Bem vindo ao Blog Not Loli! Estamos em construção no momento! Siga-nos nas redes sociais!icones redesPesquise algum tópico: search
Parceiros parceiros

domingo, 19 de outubro de 2014

Filme: Tamako Love Story - Romance inocente no mais fofo distrito comercial.


Olá! Como estão?

Hoje eu venho trazer alguns comentários a respeito do filme Tamako Love Story, meu amor da semana, que conclui - supostamente - a história do anime Tamako Market [resenha].
Digo "conclui supostamente", porque o filme deixa de lado muitas coisas que uma conclusão pediria - tais como um epílogo, um pouco do futuro dos personagens, ou ao menos uma conclusão decente para o pessoal da ilha tropical! - e foca apenas na love story da Tamako, como pode indicar o título. Ainda assim, não deixa de ser um filme lindo, ótimo pra matar a saudade - e que saudade eu senti, aliás! - da galera do mochi, especialmente dos mais jovens, que agora estão se formando e decidindo seus futuros.

Eu já adianto que a qualidade das screencaps do post é péssima, porque eu tive que vê-lo em um stream em espanhol, - alguém explica por que essas legendas em inglês demoram tanto pra sair? - mas como eu precisava fazer isso logo porque o filme foi lindo... espero que curtam mesmo assim!~

Com duração de 1 hora e 23 minutos, o filme conta, como o próprio nome pode sugerir, uma história de amor. Os personagens que se destacam na história são, além dos óbvios Tamako e Mochizou, são as amigas Kanna, Shiori e Midori, que também estão passando por esse período de escolhas do terceiro ano do colegial. Ao contrário do anime, o filme Tamako Love Story foca deliberadamente na vida escolar, e nas paixões dos personagens, às quais são feitas apenas leves menções no anime. Assim, esse filme tem uma pegada um tanto diferente do anime, ao mostrar toda uma outra dimensão da vida dos personagens - e, principalmente, nos levar a conhecer melhor personagens que não tiveram tanto destaque na série.

Tudo isso pode parecer spoiler, mas já pode ser deduzido do próprio nome do filme.

Desde o príncipio, quando o filme foi anunciado, isso me impressionou: Só o nome do filme já parecia ser um baita spoiler, e não é de hoje que Tamako Market faz umas escolhas arriscadas, ao que provavelmente se deve, ao menos em parte, a impopularidade do anime. Se a história da série foca no pacato distrito de compras, nas lojinhas de mochis e nas coisas simples do dia-a-dia mágico - com pássaros falantes e nobres de ilhas tropicais - da Tamako, tendo a parte escolar e os romances adolescentes (geralmente populares) como mero apêndice, no filme ocorre exatamente o contrário: O filme foca justamente nisso que ficou de fora na série, e se isso soa um pouco estranho ou inapropriado - afinal, por que o fã deveria curtir um "romance escolar genérico"? - o mesmo não pode ser dito da execução.


O enredo em si é previsível, mas executado com maestria KyoAni e sob a direção da Naoko Yamada (K-On!, Tamako Market), que como não me canso de dizer é minha diva da "fofura em anime moderno", Tamako Love Story se torna a coisa mais fofa, transmitindo toda a inocência esperada de um romance entre adolescentes de uma pequena cidade. Pode até parecer enrolado pra alguns, mas é algo que combina com o clima meigo, pacato e descompromissado da série, e que, por consequência, tende a agradar os fãs.

No filme, nós conhecemos um pouco - ou muito - melhor o Mochizou, aquele amigo de infância da Tamako que é filho do dono da loja de mochis rival. Como também já sabemos pela série, o Mochizou gosta da Tamako, mas se isso não é muito desenvolvido na série, no filme recebe destaque. Quem assistiu a série sabe também que o Mochizou não é o único que gosta da Tamako - há pelo menos duas outras pessoas que potencialmente tem mais sentimentos por ela. Uma delas é o príncipe, que não aparece nesse filme, à exceção do curta do Dera que passa nos primeiros minutos do filme (e que é fofíssimo e me deixou morrendo de saudades do pessoal da ilha!) mas a outra aparece sim, e esse é outro ponto importante do filme, em particular da sua segunda metade - a "disputa" pelo amor da Tamako.

De pano de fundo, temos mais coisas acontecendo. O pessoal se preparando para sair da escola, e assumir diferentes profissões - a Tamako, claro, com a loja de mochis; O Mochizou, que até então não sabíamos do que gostava ou o que pretendia, e que ficamos sabendo que quer estudar cinema em Tóquio; A Kanna, claro, que está para marceneira assim como Tamako está pra cozinheira de mochis, e quer dar continuidade à marcenaria da sua família, e assim por diante. Temos também a Tamako dando o seu melhor pra aprender uma habilidade nova - no caso, malabarismo com bastão - em toda a sua falta de talento; O drama da família do Mochizou, que vai sair de casa, e outras coisas. Outro ponto interessante (e arrasador-de-corações) do filme é conhecer um pouco mais da infância da Tamako, e principalmente da sua mãe; Aliás, pudemos conhecer um pouco mais da família da Tamako no filme, e entender um pouco melhor de onde veio essa personalidade adorável, o que também foi bastante legal.


