessantes como Nobunobu no Style. Ainda é cedo para me considerar fã mas gostei do que ela lançou até agora.



8. tofubeats

Ainda menos hipster que a maioria das minhas recomendações é tofubeats, que é o projeto de um garoto que começou a produzir músicas com 14 anos o que é simplesmente ridículo  e acabou virando Dono Da Porra Toda. Pessoas que assistiram Classicaloid vão reconhecer a batida deliciosamente fresca, mas quem assistiu Classicaloid? Até eu que gostei dropei. 




7. RADIOFISH

RADIOFISH é mais louco que Sakanaction que comentei previamente. Isso é bom? Talvez? Eles se tornaram vagamente populares... por terem sido acusados de copiar o PSY. Não é exatamente uma cópia quando você se inspira em um grande produto da cultura pop, certo? Enfim, sei que estão fazendo muito sucesso e não diria que as músicas são exatamente ruins. Tem uma coisa conceitual maravilhosa neles de "saudades early 2000s" com que eu me identifico, mas provavelmente não é para qualquer um. 


6. Polkadot Stingray 

 Aqueles vícios que vem e não largam de jeito nenhum e depois estranhamente passam, foi assim comigo. Porque Polkadot Stingray é uma banda de músicas extremamente grudentas. Eu vi gente comparando com Soutaiseiriron (da Etsuko Yakushimaru, já comentei) e acredito que explique muito do meu apreço. A voz doce da vocalista Shizuku com a guitarra calma do pop-rock da banda são uma combinação muito gostosa aparentemente. Mereciam estourar, sim ou absolutamente? 


5. Kuusou Iinkai 

Eu admito que sou mais fã de Kuusou Iinkai do que esse quinto lugar aqui, mas musicalmente falando eu acredito que esteja justo. Manjadores manjam que Vision de Yu-Gi-Oh Arc-V é deles, mas sinceramente eu considero a música mais sem graça e só fui prestar atenção realmente depois, e virei apreciadora ao escutar a música acima mas mais ainda ao perceber o tanto de atividades que lançam para além do universo da música. As músicas estão todas no canal deles e eu recomendaria todas as recentes.


4. Hello Sleepwalkers

Batido demais? Não tenho certeza. Hello Sleepwalkers já é bem popularzinho mas quem ainda não conhece vai curtir a recomendação. Fizeram entre outras músicas a abertura maravilhosa de Noragami [resenha] e a guitarra poderosa deles com a mistura de vocais masculinos e femininos é de uma qualidade incrível, sério. Resumindo, tem qualidade. Se você ainda não conhece está perdendo. 


3. HITORIE

A abertura que "o anime não merece a abertura que tem" da vez é a de Divine Gate, confere aí. HITORIE tem feito muito sucesso por conta disso (er, normal fazer sucesso por ter músicas ótimas, suponho) e eu acabei entrando na onda. HITORIE é uma daquelas bandas que causam uma sensação, então é muito melhor escutar do que tentar explicar e agradeçamos a Internet por podermos escutar livremente no canal oficial deles, né.


2. Kenshi Yonezu 

 Kenshi Yonezu é um rapaz japonês que produz músicas e canta, o que por si só poderia parecer extremamente underwhelming. E provavelmente foi o que as pessoas pensaram por muito tempo até a Magikarp virar Gyarados e fazer músicas para séries do naipe de Sangatsu no Lion e Boku no Hero Academia - sim, Peace Sign. Ah, eu mencionei que ele desenha também? Clipes, aliás, para músicas próprias. Eu simplesmente admiro demais esse rapaz assim como 90% do Japão no momento aparentemente e espero que ele continue fazendo muitas músicas boas. A acima, Loser, é minha favorita. Ele mistura uma voz meio Miyavi com as suas influências pessoais - como Bump of Chicken, AKFG e RADWIMPS - e é sensacional. 


1. Sayuri 

 Ah, Sayuri. Que rainha jovenzinha. A garota nascida em 1996 que gostava de Kanjani8 tinha bom gosto fez a música de encerramento maravilhosa de Ranpo Kitan (que também me mostrou Amazarashi, ô OST) chamada Mikazuki, acima, e depois foi fazer outras como a colaboração Furaregai Girl com RADWIMPS (de Kimi no Na wa. [resenha]) e Heikousen, encerramento de Kuzu no Honkai. Eu sou simplesmente apaixonada por essa cantora há já algum tempo e estou muito feliz que ela esteja fazendo sucesso, porque merece.



 E eram essas as minhas recomendações por enquanto!  Espero que tenham gostado e fiquem no aguardo das recomendações de visual kei que vão ser ainda mais destruidoras uma vez que estou oficialmente afundada em vk. Grata e até! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário