quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Free! Eternal Summer 7 e 8 - Perdendo a sanidade com sentimentos por Nadadores Gays Bidimensionais™.


Porque às vezes se ganha, e às vezes se perde, e eu sinto que meu ship perdeu. ;_; (Alternativamente, porque a camiseta do Goro nessa screen é ótima.)

Olá! Como vão? Eu sei, eu sei, demorei eras para postar novamente. Dessa vez eu tive uma causa legítima, que foi uma série de doenças violenta, seguida por uma breve crise de ragequit depois do episódio 7. Que não importa. Quem sabe até o fim da temporada não temos um post sobre um único episódio, huh...?

Esse post é pra falar dos episódios 7 e 8 de Free! Eternal Summer - o 7, que foi a coisa mais frustrante pra mim por motivos, e o 8, que foi meio que a redenção de toda a fúria que eu senti, e foi só por isso que eu continuei assistindo. Sim, eu pensei seriamente em dropar Free! Eternal Summer. Que loucura, certo? O que aconteceu nesse episódio? Agressão contra animais e criancinhas? O que podia ser tão grave?

Agressão a Makoto. Makoto é meu bebê. Não façam isso.
*caham* Mas fingindo que esse é um blog imparcial e ético!, vamos falar sobre os episódios... certo? Episódios... yeah...

O episódio 7 foi aquele do tão aguardado relay com a participação dos clubes dos colégios Iwatobi e Samezuka, que obviamente teve uma dose generosa de Rin/Haru pros fãs, e pra frustração dos fãs de MakoHaru. (Tentem advinhar qual deles eu sou.) A gente já tinha visto isso no último preview, e o meu chute de que teria desenvolvimento no relacionamento odioso entre o Sousuke e o Haruka não rolou - na verdade, a história de cada um está se desenvolvendo separadamente. Mas vamos ver se isso muda semana que vem.

Pois depois de toda a dieta que rolou no episódio 4, o episódio 7 começa com... a Gou decidindo zoar com o barraco e fazendo uma refeição cheia de carboidratos e com muito suplemento vitamínico com sabores artificiais bizarros, para horror de quem tem que comer com o Nagisa. A discussão durante a refeição foi sobre os resultados na primeira parte da competição - do Haruka, em especial, que se saiu muito bem.
Rei demonstra ansiedade, mas Haruka é quem motiva a equipe, nessa incrível e natural demonstração de character development. (please, ironia.) Ficamos sabendo que é possível que nem Nitori, nem Mikoshiba participem do relay, subvertendo expectativas iniciais; Era possível, a princípio, que tivéssemos o tal do Uozumi no nado de costas, e um outro tal de Toru Iwashimizu no nado de peito. No nado borboleta, Sousuke, e no nado freestyle, aquele stalker do Haruka, Rin.


Enquanto isso é discutido no clube do colégio Iwatobi, Rin está pensando em quem vai colocar no relay para o nado de peito. Sousuke está a favor de Mikoshiba, e Rin faz essa escolha com alguma dificuldade. Se para Mikoshiba as coisas vão bem, então, Nitori continua chateado por não poder participar, e Sousuke acaba presenciando mais uma vez a crise dele por estar no lugar errado, na hora errada. Nitori acaba explicando pra Sousuke o quanto ele gosta do Rin e coisa e tal - ah vá - e como, já que o relay é tão importante para ele, e essa é teoricamente sua última oportunidade de participar num relay com Rin, uma vez que ele está no terceiro ano, ele gostaria muito de ter tido a oportunidade de participar.

Quando você pára pra pensar sobre isso, e sobre como esse deve ter sido o momento para ele ter treinado tanto nos últimos episódios, esse é um legítimo momento de partir o coração. É aí que o Sousuke o encoraja a também levar a natação a sério, para ter uma chance de nadar com Rin como profissional, pra alegria dos fãs SouNito...?. No quarto, Mikoshiba está deitado sem conseguir dormir, e Nitori faz preces pra ele; Fica claro que todos estão empolgados demais.

Na mesma noite, na  colina, Makoto tenta conversar com Haruka sobre a possibilidade de ele ser recrutado por uma universidade. Haruka, como sempre, dá a resposta de que "só nada porque quer", e desconversa, e cada um vai para a sua casa nesse clima meio... chato.