Dessas outras coisas, a maioria acontece na primeira metade do filme. Divido o filme em duas metades dessa forma porque na metade do filme há um acontecimento que muda todo o rumo da prosa: Até então, o filme aparenta ser um pouco desconexo ou sem rumo, um pouco como a série - fofinho e feel good, mas simplista. Depois dos eventos, as coisas começam a realmente acontecer. Temos desenvolvimento de personagem, emoções mais intensas, e todo esse clima que faz Tamako Love Story ser um ótimo filme pelo quão bem ele representa o drama da relação entre a Tamako e o Mochizou.

Esse drama, porém, não chega a ser agressivo, assim como a tal disputa que mencionei não é direta. Tudo é muito sutil, e o foco nunca é no ciúmes ou nos sentimentos negativos que os personagens eventualmente sentem, mas sim na melancolia doce, na forma desajeitada através da qual Tamako e Mochizou interagem no dia-a-dia - a descoberta do amor pelo amigo de infância, que sempre se fez presente, e que desestrutura a relação previamente estabelecida; É sobre a temática da descoberta dos sentimentos, e principalmente, o fato de os dois serem uns fofos e lerdos, ficarem perdidos, abalados, cada um sentindo coisas diferentes ali sozinhos, e você, espectador, querendo dar um tapa na testa de cada um. Você sente isso porque tudo no filme é muito identificável pra quem já foi adolescente! Coisas como a confusão, ou determinadas ações que os personagens tomam - de fugirem sem saber por que, ou de ficarem calados enquanto ouvem coisas que não gostariam de ouvir - são muito realistas, mas, claro, tratadas com a meiguice ímpar que é uma das assinaturas das produções do estúdio.

No fim das contas, Tamako Love Story é muito especial pra quem gosta de Tamako Market. Não só porque, claro, é a conclusão da série que todos estávamos esperando há tanto tempo, mas porque o filme foi muito mais do que um simples "só pra lembrar que nós existimos" ou "só pra vender mais". Ele traz perspectivas bastante diferentes dos personagens da série e uma dimensão emocional mais forte do que os personagens apresentam na série original, que é bem mais levinha e centrada na comédia e coisa e tal. Convenhamos que fazer isso também não era tarefa tão difícil, já que a série é curtinha, teve diversos personagens pra apresentar em pouco tempo, e muita comédia e "filler" no meio. Ainda assim, o filme tem o mérito de não perder sua leveza e doçura, e ser, independentemente de tudo, um bom exemplar de "filme de anime de 'romance rural adolescente'". 
Não, Tamako Love Story provavelmente não é como Suzumiya Haruhi no Shoushitsu - que fascinou até gente que não era fã de Haruhi a princípio. Mas, pra quem gosta de coisas bonitinhas e pacatas com a assinatura do estúdio, é um prato cheio. Pra essas pessoas: recomendadíssimo. Se você gosta de shoujo: recomendadíssimo (e vá ver a série original!). Se você gosta de moe: recomendadíssimo. De resto, quem sabe? É fofo, e se o layout atual desse blog não me denunciasse o bastante, bem, eu adoro Tamako Market. É claro que num nível pessoal eu curti demais, e é claro que eu queria poder falar com todos sobre esse filme lindinho, delicado e, sobretudo, feliz. ♡




8 comentários:

  1. ôô Eieieieieieieieieieie....... Eu não sei direito, provavelmente eu estou estou me confundindo, mas há uma série desse filme??? É que eu estou com uma impressão de já ter visto alguma coisa na internet, um anime parecido, quem sabe.

    Eu gostei muito do que eu li, esses são os que eu mais gosto, leve e agradável com um romance inocente >///< Eu com certeza vou assistir esse filme.

    Muito obrigado por mais essa excelente dica chell-chan (Qual é seu nome mesmo?).
    Eu assisti um filme esses dias, chamado "Toki wo kakeru shoujo" se você ainda não assistiu, esse pode ser um excelente entretenimento. E se estiver em duvida, eu fiz um pequeno post falando sobre ele.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diego, tem sim! Esse filme é "continuação" de um anime, Tamako Market, que eu cheguei a resenhar aqui. A série é muito legal, muito levinha e fofa, e o filme parece fazer bem seu tipo, então super recomendo! Fico feliz que minha sugestão tenha servido! ヽ(•̀ω•́ )ゝ✧
      (Meu nome é Michelly, mas pode chamar de Chell mesmo! ;;)

      Eu já assisti Toki wo Kakeru Shoujo, duas vezes até, mas já faz bastante tempo. Também adoro demais esse filme! E faz um pouco o estilo desse aqui - um romance levinho, colorido, gostoso de assistir. Mas claro que o filme de Toki wo Kakeru Shoujo tem mais magia (apesar da série de Tamako Market ter coisas bem estranhas!) e é mais emotivo também. Enfim, é um filme que eu adoro, então vou dar uma olhada no seu post!

