sexta-feira, 29 de abril de 2016

Jogo: Sotsugyou M


Olá, gente! Como vão?

O post de hoje é para falar sobre uma série que tem um jogo que eu passei alguns bons meses jogando e curtindo, que meio que ninguém além de mim no universo ocidental conhece, e que eu espero poder atrair mais fãs. ❤ Ok, mentira: o problema é que é uma série super antiga, dos anos 90 que nem eu e que portanto eu espero que vocês, fãs de retrogaming e otome games, venham a se interessar por! (´・ω・`)

A série se chama Sotsugyou M. Eu já falei um pouco dela no vlog que eu fiz semana passada, mas para quem não assistiu, vamos do começo: Sotsugyou M é um spin-off (em outras palavras, uma seérie derivada) da franquia de dating sims Sotsugyou ~Graduation~. Lançado em 1992, o jogo se tratava de um eroge tradicional de uma empresa, a Headroom, que basicamente só fez isso de sucesso - e convenhamos que foi mais que o bastante, porque a série ganhou uns dez relançamentos, OVAs e vários produtos do tipo. A história de Sotsugyou tratava de um rapaz que tinha que ficar com uma dentre as cinco moças prestes a se graduar no ensino médio, daí o nome "graduação".

Essa série foi muito popular, e eventualmente surgiu então a ideia de fazer um spin-off para as garotas chamado Sotsugyou M. Foi assim que eles reuniram cinco dubladores de bishounen muito populares lá no meio dos anos 90; se liguem no elenco:
Hikaru Midorikawa (Ayato de Diabolik Lovers [resenha], Heero Yuy de Gundam Wing, Akihiko de Persona 3 [comentários], Kaiba de Yu-Gi-Oh, Sakamoto de Sakamoto Desu Ga [comentários]... quer mais?)
Nobutoshi Canna (Guts de Berserk, Nowaki de Junjou Romantica, Masato de Little Busters!)
Daisuke Sakaguchi (Shinpachi de Gintama, Satoshi de Hyouka [resenha], Sunohara de Clannad)
Hideo Ishikawa (Itachi de Naruto, Juushirou de Bleach, Hara-sensei de Doukyuusei [comentários])
 Ryoutarou Okiayu (Shigure de Fruits Basket, Kaoru de Junjou Romantica, Tezuka de Prince of Tennis, Saga de Gêmeos de Cavaleiros do Zodíaco, Toriko de Toriko...).

Isso foi longo mas necessário, porque eu queria mostrar para vocês o nível do elenco para aquela época, ainda que nem todos tenham ouvido todos esses nomes recentemente. Basicamente, Headroom estava podendo, e aí formou esse grupo de rapazes para cantarem músicas sob o nome E.M.U., estrelarem num radio show de Sotsugyou M e também alguns drama CDs, lá em 1995. Esse projeto durou 5 anos, e apesar de não se ouvir falar muito disso no Ocidente, acreditem, eles foram bem populares no Japão.


Então, no meio disso tudo também surgiram outras mídias: um OVA em 1999, chamado Sotsugyou M ~Oretachi no Carnival~; dois mangás, o mais velho (de 1995) inclusive desenhado pela Yukiru Sugisaki de DNAngel e que inspirou o OVA e aí fica óbvio por que tem tanto BL; tem novels, aparentemente, que eu nunca vi muita coisa sobre; e, enfim, um otome game, que é sobre o que eu realmente quero falar aqui.

"Realmente quero falar" porque o mangá só teve dois capítulos traduzidos, e o anime - apesar de eu pessoalmente ter gostado - não tem resenhas muito positivas e confesso que faz tempo que eu assisti, mas me lembrou Princess Princess, o que é sempre algo bom no meu conceito. ヽ(•̀ω•́ )ゝ✧ Então, eu só posso falar aqui realmente do jogo, que eu estou jogando atualmente. Da primeira vez em que eu joguei eu consegui um bad end (entendam: é um jogo em que virtualmente você não consegue bad ends, o que só prova minha completa inabilidade para jogos com rotas. (╥╥);; ), então estou jogando novamente agora para ver se consigo um final bom. Como o jogo é totalmente em japonês, e meu japonês não é lá aquelas coisas, eu tenho demorado para jogar, mas vou contar aqui um pouquinho do jogo para quem quiser tentar jogar! Apesar de ter kanjis, o jogo tem dublagem na maioria das falas pra mostrar o quão foda os dubladores eram, o que é realmente incrível para um jogo de PSX de 1998.

