quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Japonês: 日本語能力試験を受けましょう! - Dicas para estudar japonês e para o JLPT

Nosso colega "poliglota", Handa-kun.

Olá, gente!

Talvez você não saiba, mas as inscrições para o JLPT, o Exame de Proficiência em Língua Japonesa, terminam essa semana. Como eu finalmente fiz minha inscrição e como estava devendo aqui muitos posts sobre esse assunto, resolvi que iria fazer então esse post para compartilhar com vocês algumas dicas interessantes para estudar japonês que não estavam no primeiro post, e também algumas dicas de sites e materiais de estudo mais específicas voltadas para quem vai prestar o JLPT no final do ano!

Então, você já estudou algo de japonês? Se você não conferiu o post anterior, eu recomendo que confira pois lá tem alguns dos sites que eu mais recomendo. Agora, se você já conferiu e está precisando de mais recursos para seguir em frente com seus estudos - ou, por exemplo, para se preparar para o JLPT! - esse post aqui tem mais. Então, vamos lá?~ ♡

Para começar, queria deixar aqui alguns links de sites com cursos rápidos em japonês para quem está começando agora. Quero deixar claro o seguinte: eu não recomendo esses sites, mas são sites que estão aí disponíveis e se você só quer uma introdução bem leve e didática ao estudo da língua japonesa, aquela coisa tipo "estudar meia hora por dia porque eu não tenho nada para fazer no ônibus", eu recomendaria esses dois websites: Memrise e Duolingo. São dois sites gratuitos de ensino de línguas (ou para ser mais exata, o Memrise é como o sistema Anki de flashcards, só que online) que também possuem aplicativos e que tem cursos de japonês. Não sei se o aplicativo do Duolingo já tem o curso de japonês descrito no site, mas o do Memrise sei que tem. Então, tudo que você precisa fazer é entrar no site por qualquer aparelho com internet, ou no aplicativo do seu celular, se cadastrar e começar a ter aulas. Em nota, se você prefere ter esse tipo de curso no Nintendo DS, existe um jogo chamado My Japanese Coach que funciona exatamente no mesmo esquema e você pode facilmente baixar e jogar no seu flashcard. E existem outros também, aparentemente.

Por que eu não recomendo esse esquema de "curso estruturado" para língua japonesa? Porque, apesar de ser muito didático, não é uma base sólida para o seu estudo. Eu acho bem legal para introduzir o estudo de japonês, para tornar algo menos intimidador, digamos, mas eu não recomendaria para ninguém ficar muito tempo nisso.

Mas felizmente a internet não é só feita desse tipo de material, certo? Então, vamos a mais recomendações de links! Existem outros tipos de curso de japonês na internet, que funcionam mais como apostilas. Todos que eu passei no post anterior se encaixam nessa categoria, mas eu acabei descobrindo ou me lembrando de mais alguns para o post desse ano, especialmente alguns em português para quem não sabe inglês. E vamos deixar claro o seguinte: saber inglês é uma mão na roda para o estudo de japonês. A maioria dos materiais de estudo são inglês-japonês e vice-versa, te ajuda a usar sites como o Lang-8 e ver vídeos que japoneses fazem para estrangeiros, e até para preencher a ficha do JLPT é uma mão na roda. E obviamente, se seu plano é ir para o Japão, com o inglês você se vira. Mas é claro que tudo isso tem alternativas em português, porque de forma alguma é obrigatório saber inglês para aprender japonês. Então, eu recomendo que você utilize uma de várias formas para estudar inglês antes de investir no estudo de japonês, mas se você não quiser, vamos em frente!

Eu peguei essas duas recomendações do blog Otome Tea Time: o Fale em Japonês e o Otaku Project. O Fale em Japonês, que eu já conhecia, é uma série de cursos feitos em video por uma então estudante de intercâmbio morando no Japão. Ela faz videos inicialmente em uma lousa, e depois com mais edição. Foi um projeto realmente muito longo e que muitos brasileiros usam para aprender japonês, então eu não poderia não recomendar para quem prefere aprender com videos. Eu pessoalmente gosto mais de material escrito porque acho que acaba sendo mais fácil de organizar, então não podia deixar de recomendar o Otaku Project. Esse site existe há muito tempo, mas eu não conhecia. Tem uma série de lições bastante didáticas e meio voltadas para quem quer aprender japonês com anime e mangá. Tem uma coisa de curso de verdade, muitas lições e é bastante didático. Eu peguei uma ou outra informação que são "erros comuns" (por exemplo, considerar o "desu" um verbo) mas que de fato não devem atrapalhar no seu processo de aprender japonês. Então, recomendo demais esses dois!

