quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Evento: Algumas palavrinhas sobre manter estande (e sobre Cosfun)

Imagens na postagem do anime Tamako Market [resenha] - sim, viramos um blog de posts não relacionados a nada com imagens do KyoAni.

Olá, gente!

No dia 13 de Agosto (há mais de um mês... como diria Tenma, o importante é o timing) participei com um estande do evento Cosfun, em Santos, como vocês que seguem o Blog no Youtube e tal talvez já saibam. O evento foi realizado pela Sora Produções, organizadora do Otakontro e outros ótimos eventos que são ótimos especialmente porque minha ilustríssima presença participa del-- ok, mentira, o último Otakontro foi bom e eu não fui. Eu mantive um estande novamente com os produtos da nossa lojinha e resolvi então compartilhar com vocês algumas das minhas experiências com estandes pra você que pensa em comprar um e não tem certeza se compensa e tal.

Primeiramente, já adianto que financeiramente eu nunca lucrei muito com estande em evento pequeno, entre outros motivos porque o que eu vendo são produtos chineses importados no Aliexpress, o que não tem um público necessariamente amplo mas sempre tem aquele com algum interesse e tal. Infelizmente as pessoas não tem ido a eventos para comprarem produtos tanto quanto alguns anos atrás sobretudo graças ao aumento do e-commerce, e às vezes compensa mais financeiramente divulgar a loja virtual em comunidades de Facebook e afins por aí mas se seu interesse é divulgar sua marca e ampliar seu networking a participação em eventos ainda é muito válida. Eu sempre acabo conhecendo pessoas incríveis e aprendendo muito com estandes, pessoalmente, então recomendo.

Enfim, na minha experiência, pessoas gostam de lojas coerentes. Uma frase que escutei é: "as pessoas não pagam por um produto porque ele é bom mas sim porque eles podem confiar em você"; em outras palavras, é preciso ter uma certa regularidade no que você oferece - se o produto é artesanal, é de qualidade? Tem bom acabamento, vale realmente o preço pago? Se não, é um bom produto ou é o que você acharia em qualquer esquina? Compensa comprar mesmo para um estudante sem dinheiro como 90% do público desses eventos? Se a resposta for não, não espere ter grandes vendas. 

Depois, tem sempre a questão do atendimento e da recepção. É surpreendente o quanto de vendedor mal educado e desinteressado você encontra nesses eventos - sério, experimentem ir em uma loja de shopping para aprender a atender. Não é pessoal mas na minha experiência os que atendem com vontade são minoria. Você supostamente gosta do que vende então não hesite em dar recomendações e opiniões. Tem peças que combinam e modas que estão em alta? Mostre ao cliente! Brindezinhos e embalagens bonitas custam pouco - o que custa um lacinho, um perfuminho? - e valem a pena para o cliente - eu pessoalmente lembro de cada vendedor que mandou um mimo como um chaveirinho ou um docinho e os tenho em alta estima. *^_^* Sorteios também são bem vindos - já vi artistas sorteando desenhos por exemplo. Para os ousados que tem lojas maiores com sites e coisas assim, que tal cartões de pontos? Enfim, há diversas maneiras de mostrar que você se importa com o cliente o que espero que se importe afinal você depende deles pra vender - e atendê-lo com uma cara emburrada não é uma delas.

Outra questão é a estética. Na Internet, a pessoa mostra uma boa estética na loja postando fotos em fundos bonitos por exemplo, ou com atrativos visuais criativos. Na vida real não pode ser diferente - você precisa também ganhar os compradores em potencial pela estética, mas no caso de formas diferentes; se vestir bem é uma delas, por exemplo, especialmente se sua loja for de artigos de moda e similares. Vendedores cosplayers são sempre interessantes! Ou que tal fazer uma caixinha com imagens de anime para expôr os produtos, por exemplo? Há várias formas de chamar a atenção para a sua loja com um diferencial na decoração, que podem ser uma forma de destacar sua loja e criar afinidade prévia com o consumidor. Não é obrigatório, mas ajuda. Eu gosto de fazer plaquinhas e uma ideia ainda melhor é imprimir plaquinhas de anime pré-montadas que se encontra na Internet.

E, claro, a parte prática - chame pessoas para te ajudarem! Não se esqueça de levar troco e de preferência uma caixinha com um cadeadinho! Se precisar de cabides ou similares, leve sobras! Tenha se possível uma lista de contatos dos clientes! Coisas bem práticas e óbvias mas que acabam atrapalhando os vendedores inexperientes. 

Vou falar um pouco então sobre o Cosfun do qual eu infelizmente muito pouco "participei" - cheguei já na metade do evento porque tinha trabalhos e coisas a fazer e acabei não curtindo realmente - mas percebi algumas coisas que eu poderia ter planejado melhor antecipadamente. Por exemplo, uma realidade é que eu acabei levando um monte de coisas na mão rua afora até o ponto de ônibus porque fui mirim e não contei com o celular descarregando, então não consegui chamar Uber. Ademais, eu fiz muita coisa errada na hora de montar o estande e as roupas acabaram ficando em uma sacola, quando obviamente deveriam estar penduradas. Contei com a ida de uma amiga que não foi e as coisas foram mal - e mesmo assim vendi ao menos o bastante para reaver meu dinheiro, então não reclamo. Mas foi uma série de coisas que poderiam ter sido evitadas se eu tivesse lido uma postagem assim antes, então espero que ajude os interessados e fiquem no aguardo das próximas dicas de rolezeira. Até lá *^_-* ~

Nenhum comentário:

Postar um comentário