Enfim, chega o dia do aguardado relay. Rin promete vencer; Os garotos do Samezuka estão claramente empolgados, e os garotos do Iwatobi se mostram excepcionalmente concentrados. Ainda assim, na largada, Makoto erra e larga atrás. Quase alcança Mikoshiba no final, mas fica para Nagisa a tarefa de alcançar Toru, ainda sem sucesso. Na vez de Rei, é clara a liderança de Sousuke, apesar do seu nado aparentemente alterado - por motivos que a essa altura ainda desconhecemos. Resta, então, a disputa entre Rin e Haruka... pra variar...

E ainda assim, no resultado final, o colégio Samezuka ganha do Iwatobi. Vide caras de cu pós-derrota. Enquanto isso, é ritmo de festa para o Samezuka!!... Exceto para o Sousuke, que permanece excepcional e estranhamente quieto. Suspeito garoto misterioso.

Nem a qualificação para o torneio regional, graças ao segundo lugar no relay, é o suficiente para animar os garotos do clube de natação do Iwatobi depois de perderem para o Samezuka. A Gou ainda ajuda com aquele apoio moral *cof*, lembrando que os tempos do Iwatobi ainda estão bem atrás dos seus rivais, à exceção dos tempos Haruka, e assim, propõe que todos treinem mais. Essa tentativa de discurso motivador foi interrompida por uma notícia da Amamiya-sensei, de que o Haruka teria, finalmente, sido recrutado! Uhu! E é Haruka quem interrompe a notícia emocionante, por outro lado, pra se jogar na piscina. Porque Haruka é Haruka, e ele só quer "nadar free", é claro. Na ida pra casa, aliás, Nagisa e Rei tem uma conversa engraçada sobre o "Free!" que Haruka escreveu na folha de intenções para o futuro, e "qual é o significado do Free afinal". (Rei acha que é ser freelancer. Ou freeloader. Stay classy, Rei.)

De volta ao Samezuka, ficamos sabendo que Rin também foi recrutado, inclusive pela mesma universidade que entrou em contato com Sousuke - que, ao invés de ficar feliz, pareceu ficar ainda mais irritado com a notícia. Como ele continua quieto e estranho, Rin vai arranjar briga com ele para saber o que há de errado afinal, e é quando eles tem um heart-to-heart à noite.


Lembra aquele papo todo de "mostrar uma coisa que você nunca viu antes"? Que o Haruka prometia para o Rin, e o Rin pro Haruka, e toda aquela UST, e o Rin enfim prometeu pro Sousuke? Então. Nessa hora, Sousuke confessa que não sentiu nada com o relay que Rin tanto falava, o que faz Rin ficar ofendido a princípio, achando que ele está zoando dele ou algo do tipo. Mas Sousuke explica que é exatamente porque nadar com o Rin é importante pra ele que ele precisa ser franco sobre não ter sacado a magia do relay, em um momento aparente de "Não Leve A Mal, Só Não Temos Química", cujos motivos reais só vamos saber no fim do episódio seguinte. Fica o mistério!~

Aliás, durante o treino do dia seguinte, enquanto Rin e Haru recebem ainda mais propostas, Gou acaba perguntando para Makoto quais são os planos dele para o futuro - e Makoto responde que pretende ir para a universidade local, partindo corações de fangirls do mundo todo. Na saída do treino, os garotos vão ao templo tirar suas sortes - e vale dizer que tanto Makoto quanto Haruka pegaram a sorte "ótima", mas em direções opostas, pra dar aquele tapa legal na cara das shippers. A propósito, Gou também tirou sorte ótima, e Rei tirou "meia sorte". O que não importa, porque a essa altura meus sentimentos já estavam doídos. ;_; Além disso, Rei faz basicamente uma declaração sobre como ele adora o nado do Haruka, quer dizer, onde eu já ouvi isso antes?, e é assim, olhando o sol se pôr no horizonte e com Rei falando que respeita a decisão de Haruka (tradução: quer pegar) que mais um dia termina.

Enquanto isso, no Samezuka... Gou passou lá um dia, e encontrou um Sousuke que se retirara do treino com uma cara péssima, por sinal, por motivos que ainda não sabemos nesse episódio... Claro que, a essa altura, todo tipo de especulação já tinha surgido na Internet, mas a resposta só veio no episódio seguinte.