Para completar, queria recomendar sites para aprender japonês em português com instituições japonesas. Um exemplo é o Projeto Tucano, um projeto elaborado pelo governo japonês para ensinar a língua para as crianças brasileiras no Japão. Assim, obviamente é básico e segue o método de ensino japonês. É bem confiável, mas a didática não é aquelas coisas. Mesmo assim, eu recomendo muito conferir se seu objetivo é aprender japonês em sites em português. Existem ainda outros dois sites de instituições japonesas que oferecem lições de japonês, que me foram recomendados pelo leitor Andy Beguito: o da Fundação Japão e o da NHK. O interessante de se aprender com fontes japonesas é que você pode aprender diretamente com quem fala a língua, e por isso é mais difícil terem erros de cunho cultural. O lado ruim é que você provavelmente precisará aprender os kana antes para entender bem as lições. Mesmo assim, ficam aqui as dicas para quem tiver interesse também! ^_^

Ok, e em inglês? Eu lembrei de mais dois sites que eu gosto muito, mas não cheguei a recomendar antes: o blog da Maggie sensei, uma professora que tem lições muito didáticas e tira muitas dúvidas de maior complexidade, mas que é preciso ter algum conhecimento prévio de japonês para entender; e a série de lições de japonês do Tofugu, um site de notícias e artigos sobre cultura japonesa que eu pessoalmente gosto.  As lições do Tofugu são deliciosamente bem escritas e empolgantes, e tem várias curiosidades e tal, mas não sei se é a melhor forma de aprender por ser um tanto... não-objetivo. Mas é divertido. E tem imagens bonitinhas! <3 Para concluir, também conheci o 123 Japanese que tem uma apostila bem estruturada, e gostei. Nada muito complexo ou avançado, mas para quem está começando agora, eu poderia recomendar.





Talvez você prefira usar livros ao invés de estudar por sites. Nesse caso, existem diversos livros que você pode usar. Meu preferido para gramática básica é o Genki, que possui versão em português. Outro que está disponível nessa página que eu linkei é o Japanese For Busy People Kana Workbook, que eu nunca utilizei, mas segundo ela é um bom livro. Enfim, o Genki meio que tem substituído o clássico Minna no Nihongo como principal livro nos cursos de japonês mundo afora. Mesmo assim, o Minna no Nihongo ainda é bastante utilizado, sobretudo no Brasil, então eu recomendo demais conferí-lo também. Esse site também possui o Japonês em Quadrinhos, para quem prefere livros em português. Confesso que nunca usei esse, mas sei que existem muitos livros didáticos "bem didáticos" que foram lançados em português sobretudo pela JBC, então recomendo dar uma pesquisada no Google. Recomendo usá-los? Não, só pela curiosidade.

Enfim, além do Genki e do Minna no Nihongo, outro livro clássico é a série Remembering the Kanji, do famoso "método Heisig" para estudar kanjis. Sinceramente, tem gente que gosta e gente que detesta esse método e o critica com todas as suas forças. Eu pessoalmente gosto, realmente funciona e, apesar de eu preferir estudar kanjis por radicais, não diria para quem está usando agora "não use!". Se você gostou, vai que é tua. Não tenho certeza se esses livros existem em português, mas pelo menos em espanhol sei que tem.

Outro que eu ouvi falar bem e queria recomendar é o Japanese Sentence Patterns for Effective Communication. Esse eu não achei na Internet e por isso não cheguei a conferir, mas se você achar em algum lugar, dê uma conferida pois acho que deve ajudar bastante quem quer aprender a se comunicar. Acredite, é difícil formar frases eficazes em japonês mesmo depois de anos de estudo porque a ordem é muito diferente da nossa.

Por fim, queria recomendar um livro que eu pessoalmente gosto e quero voltar nele nesses próximos meses: Learning Japanese the Manga Way. Sim, é um livro para aprender japonês através de painéis de mangá. Eu comecei a lê-lo quando tinha praticamente nenhum conhecimento de japonês, então não entendi nada, mas achei bastante empolgante e motivador como fã de mangá que sou. Por isso, se o que você está procurando é um estudo um pouco mais avançado e um meio menos didático que motivador, eu recomendaria esse livro!



Dito tudo isso, agora que você já tem vários cursos em mãos e quer desenvolver seus estudos, vamos passar para os sites de dicionários e outras utilidades?

Eu já mencionei isso aqui: Baixe Rikaichan (e Rikaikun, no caso do Firefox). É um add-on de Google Chrome/Firefox que serve para você passar o mouse em cima de palavras em japonês que não conhece, e ter a leitura em kana da palavra e ainda os seus significados. É simplesmente maravilhoso para navegar na internet em japonês e ir entendendo os sites ao mesmo tempo em que adquire vocabulário novo. Eu agradeço muito do que eu sei de vocabulário ao Rikaichan, de verdade.

Enfim, depois de feito isso, tenho mais alguns sites úteis para recomendar, para você colocar nos seus favoritos. Um deles é: essas tabelas de conjugação de verbos em japonês. Sempre que tiver dúvida sobre como escrever um verbo em determinada forma, você pode ir lá e conferir.

