terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Pessoa: Dubladores brasileiros


Pulem pra 1:09:00 pra ver a Marli Bortoletto sendo adorada e o Marcelo Campos chegando atrasado... ou pra 35:25 pra ver o Junior Fonseca quando ainda tinha 20 anos vampirescos. #ibagensexclusivas #semfinslucrativos #yourewelcome


Olá! Venho trazer hoje alguns comentários sobre os dubladores brasileiros de que mais gosto. Depois do último post sobre uma personalidade da indústria - Tsuneo Tominaga - eu resolvi criar uma série de posts sobre as personalidades da indústria, e resolvi começar falando de personalidades que tem me interessado bastante - as personalidades da indústria brasileira, os dubladores das séries de anime que foram efetivamente dublados pra TV ou DVD brasileiros.

Apesar de serem bastante chamados para os eventos de anime, não são todas as pessoas que apreciam o trabalho dos nossos dubladores, entre outros motivos por causa da moda do "original é melhor" (a bem da verdade em termos de qualidade nem sempre) e também porque os mais novos nem mesmo viram muitas séries de anime dubladas, já que não temos anime na TV aberta há muito tempo e cada vez menos na TV a cabo. Por isso, é normal que acabemos curtindo mais as vozes japonesas que estamos acostumados a ouvir, mas a realidade é que o Brasil tem dubladores incríveis ainda que mal remunerados e eu queria falar um pouco sobre alguns deles.

Eu comecei a me ligar no trabalho de dubladores, aliás, porque já em 2002 era muito fã de Sailor Moon e gostava de saber absolutamente todas as coisas que eu poderia sobre o anime - inclusive saber quem eram os dubladores, já que havia muita competição entre os fãs das dublagens da BKS (exibida na Cartoon Network a partir de 2000) e da Gota Mágica, em geral pessoas que assistiam na Manchete (até 1997). Qualquer pessoa que fosse do fandom de Sailor Moon naquela época, como eu já escrevi sobre na Sessão Nostalgia que era, conheceria os nomes Marli Bortoletto (famosíssima desde sempre) e Daniela Piquet; e também Fernanda Bullara, Melissa Garcia, Isabel de Sá, entre outras dubladoras bastante conhecidas que participaram de algum dos dois trabalhos de dublagem.

Mas a verdade é que eu só fui me ligar mesmo um pouco mais tarde, quando comecei a ter amigos que de fãs passaram a ter interesse em se tornar dubladores. Eu comecei então a prestar atenção, reconhecer vozes iguais e - naturalmente - me apaixonar por algumas vozes e trabalhos. Vou listar então alguns dos meus favoritos para que vocês também possam ouvir e curtir.




Marcelo Campos

Marcelo Campos é uma pessoa que realmente me cativou, porque além de ter dublado vários dos personagens que eu mais gostei na infância - Trunks, Fisheye e Seiya, entre outros - ele participou de vários trabalhos de dublagem importantes de protagonistas de animes, dentre os quais Yugi Mutoh e Edward Elric, sempre fazendo a voz do personagem aparecer mais que a sua, por assim dizer. Queria aproveitar pra dizer que sou fangirl porque ele é simpaticissimo e sempre muito presente nos eventos de anime, se mostrando muito grato com o pessoal que é fã, então da mesma forma sou grata por esses trabalhos significativos pra gente que é brasileiro e fã de anime.


 Wendel Bezerra

Falando em gente que eu sou fã por ser simpaticíssima e sempre estar muito presente nos eventos de anime... Wendel Bezerra é provavelmente o mais popular dos dubladores de anime, a ponto de ter vários comentários nos videos da Khan Academy falando que tiveram aulas com Goku. E dá pra entender o porquê; o canal dele no YouTube é divertidíssimo e conta com entrevistas com vários dubladores sobretudo de Dragon Ball, além de várias palinhas interessantes e curiosidades, e eu {recentemente assisti uma entrevista com ele} que me fez virar muito fã da sua simpatia e seu jeito. Dá pra entender.


Márcio Araújo

Eu não sei se ele é realmente bom dublador ou eu só sou tendenciosa com a sua voz. Eu adorei ele - que também fez Milo de Escorpião e Oliver Tsubasa, de notável - interpretando James, Yamcha e Ranma Saotome. Ele tende a fazer personagens com um quê de comédia e os faz hilariantemente bem, mas foi o papel de Heero Yuy em Gundam Wing (que eu assisti parcialmente dublado) que me fez considerá-lo realmente um bom dublador porque a mudança de tom é drástica e não deixou de me cativar. Então, sei lá. Talvez esteja bajulando. Mas eu gostei.

Marli Bortoletto

Então, ela era a queridinha do fandom brasileiro de Sailor Moon e também fazia a voz da Mônica. Só por isso eu tinha um pouco de birra com ela, já que ela tinha um ibope incrível de grande e eu não assisti na TV a versão que ela dublou da Usagi, mas admito que a voz dela é muito bonita e ela é super carismática e bem envolvida nos assuntos de dublagem. Assim, depois de algum tempo eu acabei cedendo e entendendo  o porquê de tanta adoração a ela. Ela é demais.


 Tânia Gaidarji

Ela não só é super popular como dubladora de anime de personagens como Bulma e Sally, como também participou do Tobogã do Ratinho. Se ela não é uma pessoa incrível no seu conceito de pessoa incrível, eu não entendo seu conceito de pessoa incrível. Att., a direção.

