sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Impressões de Meio da Temporada Verão/2014 - Parte 2: Free! Eternal Summer, Ao Haru Ride, Love Stage!!, Shin Strange+, Shounen Hollywood, Sailor Moon Crystal, Bakumatsu Rock e DRAMAtical Murder.

"Impressões da temporada parte 2: bishounen, músculos e falta de senso de ridículo."

Impressões de Meio da Temporada de Verão/2014:
Parte 1Parte 2Parte 3

Olá a todos!~ 

Como postei aqui, segue nesse post a segunda parte do post de impressões de meio da temporada de animes de Verão/2014, focada em animes mais voltados pro 'público feminino', ou que são tidos como tal - em outras palavras, BL, shoujo e anime de bishounen em geral. Divisão feita por conveniência, meramente, já que não dá pra colocar 10 títulos em um post, e por motivos de marketing!! mercenária!! e tal. Espero que gostem!! ♡

Haverá ainda um outro post, ainda essa semana, para falar um pouco dos animes da temporada de Primavera que continuo acompanhando. Como nem todos esses me animaram o suficiente - pro bem ou pro mal - para querer escrever uma resenha mais completa sobre, mesmo estando atrasada, achei válido deixar os comentários; Mantendo a ordem de preferência, do que estou curtindo mais para os que estou curtindo menos, e o formato de sugestões, para quem quiser algo novo pra assistir. 



 
Free! Eternal Summer [MAL]
Episódios assistidos: 9/13

Ahh.. Free! Eternal Suffering. Summer. Eu já dei ragequit, já voltei, já broxei, já me empolguei de novo, e o círculo se repete eternamente, porque Free Eternal Suffering é isso. O apelido carinhoso já diz tudo: uma montanha russa de emoções, frustração sexual na forma de ships, e tudo que você podia esperar do melhor tipo de anime de bishounen com valores de produção excelentes.
Se você gosta de bishounen, provavelmente já está vendo Free!. Bem... E se não gosta? Como eu disse nesse post semanal, eu recomendaria a temporada passada do anime para qualquer pessoa, porque era simplesmente um "slice of life sobre natação" com uma visão até meio crítica de si, mas eu tenho sentimentos mistos com Eternal Summer. A primeira metade dessa segunda temporada pareceu quase que um grande filler, com um formato mais episódico, mais músculos e menos esporte, dando uma cara bem mais de "anime de bishounen, ponto" pra série. 
Agora, as coisas estão mudando - pra melhor. Tivemos desenvolvimento, especialmente no último episódio, e tivemos natação, conforme comentarei no próximo post semanal ou... quinzenal. Então, eu acho que o arco final dessa temporada pode ser ótimo, e redimir algumas "falhas" gerais. Não que eu as achasse realmente falhas - foi divertido. Talvez até demais. Anticlimático muitas vezes, esse foi o grande problema. Mas não foi ruim. Foi ótimo. Eu adoro Free!, e já estou sentindo saudades.
Então, eu recomendo Free! Eternal Summer pra quem viu a primeira temporada e quer uma continuação, obviamente! E pra quem gosta de bishounen, slash, comédia com slice-of-life e bishounen e slash, e/ou pra quem quer entender do que as mulheres gostam, fazer edits pro Tumblr, sei lá... vai saber.
Similares: Tsuritama, Uta no Prince-Sama, Ouran Host Club, aquele que vai sair na temporada que vem, provavelmente. (vulgo Orenchi no Furo Jijou) *
* Na verdade, a graça de Free! é não ter muitos similares - são poucos os animes de natação, e poucos os animes de bishounen bem-produzidos (vocês que preferem bishoujo: agradeçam sempre). então vamos citar aqui  também os animes de esporte de bishounen: Yowamushi Pedal, Ookiku Furikabutte, Haikyuu, Prince of Tennis, Kuroko no Basket...



