segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Meu não-tão-novo vício, o K-pop parte III: Ainda mais k-pop!


E como, mesmo depois de mais de um ano meu vício em k-pop não acabou ao contrário das minhas expectativas iniciais, segue aqui a parte 3 das minhas recomendações de k-pop pra pessoas que não necessariamente gostam de k-pop! A parte 1 está aqui, e a 2 está aqui.

A verdade é que não só meu vício não acabou, como minha pasta de k-pop só cresce. Por um lado, eu gosto de ver que estou expandindo meus gostos e que afinal existe k-pop legal sim, mas por outro, é meio preocupante como eu pareço estar me tornando cada vez mais hipster. O Youtube começou a me recomendar artistas poucos conhecidos. Realmente incrível. 

Enfim, resolvi por isso fazer mais um post com as minhas recomendações de artistas musicais coreanos. Supondo que o leitor tenha lido as partes um e dois e não tenha gostado de nenhuma, vem aqui o final da trilogia! ... Espero. (spoilers: provavelmente não vai ser o final.)


TWICE

TWICE é um girlgroup relativamente novo, formado no ano passado pela gigante JYP Entertainment,  mas que obviamente tem tudo pra dar muito certo. Eu não conheço muito sobre as garotas, mas achei o primeiro MV, Like OOH-AHH, muito bom (e grudento!) e definitivamente pretendo acompanhar seus próximos lançamentos.



Seventeen
Seventeen é mais um grupo (no caso, uma boyband) que debutou apenas ano passado, mas já tem muitos fãs. Eu ouvi a música Mansae, do clipe acima, primeiramente por recomendação da Jyudaime e da Pachi, e não gostei muito do conceito do clipe - que imita um pouco uma coisa de high-school americana - mas o refrão ficou na minha cabeça que nem se grudado com super cola. É uma música muito animada, daquelas moodlifting mesmo, e que mesmo meses depois eu ainda gosto demais. E só depois eu fui ouvir o debut, Adore You, que também é bem chiclete... apesar de ter um conceito ainda mais bizarro. Assim, acabei gostando deles também. Não sou louca, mas é uma boa ouvida casual!



Winner

Winner é outro grupo que eu só fui ouvir mesmo, nem por causa do fato de o Mino ser super hiper amigo do P.O. do Block B (cof) (mentira, foi por isso que eu fui ouví-los da primeira vez mesmo), mas por uma recomendação, e eu gostei bastante do que ouvi. O PV acima, Sentimental, é provevelmente o meu favorito deles, mas eles também tem outros bem legais, como Empty e Baby Baby. Eu confesso que gosto principalmente dos seus comebacks mais recentes, e não gostava tanto assim deles no começo, mas ainda assim deixo a recomendação e fico com a vontade de ouvir mais!


Zion.T

O Zion.T é um artista... peculiar. Ele trabalha principalmente com colaborações com outros artistas muito famosos. Um dos artistas com quem ele fez uma colaboração foi o Zico, do Block B, que é meu grupo favorito (quantas vezes eu já falei isso aqui? Se alguém ainda não sabia: saibam.) e outro artista com quem ele fez uma colaboração é o Gaeko, que eu também já comentei na parte 1 dessa série de posts. Foi através desses dois clipes que eu o conheci, mas ele também tem alguns MVs solos, como No Make-Up, que eu postei aí acima. O estilo dele é bem bonitinho, meio jazz-y e frequentemente excêntrico. Como meu objetivo com essa série de posts é mostrar artistas pop, mas diferentes do mainstream, Zion.T não podia deixar de estar aqui!



NORAZO

NORAZO é um grupo fascinante que eu descobri muito por acaso através do MV acima, Wild Horse, que foi comentado pelo Youtuber T3ddy em um de seus vídeos. É um MV sensacional de criativo, e então eu fui procurar mais desse grupo, que, conforme descobri, é na verdade uma dupla em atividade há onze anos. Sim, onze anos. É uma dupla com conceitos cômicos, mas não deixe sua visão de NORAZO se limitar a isso: musicalmente, eu recomendo todas as músicas que ouvi até agora, de verdade, como Woman Person e Cart Bar.