Menção honrosa: Alexandre Moreno

Outra pessoa que eu admiro demais por seu trabalho é Alexandre Moreno, que dublou Vash de Trigun em um trabalho bastante especial; citando a Wikipedia:
A série, distribuída pela americana Cloverway na América Latina, recebeu uma dublagem diferente do convencional. Como o estúdio normalmente contratado pela distribuidora estava indisponível por excesso de trabalho, optou-se por utilizar a Som de Vera Cruz, no Rio de Janeiro. Com um orçamento modesto, o estúdio desempenhou bem seu papel, fugindo do lugar-comum de outras dublagens. A direção de dublagem ficou por conta de Élcio Romar, marcando ao mesmo tempo cuidado e descontração. Nos papéis principais, Sylvia Salustti como Meryl, Christiano Torreão como Wolfwood, Clécio Souto como Legato e Alexandre Moreno como o protagonista Vash, num trabalho excepcional de interpretação do extremamente irreverente ao drama profundo.
Enfim, apesar de não conhecer tanto seu trabalho queria deixar uma menção honrosa por ter me cativado demais. Trigun foi o único anime que eu assisti na TV dublado, e depois fui assistir o original pra pegar os episódios que faltaram e fiquei "ué..." porque não era tão incrível. Menção honrosa honestíssima.



Eu sei, eu sei que esqueci muita gente incrível que eu adoro. Meu intuito era de pegar os 5 primeiros que surgissem na minha mente, mas sem dúvidas há outros dubladores de anime incríveis no Brasil que eu respeito enormemente, sem falar nos de desenhos em geral que eu não queria mencionar por não terem feito participações em anime; Enfim, espero que tenham gostado da postagem e que comecem a olhar dublagens brasileiras com olhares positivos e menos críticos. ^_^ Aproveitem e deixem aí nos comentários o que vocês acham das dublagens brasileiras e quais as preferidas. Até a próxima!

3 comentários:

  1. Escritora ao dispor e que sim, temos de dar valor à dublagem brasileira. Afinal, muitos personagens ganharam vida e voz com estes profissionais.

    Sou muito suspeita em falar dos dois primeiros dubladores citados, porque amo demais suas vozes e interpretação: o Marcelo lembro demais nas vozes do Shurato, do Yugi e do Edward, protagonistas com estilos diferentes e bem representados; no caso do Wendel, fora o Goku, amei a interpretação dele em três animes - Metabee em "Medabots", Kouichi Kimura em "Digimon Frontier" e Loki adulto em "Mythical Sleuth Loki" - pois meio que sai do vozeirão que costumamos a ouvir. Menção honrosa para Diego Marques, que fez o Loki criança, porque sério: a dublagem BR de "Matantei Loki Ragnarok" (título original do Mythical) deu um banho em comparação com a original, melhorando demais o enredo e aspectos da série em si. Sobre dubladoras, amo muito a Melissa Garcia que fez a Videl em DBZ, a Alex em "Três Espiãs Demais" e a Tea do "Yu-Gi-Oh!", o timbre dela me agrada muito; Cecília Lemes, nossa eterna Chiquinha, entre outras.

    Do Rio, também tem dubladores muito bacanas, vi "Trigun" dublado e concordo que o Alexandre Moreno arrasou no papel do Vash, deu mais personalidade; claro que o destaque são os que dublam algum personagem em produções ocidentais, animes eles dublam pouco. Uma voz que fará falta é do Júlio Cesár, o que fazia o T.K nos dois primeiros "Digimon" e fez o Harry Potter nos filmes, como o Dillon em "Power Rangers RPM": foi uma tragédia o que houve com ele. Se vier o "Digimon Tri", vão ter de substitui-lo...

    Tem dublagens que gosto do elenco principal e em outros, o elenco todo. Se continuar, este comentário não vai ter fim. Gosto da dublagem brasileira e gostaria que sim, este pessoal fosse mais valorizado pelo trabalho que fazem.

    Uma postagem muito bacana e um adento: lá no Animecote, na resenha de "Pokémon" que fiz, falo da dublagem brasileira deste. Dá uma conferida, quando puder. Até mais!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, escritora! (Eu acabei lendo e comentando no seu post antes de te responder, desculpa! LOL)

      Exatamente! Que bom que podemos concordar na qualidade desses dubladores. Às vezes a gente simpatiza com a voz de uma pessoa e acaba soando melhor aos nossos ouvidos, e eu não sou nenhuma expert então admito que minha lista é bem pessoal. Mas sim, exato. Eu lembro muito do Marcelo fazendo Seiya (porque adoro ele desde então), e o Wendel além do Goku em termos de anime tenho grande respeito por seu trabalho em Full Metal Panic... a voz dele nem sempre combina com todos os personagens que escolhem pra ele, mas achei perfeita no Sousuke. Eu nunca vi o anime de Ragnarok, mas li um pouco e não sabia da dublagem. Melissa Garcia tem uma voz linda mesmo, apesar de lembrar melhor da Sailor Mercury.

      Exato! Eu não me lembro da voz deles (não vi muito Digimon nem Harry Potter), vou procurar ler. E lhe entendo, realmente são muitos subvalorizados os nossos dubladores, não raramente sendo substituídos por subcelebridades *cof* :P mas enfim, feliz que tenha gostado da postagem! Espero vê-la novamente! Muito obrigada por sua visita e seu comentário, e até a próxima !! ~

      Excluir
    2. (P.S.: Fui reler e lembrei que não é porque eu era moonie que todos vão entender que estou falando de Seiya Kou e não Seiya de Pégasus, HAHAH. Ops!)

      Excluir