sábado, 12 de julho de 2014

Primeiras Impressões: Temporada de Verão/2014 - Parte 2: Ao Haru Ride, Psycho-Pass Extended, Shin Strange+, Love Stage!!, Persona 4 The Golden Animation, Sailor Moon Crystal, Gekkan Shoujo Nozaki-kun, Hanayamata e Akame ga Kill!.


Olá, pessoal!~ Como eu disse nesse post aqui, acabei tendo que fazer mais um post para dar conta de todas as "primeiras impressões" dos episódios de anime que eu assisti dessa nova temporada. (Sinto muito!! (・◇・))
Eu prometi pra mim mesma que, por mais que essa temporada tenha me interessado, eu não ia ver muitas coisas porque eu não ia ter tempo pra acompanhar mas... não deu. E já disse no outro post: Com tanto título que eu estou adorando, se eu eventualmente disser que meu favorito da temporada é SAO, é porque eu surtei com o estresse e vocês já podem me internar.

Nesse post, eu deixo minhas impressões de Ao Haru RidePsycho-Pass ExtendedShin Strange+Love Stage!!Persona 4 The Golden AnimationSailor Moon CrystalGekkan Shoujo Nozaki-kun, Hanayamata e Akame ga Kill!, novamente mais ou menos em ordem de preferência. Ah, vale lembrar que minhas impressões não passam de minhas impressões, obviamente com base em dados técnicos e experiências prévias com séries e tal, mas refletem também um gosto pessoal e portanto não tem a pretensão de serem universais. No máximo, no máximo, servem pra dar uma iluminada nas expectativas da galera. (E com isso eu quero dizer: "não me linchem por não hypar Akame ga Kill".)

Vou continuar assistindo:


Ao Haru Ride   [MAL]
Número de episódios: 12
Gêneros: Comédia, Drama, Romance, Escolar, Shoujo, Slice of Life

Pra quem não sabe do que se trata Ao Haru Ride, ou Aoharaido, como também é chamado: É uma adaptação em anime do segundo mangá shoujo mais vendido atualmente, atrás apenas de Kimi ni Todoke. Por aí, dá pra imaginar que teve muito hype antes da estreia do anime, da parte dos fãs do mangá. Eu já tinha ouvido falar do mangá, mas nunca li, então aproveitei essa oportunidade pra assistir, sem grandes expectativas - afinal, faz um tempo que não curto tanto "shoujo escolar", e Kimi ni Todoke não é exatamente minha referência de bom shoujo, então não confio nas vendas... - mas confesso que me surpreendi positivamente.
Ao Haru Ride traz desde o começo uma arte levinha, bem fofa - que dizem que imita o colorido do mangá - e um nível de produção acima da média que logo me ganhou. A personagem principal é uma "tomboy", que age dessa forma para afastar os garotos e que aparentemente tem alguns problemas pra lidar com eles, e o garoto que ela gosta se mostra um belo de um tsundere, apesar de ter ouvido dizer que ele tem um "passado trágico" que justifica isso. Só o primeiro episódio já me deu vontade de chorar algumas vezes, porque essa premissa de "pessoas apaixonadas que se separam e depois se reencontram e estão mudadas" (Chihayafuru, Chihayafuru!!) parte meu coração, e ao menos até agora ambos os protagonistas são uns fofos (que, pelo jeito, fingem ser durões pra não evidenciarem a fofura que são) ♡
Eu gostei bastante do primeiro episódio, apesar de ter achado o final um pouco forçado no drama. Mas estou com vontade de assistir mais, de qualquer forma; Acredito que vá ser um bom shoujo, à la Sukitte ii na yo., e estou pronta pra ter meu coração partido! (/□\*)・゜



Psycho-Pass Extended
Número de episódios: 11
Gêneros: Ação, Sci-Fi, Policial, Repeteco

