Bem vindo ao Blog Not Loli!

Siga-nos nas redes sociais!

Pesquise algum tópico: search
Parceiros parceiros

sábado, 6 de junho de 2015

Música: Meu novo vício, o K-pop [Parte II - Ainda mais K-pop!]



Olha, mais um post sobre K-pop! Eu falei do meu novo vício aqui, no começo do ano, certo? Pra ser mais exata, eu fiz esse post alguns meses atrás, que consistia em um top 10 de grupos de K-pop, falando sobre como eu havia começado recentemente a gostar de K-pop, com a seguinte colocação: Quem sabe eventualmente eu venha a conhecer mais grupos legais pra postar aqui e fazer uma parte 2?

Advinhem: Eu continuei ouvindo K-pop. E conheci mais coisas legais. Estou ainda mais empolgada com K-pop, Então venho compartilhar aqui a parte 2 do meu vício de K-pop: Coisas que eu estou ouvindo além de Block B (que é o número um, ainda, e se bem me conheço, provavelmente será pra sempre) - agora um tanto mais alternativo e hipster.



Menção Honrosa: Henry Lau

Henry Lau - ou somente Henry - é um coreano-canadense-chinês, ou algo do tipo, que é um dos integrantes do Super Junior-M. Eu conheci a música acima, Trap, através de uma colega, muito por acaso, e achei legalzinha; depois, ouvi Fantastic e também gostei. O som dele, diferentemente da maioria dos artistas dessa nova lista, é bem pop e quiçá até k-pop genérico, mas é um k-pop genérico realmente chiclete. Número 11 dessa lista, tá longe de ser o meu favorito, mas preciso admitir que me cativou um tanto!



10. B1A4

B1A4 é... o tipo de boyband que simplesmente não faria meu tipo, em circunstâncias normais. Certinhos demais, músicas genéricas demais e coisa e tal; eles participaram do MTV Matchup com o Block B, eras atrás, e foi incrível o quão sem sal eles eram se comparados ao meu amado Block B . Mas, ei! Eles mudaram, coisas mudaram, e eu fui ouvir Solo Day - a música acima - e não é que gostei? A música é legalzinha, e o clipe (com aliens e coisa e tal) também não é ruim. Depois, fui ver outros, e descobri que What's Happening também é interessante. No fim das contas, adquiri uma simpatia pelo B1A4, entendendo-o como "aquele grupo que tem uma relaçãozinha amigável com meu amado Block B , e umas musiquinhas legais". Estamos aí.



9. LEDApple

Ahh, LEDApple - um dos grupos com nome mais ridículo do mundo, que inicialmente justificaram como significando "Logic Egoism Delete" (?), depois algo sobre brilharem como luzes LED (???) e finalmente uma homenagem a Led Zeppelin. Não, eles não tem muita vergonha na cara, nem respeito. A polsygol, do BlockB.com, me recomendou essa banda de rock quando eu disse que gostava de Royal Pirates porque ambos são genéricos mas não é que eles são divertidinhos? Não, não diria "amor" - de fato, ainda gosto mais de Royal Pirates - mas incluo nessa segunda lista de "recomendações de bom k-pop". Porque é bom. Time is Up (acima) e Run to You são minhas favoritas.



8. Epik High

Segundo a Wikipedia em inglês, Epik High é um grupo de hip-hop alternativo, formado em 2003 e composto por Tablo, Mithra Jin e DJ Tukutz. O que eu sei, realmente, é que Epik High é "aquele grupo do Tablo" - ele é realmente famoso nesse meio K-pop - e que eles são bons. Atualmente na gravadora YG Entertainment, que é também a gravadora de 2NE1, Psy, Big Bang e outros atos mega famosos, mas eu confesso que não gosto muito de nenhum deles além de Epik High, e um outro que vou comentar mais a frente. Born Hater foi o primeiro clipe que me chamou a atenção, mas Don't Hate Me - acima - também é ótimo. (E é claro que essa é uma ótima oportunidade pra postar o cover que meu amado Block B fez de uma música deles, aqui ó!)



7. Mamamoo

Ah, Mamamoo; um dos atos "novatos" que mais tem se envolvido com Block B, inclusive ganhando elogios, e com todo mundo, aliás - ultimamente, parece que todo mundo nesse lado hipster do K-pop ama Mamamoo? Eu confesso que não entendia qual era a delas, até ouvir Piano Man, a música linda acima que me rendeu de vez. E é essa a pegada delas: uma coisa meio jazz, meio pop, simplesmente gostosa de se ouvir. Peppermint Chocolate - música que gravaram com o cantor K.will, que eu já comentei no post passado - também é bem interessante, assim como Gentleman e Ah Oop! - todas tem conceitos bem interessantes. No geral, eu gostei delas, e se não gosto mais, deve ser puro recalque por ver essas novatas ganhando tanta atenção no lugar do meu #1!