Então, vou começar falando dos garotos, que são basicamente os garotos que você deve pegar nesse otome game. Rapidamente, nós temos:

  • Arai, que é o rapaz com uma distintiva mecha vermelha no seu cabelo roxo; ele é gato pros padrões dos anos 90, tem uma moto, é inteligentíssimo mas rebelde, e, enfim, aquele tipo "bishounen sabe-tudo" que tendem a ser os protagonistas. ^_^;
  • Yuusuke, que é com quem eu estou tentando ter uma rota, sim?, que é um jumento com um coração enorme, que gosta de praticar esportes e aquele tipão jock;
  • Mikimaro, que é o "shota obrigatório" (sim, isso já era uma coisa em 1995), que é extremamente chatinho na minha opinião e fica gritando mas acaba sendo passável pra todo mundo porque é extremamente fofo, sensível e coisa e tal... e que é o Yuujirou do Princess Princess que é Sotsugyou M, ou, o único que talvez tenha um crush real no seu amigo Arai;; 
  • Takagi, que é o loiro estrangeiro obrigatório, extremamente blasé e metidinho que chega a te zoar em vários momentos, samba na cara da sociedade e coisa e tal (que é quem eu quero pegar depois e--);
  • Nakamoto, o megane obrigatório. Igualmente distante, extremamente inteligente e sensível, digamos, um megane de respeito. Extremamente megane. O cúmulo do megane dos anos 90. Vamos refletir sobre isso.
Então, esses garotos com personalidades bizarras, excêntricas e incríveis são amigos, por coincidências da vida daquelas que só existem nos mangás, animes e otome games. Esses garotos são os principais de Sotsugyou M, mas também temos outros personagens muito importantes que são o conselho estudantil da escola. No conselho estudantil temos o presidente, Mizuho, que é como todo bom presidente de conselho estudantil de anime com tendências ao BL é excêntrico, problemático, com tendências a dar em cima dos garotos deliberadamente e ninguém pode pará-lo. Ah, e repetente na escola, então ele tem uns 20 anos. E, enfim, o tipo de pessoa que provavelmente devia estar presa e não ser presidente do conselho estudantil, mas né? E então tem o Ryuunosuke Sugita, que é o braço direito, totalmente leal *cof* concunbino *cof* ao presidente. e com "leal" eu quero dizer que ele acaba se envolvendo no trabalho sujo também. Ele provavelmente estudou com o presidente em uma das vezes que este fez o terceiro ano, e mesmo fora da escola ele continua residindo no dormitório do conselho estudantil - o chamado Kusanagi Palace - e ficando lá para ajudá-lo. Concunbino, eu avisei.


Então a história do jogo é basicamente a seguinte: você é a irmã desse tal de Sugita. O interessante disso é que o jogo traz uma perspectiva totalmente diferente do OVA ou dos mangás, porque você é a irmã do SugitaVocê está vivendo sua vida normalmente, com seu irmão que vai e vem da escola, e um dia você recebe uma ligação no seu telefone. É seu irmão. Ele está com uma fita na boca e não consegue falar. Você fica obviamente assustada, e então vai à escola para procurar seu irmão. É aí que você encontra o grupo de amigos do terceirão, que conhecem seu irmão e vão te ajudar a procurá-lo.

E aí começa o jogo, que eu descreveria como um "dating sim de investigação". A jogabilidade funciona da seguinte forma: Logo no começo do jogo, você responde a um personality quiz que determina qual dos garotos do grupo de Sotsugyou M vai ter mais pontos com você. Quando você os conhece, começa a parte de investigação; o jogo é dividido se não me engano em 4 capítulos, e em cada um dos capítulos você tem que investigar junto com um dos garotos de Sotsugyou M um determinado local, coletando objetos (seu inventário permite que carregue até 3 itens) para serem usados em outras cirscunstâncias dentro daquele capítulo. O jogo é de texto, então você se move pelos lugares conversando, tipo, "vamos para lugar tal" ou "vamos para aquela outra sala". Nesse sentido, é bem como um daqueles adventures tradicionais de texto e exploração - também, pudera, 1998.