Pra quem não sabe, eu gosto de Psycho-Pass! Até fiz uma resenha aqui. E como foi anunciado alguns meses atrás, o NoitaminA começou essa semana a reexibir a primeira temporada do anime em uma versão com 11 episódios de 46 minutos (ou seja, ocupando seus dois timeslots) com algumas cenas extras, antes de exibir a temporada nova em Outubro.
Ok, eu preciso falar uma coisa agora: As alterações são poucas - coisas como a música e a iluminação - mas eu achei desnecessárias e, pra falar a verdade, negativas. Não sei se é porque eu ainda tenho a memória do anime mais ou menos fresca na minha cabeça, mas achei que as músicas funcionavam melhor na versão original. Não que esteja ruim, e é legal que mudem algumas coisas e tal, mas... Pra quem for assistir agora, talvez seja melhor assistir a versão original, mesmo.
Por isso, e porque incluíram uns monólogos que não fazem muito sentido pra quem não sabe o final. Maravilhoso, eu diria, mas digno de nota pra quem está pensando em ver pela primeira vez agora.
Contém spoilers!:
Alguém aí entendeu o propósito do monólogo do Kougami no meio do episódio? Quando ele fala "aquele caso", ele se refere ao Makishima ou ao primeiro caso que a Akane pegou? E a crítica dele é no sentido de procurar descobrir quem dentro do Sibyl System foi responsável por essa falha de julgamento moral? Eu fiquei genuinamente confusa.
Enfim, por enquanto, as coisas novas ainda não estão muito claras. Mas ei, é mais Psycho-Pass. É sempre bem-vindo. ♡



Shin Strange+   [MAL]
Número de episódios: ?
Gêneros: Comédia, Shoujo*, Slice of Life.
*Pelo que eu me lembre, o mangá é categorizado como josei, mas realmente, não faz diferença; É um gag manga, simplesmente.

Ahh, Strange+ está de volta!! Eu já comentei um pouco aqui sobre essa série, que eu descrevi à época como "fujoshibait nível 'o mais bizarro possível'". Sim, sem dúvida o nome do anime é adequado: É um anime muito estranho, com um elenco de personagens pouco usuais encenando piadas curtinhas nos 4 minutos de episódio, mas apesar disso, eu achei divertido. Tem um caráter meio underground, mas pelo jeito a aceitação foi boa, já que voltou com uma animação melhorada - um investimento maior, portanto - e mais conteúdo comprimido em 4 minutos. Pessoalmente, por esse primeiro episódio, eu achei o humor um pouco diferente - menos escrachado, mais comportado, e talvez com um peso cultural maior porque senti que algumas coisas se perderam na tradução - mas ainda assim achei muito divertido. O melhor anime de 4 minutos que vocês não estão assistindo. Fica a recomendação!



Love Stage!!   [MAL]
Número de episódios: 10
Gêneros: Shounen Ai

Eu fiquei super empolgada com o anúncio desse anime, há uns meses (talvez um ano?...) atrás. Não simplesmente porque é um shounen ai e mais shounen ai pra contrabalancear o tanto de harém porcaria é sempre bom, mas também - ou principalmente porque - é baseado num mangá da Taishi Zaou (ou Mikiyo Tsuda, que é seu nome real): A autora culpada por eu assistir shounen ai até hoje por causa do seu Princess Princess. (ノಠ益ಠ)ノ彡┻━┻
Princess Princess foi o primeiro shounen ai que eu gostei, e o que eu mais fui viciada (e um dos poucos que tenho os mangás até hoje, que foram publicados aqui pela Panini por um milagre dos céus!) e me levou a ler outros mangás dela. Ela tem uma produção grande (inclusive de doujinshi de séries legais!!), o traço dela é consistentemente bom, e dentre as autoras populares do gênero, ainda é a que produz enredos menos heteronormativos e estereotipados (não vou dizer que são lindos, justos e inovadores, porque não são, mas eu ainda prefiro do que uma Shungiku Nakamura da vida). Então, fiquei super feliz de saber que mais um mangá dela iria ganhar um anime!
Fui ler alguns volumes desse mangá e achei fofo, apesar de realmente não gostar do casal principal tanto quanto do secundário. ♡  Fiquei preocupada com o anime porque a animação, feita pelo J.C. Staff (Honey & Clover, Kimi to Boku., Golden Time), parecia bem pobre pelo PV. Felizmente, pelo episódio deu pra ver que, apesar de não ter uma animação rica, está visualmente bonito. E é uma série de shounen ai com 10 episódios, então não dá pra reclamar.
A história em si? É sobre um otaku no show business. Ah, sim, a família dele é de astros super famosos, mas ele não quer nada com isso, apesar de ser bonitinho (leia-se: trap em potencial). Ele é um aspirante a mangaka que não sabe desenhar e se vende pro show business pela sua waifu. É tão engraçado quanto soa, e tem alguns momentos mais dramáticos também. Em geral, eu achei o mangá bem legal, tendo lido os 3 volumes traduzidos (link - em inglês) numa sentada só. Mas não esperem obra de arte aqui; É bem bobinho, simplista, uma comédia meio Sekaiichi Hatsukoi SÓ QUE COM QUALIDADe parei (◡‿◡✿) O anime foi fiel até agora, e espero que se mantenha assim na medida do possível.