6. G-Dragon

Aqui, o outro ato do YG Entertainment que eu curto. G-Dragon entrou para a minha lista do "já curtia K-pop e não sabia", graças à música That XX (acima) que um belo dia eu achei perdida na minha pasta antiga de K-pop. No geral, eu não curto G-Dragon tanto assim, pessoalmente - e não, também não sou da turma que curte um Fantastic Baby tanto assim - mas, afinal, preciso admitir que ele tem músicas boas; o clipe de Who You?, gravado com as suas fãs, também é ótimo. Ele tem um estilo Miyavi que eu curto, mas sem a qualidade musical. Sou tsundere por G-Dragon, sim.



5. Dynamic Duo

Dynamic Duo é uma dupla de hip hop composta pelos membros Choiza e Gaeko. Deu pra perceber que eu estou indo muito pro lado do hip hop graças a Block B? Enfim, eles também são bem experientes; começaram uma carreira influente em 2001, e na minha cabeça gosto de acreditar que eles são o Claudinho e Buchecha da Coréia, se Claudinho e Buchecha tivesse durado mais. Apesar da minha descrição péssima, a música deles é legal, sério. Pra quem curte umas músicas anos 70, ver Ailee e Dynamic Duo cantando Ring Ma Bell.
Pra falar a verdade, eles só estão em 5º por causa do CD REDINGRAY, solo do Gaeko, que me ganhou totalmente. Por favor escutem. É ótimo. Acima, No Make Up, uma das trilhas do album solo do Gaeko.



4. 15& 

Essas mocinhas maravilhosas são, confesso, uma das outras razões que me fizeram curtir K-pop. Conheci Park Jimin no programa After School Club, através de outros grupos, e me cativei pelo carisma ímpar dela; fiquei ainda mais chocada ao descobrir que ela só tinha 16 anos, e o Block B não ficou menos chocado ao vê-la dançando. Ela é demais. Foi por isso que fui escutar as músicas delas, e não é que são bem legais? Vocalistas talentosas, garotas com atitude, tudo de bom. Somebody, a música acima, é uma das minhas favoritas, mas preciso defender que todas são ótimas; outras que curto são Not Today Not Tomorrow, e Rain & Cry; também tem a Hopeless Love, solo recém-lançado da Park Jimin, que é outra música maravilhosa. Enfim, forte recomendação aqui.



3. EXO

Eu confesso: virei EXO-L. EXO é um grupo da SME - mesma empresa de atos como TVXQ e SNSD, que eu já comentei no outro post, fora Henry, que comentei aqui - com duas divisões: EXO-M, que segundo o plano original deveria se apresentar na China, e EXO-K, que deveria se apresentar na Coréia e obviamente tem uns privilégios bem injustificados; o projeto original desse grupo era todo revolucionário e coisa e tal, e eles começaram fazendo uns clipes bem... interessantes - que dizer de What is Love? - e progressivamente começaram a fazer coisas ainda mais questionáveis, tipo Wolf, a música do video acima, que é meu clipe favorito deles, na qual eles, hã, imitam lobos (É ADORÁVEL DE RIDÍCULO), e Overdose, que também é bem viciante. Eu resisti muito, mas acabei curtindo. É o começo do fim.



2. Quase Block B

E como Block B não podia ficar de fora, mas eu já comentei demais no outro post, aqui vão umas recomendações de Block B-que-não-são-Block B-propriamente-dito! Lá em Março, eu lancei o meu lema "Wake me up when Taeil debuts", o que foi incrível porque eu não imaginava que ele estava às vésperas de debutar. Ok, talvez não tão incrível; todo mundo meio que já sabia que ele tinha grandes chances de debutar, e, bem, o debut foi Shaking, clipe em que nem aparece a cara dele - mas a voz angelical está lá, e é isso que conta. Eu sou fã demais dele. De outro lado, temos P.O., B-Bomb e U-Kwon como o trio Bastarz, que recentemente lançou Zero For Conduct. Também tem o Harmonics, dupla antiga do Zico com o maravilhoso do Kyung (já falei de como o solo dele é bom e ele devia ser o próximo a debutar?), e a carreira solo do vocalista Zico, que por mais que eu não curta musicalmente, preciso dizer que respeito tracks como No Limit.
E é isso. Pra quem já cansou de Block B, aqui tem mais Block B. Ao seu dispor.