Que, por sinal, também foi o tão-esperado-pelas-fangirls-como-eu episódio centrado no Makoto. Como tivemos o episódio 3 centrado no Rei, e o [episódio 4] centrado no Nagisa, pra quem ficou se perguntando... sim, teríamos um centrado no Makoto também. O episódio 8 foi sobre como Makoto é a rainha dos baixinhos do Iwatobi, e também sobre o Kisumi, que é um personagem que já existia em High☆Speed!. Ele é um amigo de infância de vários dos garotos dos clubes de natação do Iwatobi e do Samezuka - por um acaso da vida, já que ele é do clube de basquete. Bishounen tem esse círculo de contatos extenso. Vai entender.

O episódio começa com, curiosamente, Makoto se apresentando para um grupo de criancinhas como professor delas, e logo temos a explicação do que aconteceu: Em um dia de treino do clube do Iwatobi, Makoto se oferece para entregar os tempos dos garotos do clube de natação no torneio para o treinador deles, Goro. É aí que ele encontra Goro extremamente atribulado com suas aulas para as crianças, e ele, sendo Makoto, se oferece para ajudá-lo dando aulas.
Ele só conta a notícia para os colegas de clube no dia seguinte, e Rei e Nagisa chegam a se oferecer para ajudá-lo, mas Haruka diz que é melhor cada um se esforçar naquilo que precisa - no caso de Rei e Nagisa, nos estudos, e ele, bem, ele nada free e coisa e tal. "Ai ai, esses dois", eu suspiro e perdôo as decepções do episódio 7.

Já a noite, no colégio Samezuka, Nitori continua treinando por motivos de: Rin. Sousuke percebe e, mais ainda depois de toda a conversa que tiveram no episódio anterior, se oferece para ajudá-lo, o que leva Rin a sorrir quando vai até a piscina num determinado momento da noite e encontra Sousuke ajudando Nitori. Esse momento é adorável, porque sabemos o quanto o Sousuke tinha antipatia pelo Nitori, e sabemos o quanto ele passou a respeitá-lo por conta do seu esforço sério. ♡ Se me permitem dizer: Adoro esses dois sendo amiguinhos. Pronto, falei.

No dia seguinte, vemos Makoto dando aulas novamente para as crianças. E no meio das crianças, há uma particularmente triste e amedrontada. Seu nome é Hayato, e quando Makoto pergunta para ele depois da aula, ele diz que odeia nadar. Coincidentemente, quem chega para buscar Hayato é um rapaz que não conhecemos, mas que Makoto prontamente reconhece como "Kisumi", um amigo de infância.

Quando Makoto conta para Haruka que "você não acredita quem apareceu na aula", "seu colega de classe Kisumi", temos uns flashbacks do Haruka que mostram que apesar de os três parecerem ter sido bem próximos, talvez ele não gostasse tanto assim de Kisumi, com lembranças do rapaz sendo uma pessoa meio vergonhosa e roubando o amigo dele... Mesmo assim, no dia seguinte, Haruka aparece na aula com um almoço. Nesse dia, Haruka fica sabendo da história de Hayato, o irmão mais novo de Kisumi que tem medo de nadar sem a prancha, e quando Makoto pede uma sugestão do que fazer para Haruka, ele diz para Hayato não resistir a água (e todo aquele discurso memetizado de Coisas Que Estão Vivas que já vimos umas dez vezes). Deixando uma risada pra isso, Makoto volta à aula.


Quando Kisumi vai buscar o irmão neste dia, Makoto pergunta para ele se Hayato odeia nadar por algum motivo em particular, e Kisumi conta um episódio pelo qual passaram - um dia, quando a família estava andando de barco, ele caiu e se afogou um pouco, e acabou ficando traumatizado. Como Kisumi não estava tomando conta do irmão direito, isso aconteceu, e ele se culpa por isso; Ele cogita, então, tirá-lo da natação por ser muito sofrido para ele, mas Makoto diz que não desistirá de ensinar Hayato a gostar de nadar porque, afinal, ele se identificou com o garoto e seu medo de água.

Nesse momento, Haruka aparece, e Kisumi corre em sua direção ao vê-lo na maior vibe "saudades", enquanto Haruka só dá uns tapas de "sai pra lá" na mão dele. Ficamos sabendo que Kisumi estudou também com Rin e Sousuke, e etc; E Haruka basicamente manda um "sai pra lá" pra tudo que Kisumi fala, mostrando que ele consegue ser mais frio do que ele já é diariamente com os garotos do Iwatobi. Incrível.