Provavelmente vou continuar assistindo:


Persona 4 The Golden Animation   [MAL]
Número de episódios: 12
Gêneros: Aventura, Mistério, Escola, Sci-Fi, Super Power, Supernatural, Repeteco

E por falar em estar de volta, Persona 4 The Animation também está de volta! Eu disse e repito: Se vocês achavam que Endless Eight já tinha sido ruim o bastante, experimentem um Endless Eight com uma temporada inteira de duração - é mais ou menos assim que eu estou me sentindo com P4GA (inclusive a parte que na realidade eu até gostei do Endless Eight, e até quero acompanhar P4GA, então tudo OK).
O primeiro episódio deu a entender que a proposta é "vamos corrigir o que não agradou muito no anime passado",  o que é justo, mas ainda me parece um gasto de dinheiro absurdo quando eles poderiam certamente estar fazendo anime de jogos melhores (Persona 2, lindo: tô falando de você!)
Obviamente, aconteceram basicamente as mesmas coisas que no anime anterior, porque o mesmo vale pro jogo, apesar de estar um pouco comprimido - uma vez que esse anime só durará três meses, enquanto o outro durou seis. Teve uma animação vagamente melhor, um personagem a mais que mal apareceu nesse episódio, e um protagonista - de mesmo nome, Yu Narukami - com um estilo de personalidade diferente que, pra ser sincera, não me agradou tanto quanto o anterior.
Em suma, por esse episódio, deu pra sentir que P4GA deve ser... bem OK. Quer dizer, se a gente esquecer que é praticamente um remake de uma série mediana de 2012 é bem OK.



Sailor Moon Crystal   [MAL]
Número de episódios: 26
Gêneros: Demônios (que merda de gênero é esse, MAL??), Romance, Mahou Shoujo, Repeteco, Nostalgia

Ahh... Esse episódio já foi tão comentado, desde antes mesmo de sair, que nem tem mais graça, mas eu preciso deixar minhas opiniões aqui mesmo assim. Eu já falei um pouco nesse post sobre como eu adorava Sailor Moon na infância, e o quanto queria que esse anime estreasse ao mesmo tempo em que não queria, porque estava 100% preparada pra uma decepção. Afinal, eu gostava realmente de Sailor Moon ou gostava apenas do anime antigo? Com todas aquelas expressões faciais e músicas engraçadasgente competente na produção *caham*, com Seiya/Usagi, com um monte de fillers divertidos e todas as coisas, bem, todas ridículas, mas divertidas?... Se me perguntarem hoje, eu não sei dizer. Eu gostava demais da franquia inteira, a bem da verdade,  provavelmente gostaria também do mangá se tivesse tido a oportunidade de ler na época, mas acho que não teria tido a mesma graça se o anime fosse como o mangá (afinal, era exatamente o lado ridículo que fazia Sailor Moon ganhar no meu conceito na eterna guerra Sakura ou Sailor Moon?).
Enfim, sobre Sailor Moon Crystal: Achei lindo, apesar de uma ou outra cena mal falada, né mas um pouco sem graça. Continuarei acompanhando com certeza, até porque só vamos ter um episódio a cada 2 semanas e eu ainda tenho um carinho especial por Sailor Moon por causa do anime original, mas eu acho que não recomendaria assim de cara pra quem não conhece a franquia. E talvez meu "mahou shoujo" preferido da temporada ainda seja PriPara... talvez... quem sabe.