IU

E pra falar de cantoras solos, essa garota é sensacional e eu só lamento não tê-la conhecido antes! Eu ouvi falar dela inicialmente por conta de uma polêmica envolvendo "Zezé", uma música cuja letra teria pedofilia implícita, e que segundo ela foi baseada no livro Meu Pé De Laranja Lima. É. Apesar dessa confusão, eu acabei ouvindo e me apaixonando totalmente pelo MV acima, Twenty Three, que faz 100% meu estilo, mas que não é tanto o estilo dela: ela costuma fazer mais ballads, como o seu MV de estreia, YOU & I. Em uma nota curiosa: ela também é amiga do meu favorito do Block B, o Jaehyo, e o líder do Block B, Zico, é assumidamente fã dela há muitos anos. ♡ Eu recomendo bastante ao menos o MV acima pra todo mundo, e os demais se fizer seu estilo.



Bangtan Boys (BTS)

Bangtan Boys é um grupo que muitos fãs de Block B (que é, pra quem não sabe, a minha banda preferida!) parecem curtir, porque eles também misturam um pouco de rap - e o Rap Monster, o líder do grupo, inclusive, participou do mesmo programa (ótimo) que o Park Kyung, o Problematic Man Sexy Brain, o que rende muitas comparações entre os dois. Enfim, uma das minhas favoritas pouco populares é Boy in Luv, e também Run é outra favorita. Mais algumas que eu gosto são Butterfly e Just One Day, e por fim, uma favorita minha pelo quão hilária ela é é War of Hormone. Por fim, um outro ponto que eu gostaria de notar é que as letras de muitas das músicas deles são excelentes de inspiradoras, verdadeiros tapas na cara - e cito como exemplo No More Dream. Pra quem se liga em letras com histórias, inspiracionais, super recomendo BTS!



Brown Eyed Girls (BEG)

Brown Eyed Girls, vulgo BEG, é um grupo que eu demorei para dar uma chance porque me parecia superestimado, por todo o hype em volta do comeback Brave New World, e ainda mais por ser um grupo de garotas. Mas é realmente bom, tanto em termos de qualidade técnica quanto de temas. Na minha opinião, Brown Eyed Girls é um grupo com uma estética e conceitos relativamente originais, e apesar de tenderem pro "sexy", que eu não gosto, acaba me ganhando pela música. O MV acima, Kill Bill, é meu favorito, mas outro ótimo que eu também curti são Abracadabra. Enfim, eu acabei gostando bastante desse grupo e espero acompanhar os próximos lançamentos delas!


 

eSNa

Eu achei que ela fosse uma powerhouse quando a conheci, e com razão: a voz dela é sensacional, e ela canta em coreano e em inglês. A música acima, A Litte Lovin', é uma das minhas favoritas e tem versões em inglês e coreano. Em nota, os garotos do Block B (pra quem não leu as outras partes e não sabe: o grupo que me levou pro k-pop hell) já foram no show dela, e eu gostaria muito que eles fizessem uma colaboração! Ela fez uma colaboração, "AHH OOP!", com o popular grupo de k-jazz Mamamoo que eu já comentei por aqui na parte 2 dessa série. Ela é sensacional, e eu desejo que ela seja muito mais popular no futuro! 



EXID

EXID é um girlgroup com músicas incrivelmente boas - e, no geral, muito chicletes, que me fisgou apesar do conceito sexy que eu costumo não curtir. Elas estão aí no mundo desde 2012, mas eu as descobri primeiramente no ano passado pela música Hot Pink, muito por acaso - era uma música que sempre tocava depois de um clipe do Block B, eu acabava curtindo muito, e Ah Yeah também. Depois, a Pachi me recomendou mais uma vez esse grupo, e eu fui "conhecer" de novo UP & DOWN - que é uma música muito conhecida no universo do k-pop e eu já tinha ouvido algumas vezes em eventos e coisas assim, mas nunca tinha visto o clipe, que tem um quê maravilhoso de Orange Caramel (um gurpo que eu gosto muito e já falei aqui na parte 1 dessa série de posts). Every night também é outra ótima. Enfim, eu acabei gostando muito delas, e espero que vocês curtam também!