Ao Haru Ride [MAL]
Episódios assistidos: 8/12

Diferentemente de... Muitos fas de shoujo, eu comecei a assistir Ao Haru Ride sem saber o que esperar. Sabia apenas que era um shoujo muito popular, o que pra mim não é nem bom sinal. Afinal, eu gosto de shoujo! Só não os ridiculamente clichês e sexistas.
O anime me ganhou rapidamente, porém. Ao Haru Ride tem se mantido facilmente no meu top 10 da temporada, talvez no top 5 com menos facilidade. Não tão perfeito quanto pareceu a primeira vista, e a progressão dos eventos por vezes é clichê - protagonista enrolada, a "simulação de abuso sexual", amigas que viram "love rivals", um pouco de pedofilia com professor, e todos aqueles clichês maravilhosos só-que-não do gênero, - mas, no geral, continua sendo adorável, e trazendo elementos realistas e facilmente identificáveis que não se encontra em toda série.
Recomendo certamente pra quem gosta de shoujo, ou romance em geral. Apesar desses contras, a produção é boa no geral; A série é, na maior parte do tempo, descontraída, e tem momentos bem sentimentais, mas não cai na dramatização excessiva. Além de tudo isso, é bem fofa. O que pra mim é um argumento que basta. (ノ◕ヮ◕)ノ*: ・゚✧
Similares: Suki-tte ii na yo., Kimi ni Todoke, Kareshi Kanojo no Jijyou, Isshuukan friends




Love Stage!! [MAL]
Episódios assistidos: 8/10

Love Stage, como eu já falei no post de Primeiras Impressões, é um título que eu estava tão ansiosa pra assistir por conta da autora e tal quanto estava temerosa por conferir o resultado... que me surpreendeu positivamente! Resumo da história pros que não conhecem: É um anime em que um idol popular (que é um legítimo idiota) se apaixona pela protagonista de WataMote, só que a Tomoko aqui é um homem.
A qualidade OK da animação do primeiro episódio se manteve - o que geralmente não acontece com séries com pouco investimento, sabemos, mas o estúdio tem dado duro. O ritmo da progressão dos eventos tem sido muito bom, seguindo fielmente o mangá, com alguns "fillers" divertidos. No fim das contas, Love Stage tem sido um ótimo anime dentro das suas potencialidades. Vale lembrar também que Love Stage é baseado em um yaoi, o que significa que em um ou outro episódio (2 dos 6 que saíram até agora, eu acho) tem uma ou outra cena com caras se pegando. Mas no geral é bem... tranquilo? Naquele "fala mas não faz" típico de séries de TV.
A comédia faz muitas referências a BL, mas os romances não são tão centrais quanto em um Sekaiichi Hatsukoi ou Junjou Romantica por exemplo - o foco é mesmo a comédia. Que pode ser boa ou ruim, dependendo do seu gosto, mas em geral também é bem levinha e envolve a família do protagonista. Eu não digo que não tenho nenhuma crítica a fazer quanto à história, porque apesar de ser em geral acima da média, penso que tentativa de estupro seja totalmente dispensável e sem graça em qualquer gênero de qualquer coisa. (A menos que, claro, seja entendido como uma violência e dramatizado adequadamente, e eu posso contar nos dedos de uma mão as vezes em que já vi isso acontecer em ficção.) Mas não, Love Stage também não é aquele anime em que o protagonista se apaixona por causa de tentativa de estupro, então é "perdoável". Estou dizendo isso tudo porque li muitos ativistas criticando Love Stage, que também me deixam com um gosto de "hipocrisia" na boca. Fora isso... é uma história bem bobinha, bem "comédia romântica", levinha e tal. Eu recomendo pra quem gosta de coisas... Coloridas, divertidas, simples, sobre idols e otakus e gays bidimensionais - e idols otakus gays bidimensionais, ou algo assim.
Similares: Princess Princess, Sekaiichi Hatsukoi, Gravitation, Kyou Kara Maoh.