1. LABOUM

Advinhem! Meu top-top, dessa vez, não é uma boyband, mas sim um girlgroup! Trata-se de LABOUM, um grupo de garotas relativamente novo e que até agora lançou três clipes - Pit-a-Pat, What About You e Sugar Sugar - e, pasmem, eu amei os três. Elas tem uma pegada meio cute, meio à la Orange Caramel, que eu já comentei no outro post, mas quiçá ainda mais catchy e divertida. Sem contar que são umas fofas. Mais informação: elas treinaram por quatro anos, e no último comeback delas, elas tiveram que dançar de pijama. Treinar quatro anos pra fazer um papel desses parece bem triste, mas, ei. Block B também teve seus momentos vergonhosos. Eu tenho fé nessas divas; as apresentações delas são realmente cheias de energia e incríveis - apesar de cheias de marmanjões gritando? - e eu quero muito continuar acompanhando-as daqui para frente.



E por hoje é isso!~ Em nota: eu consegui postar mais de vinte artistas de k-pop que eu gosto, o que significa que eu, oficialmente, me rendi e virei k-popper *gasp!*; daqui a pouco vou estar desvirtuando totalmente o blog e postando videos de covers de danças ao invés de anime.

Ok, ok, mentira. As resenhas das séries da temporada virão, assim como outras resenhas de filmes, em breve; mas, por enquanto, fiquem com muito LABOUM e outras bandinhas coreanas por aí. Até a próxima!~

2 comentários:

  1. Oie, sou eu(de novo).Ok, me viciei, já era. Me vi entrando em desespero porque não carregava a música de Block B no youtube e já baixei várias dessa e da outra listinha. É o começo do fim pra mim também.(¬‿¬) Te encontro no k-poppers anônimos daqui alguns anos.
    Adorei o LABOUM, fofíssimas, e os marmanjos gritando a letra da música em uníssono também deu um toquezinho super especial. 15& também conquistou meu coraçãozinho, depois de um breve momento recalque de ''pô, eu consigo fazer isso. É só porque a mina é novinha.'' (._.) ( l: ) ( .-. ) ( :l ) (._.) Depois de não dar muito certo, eu me rendi e me encolhi no cantinho, levando o computador e ignorando a risada do meu irmão.
    E nossa, eu simplesmente amei tudo de Mamamoo. Eu curto muito aquele clima de Londres a noite e a música delas é muito divertida. Aliás, uma coisa que eu gostei muito no k-pop é que eles usam muito piano, que é um instrumento lindo de se ouvir, e que eles conseguiram encaixar muito bem. Mas uma coisa que eu ainda implico um pouquinho é o fato de não ter nenhum grupo misto, então ou é aquela coisa fofinha-sexy ou é aquela coisa que inunda a tela de testosterona. Mas é bem pouquinho, porque tem o lance cultural e blá blá blá, mas eu sinto falta da mistura de vozes. Mas eu curti muito esses dois posts, nunca tive interesse em procurar k-pop, e eu só conhecia aquele cara do Gangnan style, e tinha vontade de bater com uma pá naqueles grupinhos que dançavam no meio do centro cultural. Enfim, paguei minha língua e agora estou comportadinha com os fãs de k-pop ┬─┬ノ( º _ ºノ) e descobri que é bom pra desestressar. Agora divulgo no e-mail que sou uma pessoa mais zen por causa do k-pop, que a música me salvou de ser uma possuída do demônio. É tudo mentira, mas é verdade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHA olá! ( ≖‿≖) É... cabou, miga. Tudo bem, eu já passei por essa fase do desespero. Você vai superar. Talvez precisemos de um k-poppers anônimos no final, mas tá tudo certo. Acho. (Enquanto eu não tô pagando R$150 pra ver o Jay Park ao vivo, pra mim está tudo certo.)
      Aww, que bom que gostou! ♡ HAHAH sim, esses videos de shows são muito especiais. 15& é muito amorzinho, sim, e eu não consigo nem ter recalque do jeito que eu conheci a Jimin: uma garotinha meio gordinha, fofa e poliglota apresentando um programa internacional de k-pop. "wtf?" eu pensei, até ver essa diva cantando e dançando AHAHA tapa na minha cara!!
      Mamamoo é muito amado! Eu também adoro piano, então isso é uma coisa que me ganha em k-pop, também. Eu acho que tem alguns grupos "mistos" (como o próprio Girls Day que eu mencionei), e alguns que acabam mudando de tom (tipo: SNSD), mas os excessos também me incomodam.
      Que bom que os posts foram informativos, também! *^_^* Até então, euzinha nunca tinha parado pra pesquisar k-pop e tinha exatamente esse mesmo sentimento de bater com uma pá nos fãs que ficavam dançando por aí HAHAHA então, é, super legal poder mudar de opinião sobre essas coisas!~ Eu confesso que k-pop me deixa mais zen - às vezes, durante as bads, Block B e Laboum são minha fonte de animação - então agora entendo melhor quem é obcecado também. :'D foi bom ter esse trip pelo universo do k-pop.
      E nos vemos no k-poppers anônimos no futuro.

      Até mais, e obrigada pela visita e pelo comentário!~ ♡

      Excluir