Enfim, eram esses os grupos que eu queria compartilhar por hora. Espero que tenham gostado de mais essas recomendações de k-pop! Deixem aí nos comentários se vocês gostam desses grupos ou não, se gostaram de ter conhecido algum, e enfim, o que acharam desse post e se tem mais recomendações a fazer! (◡‿◡✿) Vai que eu acabo fazendo um outro post então... né? Posso colocar as recomendações de vocês. Muito obrigada, e até mais!~

4 comentários:

  1. Conheci o k-pop no ano de 2009, viciei e por volta dos anos de 2013/14 esse vício foi diminuindo cada vez mais e hj em dia procuro raramente notícias, vídeos ou algum assunto que envolva k-pop. P/ mim se tornou enjoativo e na mesmice, mas p/ quem descobriu a pouco tempo é viciante mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem?~
      Eu também descobri o k-pop mais ou menos nessa época, na verdade. Foi no final de 2008, comecei gostando de TVXQ e depois de algumas músicas do SNSD, mas não achava nada demais. Passei muitos anos não gostando, apesar de minhas amigas curtirem muito, e de repente em 2015 em conheci o Block B e viciei de vez e então passei a ouvir vários outros grupos. Eu criei esa série de posts pra tentar abrir um pouco mesmo a cabeça do pessoal que nunca conseguiu gostar ou já enjoou do mainstream, e queria ouvir um k-pop diferente, apesar de já ter desviado do propósito inicial... enfim, concordo que o k-pop é muito viciante pra quem acabou de conhecer esse universo, e espero que você tenha gostado das recomendações, caso já as conheça! :) Abraços!~
      - Chell

      Excluir
  2. Oi Chell, obrigada por responder. TVXQ é um dos meus grupos favoritos, na verdade não sou fã de muitos, os que eu gostava eram TVXQ, MBLAQ, Infinite, Teen Top e EXO. Super Junior e SHINee eu só curtia algumas músicas e feminino 2Ne1. Desses grupos que vc citou só conheço Brown Eyed Girls, quem sabe qdo voltar a vontade de curtir algo de k-pop eu recorra as suas recomendações :-)

    O gozado, é que vem acontecendo esse desinteresse por doramas tb. Eu era super viciada em doramas, mas parece que está indo p/ mesmo caminho.
    Aquela história de cara rico ficar com a pobre, a inocente se apaixonar pelo cara mau e sempre os mesmos clichês...
    Eu até gosto, mas ultimamente só se vê isso e não estou com paciência. Ou eu que tô ficando velha e ranzinza ou o negócio tá ficando preto p/ lado do entretenimento que ninguém mais cria e só copia a fórmula fazendo pequenas modificações e olhe lá.

    Desculpe pelo texto enorme :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagine, eu que agradeço os comentários! :) Sei! São grupos que eu não ouço muito, à excessão de TVXQ e de EXO. E Brown Eyed Girls também é bem popular, não é?

      Acho que k-pop é legal, mas um pouco enjoativo sim, porque a estética da maioria dos grupos é muito parecida. Mas às vezes, também, isso tem a ver com uma fase sua. De você de repente não sentir mais vontade de assistir doramas por um tempo, isso acontece às vezes comigo com animes quando eu assisto muitos. Mas é verdade, eu acho que a indústria do entretenimento está perdendo um pouco da sua originalidade, mesmo. Eu estava lendo esses dias um artigo sobre como os novos escritores do século XXI vão ter que ser muito inventivos pra ir além dos vários clichês e estereótipos já definidos que já se tem.

      Enfim, muito obrigada mesmo pela visita e pelo comentário, mais uma vez! :) Até mais!~

      Excluir