Shin Strange+ [MAL]
Episódios assistidos: 7/12

Eu também já falei um pouco de Strange+ em posts passados, e sobre como o nome define a série. Não existe outra forma de definí-la. Repito: É uma gag series que aparentemente foi popular o bastante pra ter uma segunda temporada com muito mais conteúdo enfiado em 4 minutos de episódio, mas que antes disso não era popular o bastante pra ganhar um anime sequer em 10 anos de existência.
Tudo sobre Strange+ é estranho. Se você me perguntar, eu diria que é tipo uma versão de Panty & Stocking With Garterbelt ou de alguma outra gag series com conteúdo fetichista e referências aleatórias só que mais "silly"... e pra fujoshis. Não, Strange+ não é yaoi nem BL, mas dá pra sentir através das referências e piadas que a autora faz que ela tem uma apropriação do gênero, então talvez a série seja mais interessante pra quem também tem.
Fora isso, não tem muito conteúdo - até pelo formato de episódios de 4 minutos, não dá pra ter muito desenvolvimento. Eu recomendo a série pra quem gosta de coisas diferentes,
Similares: Sexy Commando Gaiden, Danshi Koukousei No Nichijou, Meganebu.




Shounen Hollywood [MAL]
Episódios assistidos: 8/13

Ah, Shounen Hollywood... Não é um querido da população em geral, mas não é que eu estou gostando desse anime? De fininho, ele foi me conquistando com seus episódios aparentemente sem rumo - é sobre um grupo de jovens que querem ser idols, mas eles não sabem exatamente o que um idol deve ser, nem o que terão que fazer para chegar lá; Eles não sabem sequer se vão chegar lá, assim como nós não sabemos onde o anime quer e vai chegar. Mas é muito feel good, como dá pra ver pela screenshot. Shounen Hollywood fala um pouco de amadurecimento, um pouco do universo do show biz, um pouco de... tudo do cotidiano - família, sonhos, crises. É um legítimo slice-of-life de idols, que não desenvolve nem um terço do potencial da sua premissa, e pode ser meio sonolento pra alguns, mas eu pessoalmente tenho achado adorável e heartwarming. O tipo de coisa que eu esperava ver no NoitaminA. Me ganhou na arte dos personagens, que lembra um tanto Samurai Flamenco, com todo o realismo que este deixou de ter em... algum momento. Realismo demais, até. Mas eu curto. Recomendo demais pra quem gosta desses slice-of-life que são mesmo apenas "um pedacinho de vida", sem muita dramatização ou crises existenciais profundas™; Pra quem tem interesse na indústria do entretenimento, e não dispensa bishounen sendo fofos (isso é basicamente um K-On! genderswapped, sério).
Similares: Sakamichi no Apollon, Kimi to Boku., Natsume Yuujinchou, Honey & Clover; E, de verdade, K-On!.




Sailor Moon Crystal [MAL]
Episódios assistidos: 4/26

Sailor Moon Crystal, vulgo "aquele remake de Sailor Moon que está deixando muito confuso quem chamava Sailor Moon Classic de 'SMC'". Eu acho que nunca vou me acostumar que isso é o novo SMC! Enfim, como só saíram 4 episódios, não posso tecer muitos comentários ainda, exceto pelos comentários já feitos extensivamente sobre a animação estar ruim - ela está ruim, e conseguem piorar a cada episódio. Quanto à história, ouvi dizer que está bem fiel à do mangá, que não li para comparar. Minha conclusão sobre Sailor Moon Crystal é que Sailor Moon continua sendo um bom anime, e talvez 26 episódios dê uma introdução à série mais adaptada à realidade atual do que 46, como no caso da série original. Mas... Verdade seja dita, não é uma produção à altura de "comemoração de 20 anos" de um verdadeiro clássico. Não supera o anime original em algumas coisas; A arte, pra começo de conversa, mas também a música e outras coisas. É um remake. É sim mais atual - Momoiro Clover Z e aquela arte extremamente colorida e com CGs, é sim tudo bem atual, não necessariamente melhor. Continuo, como muitos, tendo sentimentos mistos. Mas se você sempre teve curiosidade pra saber o que é Sailor Moon, está aí uma oportunidade!
Similares: Bem... Sailor Moon. E se for para citar mahou shoujo atuais feat. coloridos: Pretty Cure, Shugo Chara, Pretty Rhythm.