Gekkan Shoujo Nozaki-kun   [MAL]
Número de episódios: 12
Gêneros: Comédia, Romance, Escolar, Shounen

Esse anime é extremamente bobinho, mas engraçado. A premissa é a seguinte: Garota digna de ser uma heroína de mangá shoujo (apesar de na verdade ser uma das protagonistas de um mangá shounen) vai se declarar para um garoto da sua escola que é... autor de mangá shoujo. Detalhe: Ele escreve mangás super sensíveis mesmo sendo frio como uma pedra de gelo, não atua nada dos mangás na vida real, e tem uma visão totalmente técnica das coisas.
É um pouco satírico, um tanto engraçado, apesar dos visuais serem bem "meh" e algumas piadas e cenas se repetirem por tempo demais... Na verdade, acho que 50% do episódio foi sobre a piada da bicicleta. Em resumo, a produção é um pouco pobre, e o episódio acabou parecendo meio lento, mas... acho que me diverti com os personagens e as piadas. Ah, apesar de ser categorizado como "shounen", a autora também escreve shoujo e o protagonista é um escritor de mangá shoujo, então talvez seja só por isso a categorização. Tudo, desde o visual até o humor, é bem diferente do "shounen Slice of Life genérico", e sinto que a história vai ser sobre como o amor dela irá progredir... Ou não-progredir. Pretendo ver mais pra descobrir, se der tempo.


Não pretendo continuar assistindo:


Hanayamata   [MAL]
Número de episódios: 12
Gêneros: Slice of Life, Seinen, Cute Girls Doing Cute Things

Hanayamata é um daqueles animes sobre garotas fofas™ fazendo alguma atividade esdrúxula pouco popular, que nesse caso é uma dança tradicional ou algo do tipo...? Mas é bonito; Eu pessoalmente gostei demais da abertura! O design das personagens é muito fofo! E quase tenho vontade de assistir pra conhecer um pouco mais sobre a dança, mas com tanta coisa pra assistir, eu realmente não vou ter tempo nem disposição pra isso. De qualquer forma, julgando apenas pelo primeiro episódio, foi uma boa estréia e eu recomendaria pra quem gosta do tipo. (◠‿◠✿)



Akame ga Kill!   [MAL]
Número de episódios: 24
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Shounen

Eu vi o primeiro episódio depois de ver gente falando muito bem, percebi que a popularidade desse treco já está absurda, e acho que isso se justifica por ser bem... o cúmulo do "anime para otaku mediano". Não é horrível, mas promete ser bem "shounen mediano" à la Noragami ou - talvez o cúmulo do "shounen mediano popular recente" - Shingeki no Kyojin; Apelativamente mainstream, com uma dose generosa de sangue-e-mulheres, e realmente não teve nada merecedor de destaque no meu conceito nesse primeiro episódio. Portanto, obviamente e por motivos de já estou acompanhando coisas demais!!, não pretendo acompanhar. Peço desculpas aos fãs... Mas na verdade não peço, porque ei, meu blog, meu gosto, minhas regras.



E é isso!~ Essas foram as minhas impressões das estreias dessa temporada. Na verdade, tem mais dois que me interessam - Zankyou no Terror e Tokyo ESP - que eu ainda não assisti por falta de tempo mesmo, mas talvez não assista afinal, já que... uhn... deu pra perceber que já estou acompanhando muita coisa. ( ̄へ ̄)Eu disse que não faria mais isso, mas o que posso fazer se essa temporada é tão incrivelmente especial e preciosa?

Deixe nos comentários o que achou dessa temporada, e o que está assistindo e/ou gostaria de assistir!~ Concorda com minhas opiniões? Discorda veementemente? Deixe suas impressões e opiniões aí! (ノ◕ヮ◕)ノ

5 comentários:

  1. Ao Haru Ride acabou !!
    espero um 2 temporada : (
    E vc?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!~ Pois é, pois é. Eu confesso que me atrasei nessa semana, e ainda não vi o último episódio, mas acho que uma continuação pra Ao Haru Ride é bem provável, não? Pelo que ouvi dizer, a história foi adaptada fielmente, mas incompleta. O mangá ainda está em andamento e vendendo bem, então acho que tem pano pra uma segunda temporada no futuro - ou antes, se eles quiserem se apressar e tal. Eu gostaria que só tivesse quando o mangá ganhasse uma conclusão, pra ser sincera, mas quem sabe?
      Obrigada pela visita e pelo comentário!~ ♡

      Excluir
  2. Adorei ler suas Perspectiva de cada anime :3
    Parabéns!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo comentário e pela visita, fico feliz que tenha gostado!~ ♡

      Excluir
  3. vadia nao fale mal de Gekkan Shoujo Nozaki-kun ,vc que e uma meh , idiota nem entende o anime se nao gostou fica queta ninguem quer saber seu comentario

    ResponderExcluir