      Muito obrigada pela visita e pelo comentário, e até mais!~ (*^_^*)

      Excluir
  2. Yooo beleza!?
    Bem nunca assisti ao anime, até porque na época ficava com o pé atrás em relação a histórias simples e pacatas, porém ultimamente tenho dado uma chance a essas histórias, e já como você recomendou o filme para quem curte shoujo........PARTIU ASSISTIR ELE XD
    Sinceramente, estava com medo de essa ''disputa pelo amor'' acabasse virando um triângulo amoroso com gente rejeitada, ciúmes, choros e talls, porém quando você falou que o filme ignora todo esses aspectos me veio um ENORME alívio na alma, porque depois de Nagi No Asukara eu vou ficar anos sem ver/ler histórias com triângulos e outras formas geométricas amorosas (nossa aquilo me deu uma agonia do capiroto!).
    Só uma pergunta, você viu o filme em espanhol!? Não tem legendado em português, porque se não tiver ferrou tudo, pois sou uma completa negação em espanhol Ç.Ç
    Adorei o post
    Kiss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Hinata-chan, tudo bem?~ (^▽^)
      Haha, entendo como é! Eu também não sou muito de curtir "histórias pacatas" - bom, depende... Eu gosto bastante de "slice of life" e romance, mas até hoje não sou muito de animes paradões, não! - mas no caso de Tamako Market, apesar de ser pacato e relaxante, o anime não é paradão, não. Não é bom pra dormir, digamos assim, hahah. Eu pessoalmente maratonei tudo em duas noites (não foi "uma noite" simplesmente porque não deu tempo (>_<*) ) e no final fiquei com gostinho de quero mais!~
      Ah, e o filme é super shoujo. Na verdade, isso é engraçado, porque a autora/diretora não escrevem shoujo, mas ainda assim, as pessoas que assistiram comentaram que tinha "cara de shoujo". Ou seja, como não foi algo intencional, é meio que uma visão alternativa de um romance shounen - com toda a feminilidade e a inocência esperadas de um bom shoujo, mas fugindo dos clichês destes. Esse lado é realmente muito legal. E não tem tristeza e drama não, fica tranquila, hahah (eu ainda não vi Nagi no Asukara, mas pretendo, e já ouvi dizer que é tenso!~)
      Eu vi em espanhol, mas imagino que devam traduzir pro português logo, logo. Questão de umas semanas, no máximo! Então, fica ligada nos sites de anime! c:
      Fico feliz que tenha gostado do post, Hinata!
      Até mais!~ ♡

      Excluir
  3. \o/ Sabia que eu não estava ficando doido kkkkk. Vou começar a assistir ele, é bem no estilo que eu gosto, VLW.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simmm! Assiste sim, e comenta o que achou depois! Como dá pra ver pro layout do blog, que é da protagonista da série, Tamako, eu adoro esse anime. (^_^;)
      Até mais, Diego!~

      Excluir
  4. Awwwwn se demonstra um pouco o futuro dos personagens eu ja fico feliz! Eu gosto muito qnd os animes shoujo vão ate á segunda geraçao sabe? Tipo... filhos :v
    Clannad, Sailor Moon, Itazura na Kiss......... ai ai *nostalgia*

    Waaa, nem me apresentei ;-;
    Sou a Bunny, prazer >-<)/
    Encontrei o seu blog a partir de... realmente, desculpa mas eu nao lembro.. etto... ^^'
    Mas achei ele muito fofo e vou segui-lo!! \(*-*

    Se quiser conhecer o meu:
    http://bunny-animesespectaculares.blogspot.pt/
    Será sempre bem vinda >-<

    ~ 0/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bunny, prazer! (´ω`) Eu sou a Chell. Muito obrigada, vou dar uma olhada no seu blog! (Ele está assustador pro Halloween, mas tenho certeza que no fundo ele também é fofinho! hahah)
      Eu também gosto muito de séries que acompanham o futuro dos personagens, pra falar a verdade. Ah, mas nunca vi (ou devo dizer "li"? Não tem anime não, ou tem? Se tem, eu não conhecia!) Itazura na Kiss. Mas sabendo disso, fiquei com vontade de ver!
      Muito obrigada pelo comentário e pela visita, e espero vê-la novamente!~ (◠‿◠✿)

      Excluir