Eu vou dar nesse parágrafo os spoilers, então se você quiser jogar, pule essa parte! Num primeiro momento você investiga o Kusanagi Palace, depois um porão secreto na escola e por fim alguns lugares da escola enquanto o presidente do conselho prepara sua fala. Tudo fazia parte de um grande plano do presidente de dominação da escola com a sua maluquice, que envolvia mudar os uniformes da escola para algo extremamente frufru e rosa que 90% dos garotos daquela escola masculina certamente odeiam. ^_^; Então, esse é o bad end.

Para quem quiser jogar, e conseguir ouvir o básico de japonês, mas não ler, eu vou deixar um link para o site onde eu baixei a ROM, e também um mini-guia de como fazer para começar o jogo. Apertando New Game, ele vai pedir para você digitar um nome. O botão ○ serve para selecionar o caractere; apertando □, você pode usar também kanjis. Terminando, use o botão ○ para selecionar a palavra rosa. Depois, você escolhe o tipo sanguíneo e a data de nascimento da sua personagem. Acredito que isso também influencie na compatibilidade, mas não tenho certeza. ^_^;

Então vem o teste de personalidade, cujas perguntas são:
A) O que você faz quando gosta de alguém?
  1. Vou ao ataque, ativamente!
  1. Observo de longe.
  1. Vejo se um amigo pode mediar nosso relacionamento.
B) Se você tem um dinheiro guardado...?
  1. 1. Eu compro algo que quero.
  1. 2. Eu guardo dinheiro regularmente.
  1. 3. Dou para um amigo.
C) Se você tivesse que comprar um presente de Valentine's Day (Dia dos Namorados)?
  1. 1. Chocolate feito a mão.
  1. 2. Compro um de primeira linha.
  1. 3. É a melhor oportunidade para um chocolate barato.
D) Se você fosse viajar para o exterior?
  1. America
  1. Asia
  1. Europa
E) Em um encontro, você já está esperando há 30 minutos.
  1. Espero mais um pouco.
  1. Volto para casa.
  1. Ligo pelo telefone.
Após responder essas questões hilariantemente muito bem definidas no tempo e na geografia, você verá que tem cinco corações distribuídos entre os personagens. ^_^; Eu descobri que devia ter tentado ter mais corações com o meu preferido só depois de pegar o bad end por pouco, mas enfim, recomendo que você tente se adequar à personalidade do seu preferido! Então terão duas opções. Salve o jogo na primeira, aperte YES e depois aperte novamente a primeira opção que aparecer para começar o jogo.

O jogo começa com você, a protagonista, explicando a situação: hoje seu irmão está em casa. Ele estuda em uma prestigiada escola só para garotos, e vive em uma situação em que não consegue voltar muito para casa, mesmo depois de ter se formado, então pede para que sua irmãzinha cuide de tudo, e ela é compreensiva e coisa e tal apesar de achar tudo meio estranho, e o bom é que eles podem se falar por telefone, essa incrível tecnologia. No entanto, ela está achando estranho a demora dele para ligar - faz 10 dias que ela não liga e ela está meio preocupada. Nesse momento, o telefone liga. É um homem ofegando. Você se pergunta se é um trote, mas não, é seu irmão. E ele diz, ofegando: "ouça com atenção ... por favor, me salve". E ele pede então para que você, irmã, vá atrás dos 5 garotos da classe 3-A. Leia-se: o grupinho de Sotsugyou M.

Você vai até a escola, e acaba trombando em um dos garotos dessa turma de 5 garotos, e o resto é história.

Eu fiz aqui um vlog mostrando um pouco da jogabilidade; Para quem ainda não viu e não se inscreveu no Youtube do Not Loli!, vai lá! Agora! Já! (ノ◕ヮ◕)ノ*: ・゚✧

Enfim, era isso que eu tinha para falar hoje. Quem sabe depois, quando eu conseguir um final bom, eu não volto aqui para mostrar e contar como foi? Espero que vocês tenham se interessado pelo jogo, e quem sabe acabem jogando também. Venham conversar comigo se jogarem Sotsugyou M, por favor!! (É muito chato... quando só você gosta de algo de 1996 em 2016...)

Espero que tenham se interessado por Sotsugyou M!  Até a próxima, e deixem aí sugestões de jogos - preferencialmente em japonês, preferencialmente fofos, preferencialmente otome games - para eu jogar e resenhar no meu blog. Muito obrigada, e até mais!~

Nenhum comentário:

Postar um comentário