Para aprender kanji, o que você vai precisar fazer muito quando estiver com um nível de japonês um pouquinho maior, você pode utilizar diferentes métodos. O método de flashcards é o mais usado por iniciantes. Eu recomendo muito o site Kanjiplus, que é um site que utiliza o método de flashcards para aprendizado de kanjis de diferentes níveis do JLPT. Uma solução mais tradicional é o Anki, que é offline, mas acho que já falei de tudo isso.

Além de flashcards e do método Heisig, outra forma de se aprender os kanjis é, claro, da maneira tradicional - como as crianças japonesas, aprendendo primeiramente os mais essenciais. Esse dicionário de kanjis Joyo - isto é, os kanjis mais básicos que são aprendidos na escola e que servem para a leitura da maioria dos textos em japonês - pode ajudar com isso. Outros que eu uso muito são o Wiktionary, que conta com as leituras onyomi e kunyomi dos kanjis, e o Jisho.org, que além de possuir um dicionário bastante complexo também tem uma função muito útil para quando você quer ler um texto em uma imagem, a busca de kanjis pelos seus radicais. Ela também é muito útil, logicamente, para estudar kanjis por radicais. E falando em sites que ajudam a ler textos em imagens, recomendo também o similarity.gakusha.info, para quando você encontra um kanji que parece muito com aquele outro mas não é ele, sabe? Ele pesquisa kanjis visualmente similares, então é muito útil para quem só tem um conhecimento básico de kanjis mas quer começar a traduzir coisas!

Outro tipo de site que eu acho muito útil para estudantes de todos os níveis são aqueles em que você pesquisa por frases prontas, e que tem frases em japonês e seus equivalentes em uma outra língua que você conhece, como inglês ou português. Às vezes, traduzir literalmente todas as palavras de uma frase não faz com que você saia com uma frase coerente em outra língua. Por isso, é sempre muito bom conferir frases prontas para aprender como formá-las adequadamente, e também em que contextos uma determinada palavra pode ser usada. Eu conheço três sites nesse esquema para o japonês: o Tatoeba, que acho o menos confiável e mais basicão dos três, mas que tem frases com áudio; o Linguee, que tem tradução de frases de diversos sites bilíngues, e que tem até a possibilidade de frases em japonês e português em alguns casos; e o do dicionário Japonês-Inglês do Weblio. Esse site é em japonês, mas você não precisa saber quase nada de japonês para usá-lo. Basta colocar ali a frase ou pedaço de frase que você quer um equivalente em japonês ou inglês, e ele busca as frases para você. É de longe o que eu mais uso para aprender a escrever corretamente algumas frases e palavras em japonês.

Se ainda ficou alguma dúvida, que tal sites de pergunta e resposta? Além de sites mais populares como o Reddit e o StackExchange, existem outros sites de pergunta e resposta especificamente para o aprendizado de japonês. Muitos dos sites que eu já passei aqui, como o The Japanese Page, possuem fóruns próprios. Tem a comunidade de japonês no (inativíssimo) LiveJournal, que apesar de não ser usada por ninguém hoje, tem muitas dicas interessantes que foram dadas no passado e uma barra de pesquisa bem útil. E enfim, para estudantes de níveis mais avançados e professores, acredito que o mais útil seja o FAQ do grupo de linguistas sci.lang.japan.

Para concluir, vamos às minhas recomendações específicas para o estudo do JLPT! O site jlpt.jp tem quizzes em inglês para você testar como anda o seu nível e se você já está suficientemente preparado para a prova, e o JLPT study tem listas com todo o vocabulário de cada um dos níveis, que você vai precisar decorar até a prova, além de outras dicas úteis. Como disse, o Kanjiplus também pode ajudar a praticar alguns vocabulários e kanjis mais específicos para a prova.



E por hoje, era isso que eu tinha para compartilhar! ^_^ Até pouco tempo atrás era muito difícil encontrar páginas na internet que ensinassem japonês, então eu fico super feliz de poder fazer um segundo post só com links de páginas ótimas para quem está aprendendo a língua japonesa, ou quer começar a se aventurar nesse universo.

Eu ainda preciso terminar o próximo post da série de posts de aplicativos de celular, que vai contar com mais algumas sugestões de aplicativos para quem quer estudar japonês. Mas para quem só tem essa opção, já vou deixar aqui a dica de baixar o JASensei!

Enfim, muito obrigada por ter lido esse post! Espero que tenha gostado, e deixe aí nos comentários o que achou, e também quaisquer outras sugestões que eu não postei aqui! Até a próxima, e boa sorte para nós!~ 頑張りましょう!☆彡

2 comentários:

  1. Comecei a tentar aprender, mas está bem difícil, achei alguns sites para aprender japonês, e até agora o melhor deles é este aqui:
    https://preply.com/pt/skype/professores-japones-para-iniciantes
    Recomendo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caramba! Eu gosto muito de ter links diversos nos guias, e por nao ter habito de contratar professores particulares nao conhecia o preply. Super agradeco a sugestao e ja favoritei. <3 Obrigada por sua visita e seu comentario! Ate!

      Excluir