Bakumatsu Rock [MAL]
Episódios assistidos: 8/12

Bakumatsu Rock é sobre, advinhem, rock na era Bakumatsu. Que é uma era com os caras do shinsengumi, que talvez você conheça de séries como Gintama e Hakuouki. Então, esse anime é um universo paralelo onde caras do shinsengumi são idols. Eu disse e repito que Bakumatsu Rock é "UtaPri meets Hakuouki", e eu já vi "anime de bishounen de qualidade duvidosa" demais na minha vida pra ficar empolgada com essa ideia, mas se você conseguir superar isso... Bakumatsu Rock tem seus pontos fortes.
A arte é relativamente bonita; As músicas são divertidinhas, e nesse aspecto é bem o contrário de ShoHari - enquanto neste a música deixa a desejar, mas a história e é bem razoável... Bakumatsu Rock não tem medo de ser ridículo em cima de uma proposta já ridícula, usar e abusar de clichês, e em geral ser uma experiência ótima pra garotinhas de 12 anos. Mas olha, se você não for esperando algo incrível, eu posso garantir que o que o anime não tem em qualidade ele compensa com exposição de músculos de bishounen, atingindo níveis Free! de músculos pra Gou nenhuma botar defeito. Se você gosta muito de bishounen, é um ótimo anime. Ou de música japonese. Se não... pode passar, eu acho...
Similares: Uta no Prince-sama, Hakuouki, Shounen Hollywood.





DRAMAtical Murder [MAL]
Episódios assistidos: 7/12

Como eu já disse no post inicial sobre DMMd, não, eu não joguei o jogo, e acho que entrei nessa mais pra criticar do que qualquer coisa. "Pra criticar", digo, porque eu gostei do anime de Togainu no Chi e tenho esse recalque eterno com o tanto de hate que esse anime recebe dos fãs do jogo. Já ouvi que DMMd é melhor porque, mesmo o anime sendo tecnicamente pior - sério, quando os animadores pedem desculpa pela qualidade da animação é porque a produção vai muito mal, mas quando tem um tumblr então... - e tendo ainda menos yaoi, "pelo menos a história se sustenta". Sei lá, sei lá. O assunto aqui não é Togainu no Chi, então voltemos pra DMMd.
DMMd, repito, não me surpreende. A história, digo. Tudo me dá um feeling de dejavu. Onde eu já vi esse setting urbano, essas gangue-- ah, Togainu no Chi. A diferença, essencialmente, é que DMMd tem essa coisa de "mundo virtual" e "olha como somos modernos" num nível que remete a 2000's Digimon. Eu não entendo o que está acontecendo no anime. Aparentemente, eles misturaram rotas - e ficou confuso. Eu gosto do Koujaku, que aparentemente é odiado pelo fandom, mas tá aí: adoro o Koujaku. De resto, eu acho que não gosto de nada. Exceto da animação ruim, que é hilária.
Similares: Togainu no Chi (é melhor), Digimon (argumentaria que também é melhor), Switch (o OVA baseado no mangá, que não é BL mas ainda tem mais BL que DMMd), Bus Train.



Por hoje, é isso. Espero que tenham gostado! Mais uma vez, obrigada pela visita/leitura, e deixem aí seus comentários~

E até o próximo post! (ノ◕ヮ◕)ノ*: ・゚✧

4 comentários:

  1. Yoooo beleza!?
    Nossa quando eu vi sobre Love Stage logo pensei: ''Nossa que protagonista fofa, esse cabelo loiro caiu muito bem nela, será um ótimo shoujo'' e logo em seguida descubro que ''ela'' era na verdade ELE! Eu absolutamente não admito que aquilo seja um homem, ele é mais bonito do que muita protagonista de shoujo! Fiquei em choque quando descobri que era um yaoi/BL (até agora não sei a classificação dele -_-'' ).
    Pois é, vou assistir esse remake de Sailor Moon porque não faço a menor ideia de como seja a história (eu não sei nem a sinopse! ), e bem eu também curti muito a abertura (considero um grande critério as OP/ED).
    Enfim, eu iria assistir Togainu no Chi esse fim de semana, mas resolvi por dar continuidade no anime Junjou Romantica (acho que parei no ep 4, depois abandonei e agora to voltando).
    Ah mas sobre Togainu no Chi é um anime que realmente vale a pena assistir!?
    Adorei o post >/////<
    Kiss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Hinata-chan!! (◠‿◠✿) E aí, como vai?~ (Desculpa pela demora em responder... Eu enviei a resposta mais cedo, mas pelo jeito ele não foi. orz)
      HAHAH verdade, verdade! O Izumi tem essa coisa de ser todo pequeno e bonitinho, que nem vários protagonistas "uke" de BL/yaoi, aliás. E a personalidade dele também é toda fofa! Quanto à classificação, o mangá de Love Stage é yaoi, mas o anime não tem nada demais... Ou quase nada...
      Hmm, se está pensando nisso, assista sim! Sailor Moon é um clássico e uma referência pra muitos animes e mangás. A história é mahou shoujo típico: garota ganha poderes mágicos e precisa salvar... coisas. E aí vamos com ela descobrir não só o que são essas coisas, mas também quem é ela. Tem umas reviravoltas interessantes, eu pessoalmente acho a história muito boa, mas o anime se destacou na sua época nem tanto pela história, mas sim pelas personagens relativamente realistas, que passavam por conflitos de garotas comuns. Enfim, eu recomendo que veja! É um episódio a cada 2 semanas, então é fácil de acompanhar... Vai que você curte, né? ^^;
      Ah! Eu assisti um pouco de Junjou Romantica, mas não curti muito. Já Togainu no Chi é totalmente diferente. É uma história sobre gangues, uma ambientação urbana meio mamãe-quero-ser-dark? (pense em algo como Vampire Knight, ou até Uragiri wa Boku no Namae etc (ΘεΘ;) ) A história se desenvolve de uma forma um pouco confusa até, fica mais na poesia e nas metáforas mesmo. A produção é decente - tem bons character designs e músicas memoráveis, apesar dos problemas na animação. Eu até curti bastante, então recomendaria, mas vai muito de gosto. Talvez seja meio pesado em algumas partes - não tem pegação, mas tem umas coisas meio macabras haha. Mas é uma experiência interessante. :)
      Bem, fico muito feliz que tenha gostado do post!! Espero ter ajudado de alguma forma!~
      Mais uma vez, muito obrigada pela visita e pelo comentário! Até mais!~ ( ´ ▽ ` )ノ

      Excluir
  2. T^T Eu to doido para esses animes serem finalizados, porque eu não aguento acompanhar animes tão curtos, com 1 ep por semana kkkk, de toda a temporada eu só estou acompanhando Love Stage e tokyo ghoul, eu estava bem curioso sobre esses dois animes kkk.
    Love stage ficou muito bom, ao contrario do que muita gente fala a censura não atrapalhou o anime, ficou ate legal. a censura em tokyo ghoul também não ficou tão ruim, deu para assistir de boa.
    Todo o resto dos animes dessa temporada eu vou esperar finalizar, para assistir de uma vez só, em 1 dia eu assisto 2 kkkkkkkkkkkkkk.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Diego! o/

      Hahah entendo como é! Muita gente prefere fazer isso. Eu gosto de acompanhar semanalmente, mas eu confesso que tem sido muito pra mim. (╯°□°)╯ Realmente, esses dois animes da temporada são os que mais vi as pessoas reclamando da censura, que coincidência! Pra mim, também achei que não afetou muito a experiência - talvez mais em Tokyo Ghoul, que atrapalha a compreensão em algumas cenas mesmo, do que em Love Stage. Mas são duas séries que eu também estou curtindo, apesar de alguns outros defeitos.

      Faça isso! Já deixei aqui minhas recomendações do que vale a pena assistir. ;) Já tem planos? Simpatizou com algum?

      Muito obrigada pela visita e pelo comentário!! Abraços e até mais! (▰˘◡˘▰)

      Excluir