Enfim, já no outro dia, Makoto pergunta para o pessoal do clube de natação como fazer uma criança que não gosta de água gostar da água. Cada um dá uma resposta bem característica - leia-se: idiota - e no fim das contas, é Haruka quem ajuda Makoto a pensar em uma tática baseado na sua própria experiência com o nado de costas - afinal, por que não ensinar o nado de costas? É isso que Makoto faz na aula seguinte: Ele propõe um relay que é a coisa mais fofa!, e, vendo que Hayato continua com medo, ele sugere que tentem algo diferente: que ele tente o nado de costas, enquanto Makoto o segura, para ter a experiência de nadar olhando para o céu.

É assim que Hayato vive a experiência de Makoto, graças à sua ajuda, pra orgulho do irmão babão Kisumi, que só observava. No fim, Hayato segura a mão de Makoto e diz que não tem mais medo, num momento fofo demais pra não dar diabetes, e o chama de "treinador Tachibana" (Tachibana coach, literalmente, ou sei lá, "tio Makoto" em tradução livríssima). Esse momento é duplamente feliz e fofo: Por um lado, porque Hayato finalmente aprendeu a nadar, e por outro, porque Makoto conseguiu o que queria; Mas, mais ainda por outro, porque todos nós que ficamos apreensivos com a declaração do Makoto de suas intenções para o futuro, no final do episódio 7, agora podemos vislumbrar um Makoto continuando na natação de alguma forma como professor. ♡ E isso, senhores, foi a coisa mais feliz desse episódio.

Mas não só de coisas felizes se faz um episódio de Free! Eternal Suffering! Então, para concluir: Depois de toda essa experiência, Sasabe anuncia para Makoto que ele já conseguiu uma outra pessoa para ajudá-lo, e diz que ele está dispensado. No dia seguinte, Makoto dá a notícia pras crianças, que ficam tristes (;_; ♡), mas ele promete que voltará para brincar com elas.

Nesse dia, Kisumi vai buscar o Hayato,  e acaba encontrando Makoto e Haruka - que fora vê-lo com seus irmãozinhos. Ele começa a falar de como ambos não mudaram, dos outros colegas da natação, e acaba deixando escapar um comentário de algo que ninguém estava ciente: Que vira Sousuke no hospital, por conta de um problema no ombro. Ele joga essa bomba, vai embora feliz, e deixa Makoto e Haruka olhando um para o outro, ambos muito confusos.

É nessa nota triste que o episódio 8 se encerra.

Preview do episódio 9:







O preview do episódio 9 (leia-se, o episódio que vai sair hoje) mostra que esse vai ser, finalmente, um episódio mais centrado no Haruka, com todo um drama do "pelo que eu nado?" - que eu já declarei assumidamente que espero que tome o rumo do High Speed, onde basicamente foi declarado que Haruka nada por... caham... meu ship... meu shiiiip!!
Fora isso, na boa, esse preview Evangeliou. Que é como eu chamo quando algo felizinho do nada ganha ares de crise existencial profunda. O que significa que eu estou ansiosíssima! E chateada por não poder assistir ao vivo o episódio. Ok. Acontece. Ossos do ofício.

No fim das contas, esses dois episódios foram... bons. Como todos os outros. Teve algum que não foi bom? Poucos. Vocês devem saber que eu tenho um bias ferrado com os garotos do clube do Iwatobi, então todo episódio em que eles aparecem bastante é um episódio bom no meu conceito.

Também é claro que o episódio 7 destruiu meu coração de várias formas - a ponto de eu ter pensado seriamente em deixar de assistir Free!, porque ninguém merece sofrer por causa de ship. Mas, quase que pra se redimir com os fãs de MakoHaru, que obviamente estavam muito chateados com o rumo da prosa, o episódio 8 foi centrado no Makoto, então ficou tudo bem. Frustração lidada. Episódios interessantes. E uma bomba jogada de maneira hilariantemente casual. Confesso que permaneço empolgada.

Na verdade, essa semana de "ragequit de Free!" me ensinou umas coisas: Free! é idiota. É singelo, nada incrível, nada muito inesperado, muitos clichês. Mas, que droga, é muito fofo. Eu descobri que não sei mais viver sem essa dose de fofura semanal, e não sei como vou fazer quando esse anime acabar. ;_; Tudo bem, eternal suffering, eu perdôo essa parte. A gente sofre mas a gente ama. Nossa, ser fangirl é tão difícil. Credo. Não entrem nessa vida!!

Então, see you next water time, nadadores! (Quem disse que eu resisto a esse final clichê?) (☆>◡◕)b

Nenhum comentário:

Postar um comentário