Bem vindo ao Blog Not Loli!

Siga-nos nas redes sociais!

Pesquise algum tópico: search
Parceiros parceiros

domingo, 22 de junho de 2014

Da série "weeaboozices", aprender japonês e coisa e tal.

Eu disse que iria postar mais esse mês.
E até agora nada.
Bonito, hein?


Dessa vez... eu não tenho desculpa. Eu tive tempo livre, eu tive coisas pra assistir e posts pra escrever - inclusive resenhas das séries que estão terminando. O problema é, realmente, que eu não ando com vontade de usar meu tempo livre pra fazer posts sobre o que eu tenho assistido, porque eu estou empolgada demais estudando japonês nesse tempo.

É um fato sabido que volta e meia eu decido estudar japonês. Faz pelo menos uns 6 anos desde que eu decidi que queria aprender a língua, mas desde então eu alterno períodos de estudo intenso com períodos de desânimo total, preguiça total, falta de tempo e tentativas de me conformar com a ideia de que isso é impossível. Em outras palavras: eu nem sempre me animo com meus estudos o bastante pra manter uma regularidade, e é por isso que eu não sei praticamente nada até hoje. Porque, hmm, eu não estudo, não pratico, e quando eu decido estudar eu acabo tendo uma overdose de alfabetos e fugindo.

Mas eu sou brasileira, e vamos dizer que seja por isso que eu não desisto, então eu gosto muito de estudar japonês. Às vezes.

Duas coisas me animam, normalmente, pra estudar japonês: A primeira é a possibilidade de falar com pessoas do Japão, em sites de intercâmbio de linguagens como o (meu favorito ♡) Lang-8, que é uma mão na roda pra quem fala japonês pior que os japoneses do pagode japonês falando português. A segunda é que eu vivo tentando jogar jogos em japonês, e eu sou aquela pessoa que reverbera cada vez que entende uma palavra/frase.
É altamente empolgante.


Dessa vez, porém, tudo começou assistindo vídeos no youtube. Mais especificamente, videos de brasileiros que moram no Japão, falando sobre experiências e comparando as culturas e tal. Eu sou super curiosa pra conhecer mais sobre a cultura japonesa, então passei uns dias viciada nesses dois canais, e resolvi retomar meus estudos de japonês. Assim. Naquelas.

Então, decidi fazer esse post pra encher linguiça!! compartilhar os métodos e sites que eu tenho achado mais efetivos pra estudar japonês dessa vez. Um aviso importante é que a maioria dos recursos que eu uso são em inglês, então talvez não sejam tão úteis pra quem não fala inglês confortavelmente.

Primeiramente, como eu disse: Lang-8. É um site para aprender línguas com três funções básicas: blog, correções e caderno.
Cada pessoa mantém um blog na língua que está tentando aprender. Os visitantes do blog, que em geral são falantes nativos da língua, podem pegar cada frase que você escreve e modificarem-na, usando negritos e cores, por exemplo, pra corrigir a frase. Tem ainda uma opção de comentar cada correção, justificando os motivos e tal. E por fim, você pode "favoritar" cada correção, frase ou post do site na função do "caderno", que permite ainda adicionar comentários, pra revisar mais tarde.
Então, ao mesmo tempo em que você aprende e ajuda os outros (que estão aprendendo português, por exemplo), você acaba conhecendo mais sobre outras línguas e culturas. É um site ótimo. Eu confesso que me arrisco muito, porque meu japonês é bem fraco, e vivo usando o tradutor do Google pra lembrar as palavras, mas as correções dos membros tem me ajudado demais.

 Segundo, por incrível que pareça: o tradutor do Google. Não, peraí. Não estou dizendo pra você jogar a frase lá que ele vai traduzir (..não faça isso!) mas se você tem a fonte japonesa instalada no browser, mas não a língua no pc, ele salva. Eu não tenho como mudar a linguagem do meu netbook pra japonês, então eu digito em roumaji no Google e ele passa pra hiragana/katakana/kanji. Essa função dificilmente dá errado com as palavras mais básicas. Claro que vale ler pra conferir sempre, mas eu não conhecia essa função e ela me tem sido útil.
... E já que é pra mandar a real, confesso que também uso o tradutor pra decifrar kanjis desconhecidos de um jeito mais rápido que olhando num dicionário, ou pra lembrar dos tempos verbais. É uma má ideia e nem sempre dá certo! Não façam isso em casa! Mas... é...... ;;

 Terceiro: Aplicativos, programas e sites com sistema de treino "inteligente", de acordo com o seu nível de conhecimento. O mais popular desses é o Anki, mas eu, pessoalmente, não curti tanto. Eu sou viciada no Kanji+, e recentemente descobri o Memrise que é um aplicativo bem divertido de usar, apesar de ter umas coisas tipo "Oh Sarah" que ó... pena que ambos precisam de conexão de internet (ou seja, sem wi-fi, sem alegria ;_;).

 Em quarto, sites e blogs, que são o que tem ajudado mais com a parte de regras gramaticais, estrutura de frases e etc. Seguem os links de alguns que eu encontrei e curti:
☞ About.com - Esse foi um dos primeiros sites nesse estilo - de lições curtas e simples - que eu encontrei na Internet, tempos atrás. Bem completo e didático, acho que também ajuda muito, apesar de ter achado um pouco mais cansativo, especialmente pra uma leitura corrida, que o site abaixo.
☞ The Japanese Page - Uma página com vídeos, links, além de um fórum para discutir questões de tradução, recursos e afins, uma Wiki maravilhosa, e lições de gramática bem simples e mastigadinhas das quais eu tenho feito muito bom uso. Nesse momento, estou apaixonada pelo quão simples são as lições dessa página, apenas. ♡
☞ Living Language - Essa é mais uma página com lições bem simples e curtas que aparentemente são feitas com base nas perguntas de usuários; Não sei exatamente como funciona - se é preciso se inscrever ou algo do tipo - mas leio a título de curiosidade e Sakura-sensei tem ajudado, já que ela explica tudo de uma forma bem simples.
☞ Tanoshii Japanese - Eu ainda não tive muito tempo de usar esse, pois me registrei recentemente e precisa de registro pra entrar, mas fiquei surpresa com o tanto de recursos que tem. Conta com dicionário, jogos, fóruns, entre outras funções. Parece ser bem útil, especialmente pra aqueles que acabaram de começar seus estudos... Dando uma fuçada, eu atualizo aqui.
☞ Tae Kim's Guide to Learning Japanese - Idem o site acima, volta e meia eu esbarro nesse aqui e acho bastante simpático, mas ainda não tive a oportunidade de explorar. Sei que tem algumas lições interessantes, porque foi assim que encontrei esse site no Google, mas não sei o quão útil ele é pra uma leitura corrida. Um dia provavelmente vou dar uma olhada nele.
☞ Outras recomendações no Otome Tea Time! - Edição nesse post pra falar que a Harurun do blog Otome Tea Time fez mais uma lista muito interessente de recursos, a maioria em inglês mas tem alguns em português também que eu nem conhecia. Por isso, recomendo conferirem a lista no OTT! ^_^

 E por último: Tem a história de que anime não ajuda a aprender japonês e tal. Não posso dizer porque, novamente, sou uma total iniciante, mas de fato, não acho que anime me ajude muito. Acho que as dicções são difíceis de pegar e as falas são rápidas demais. Porém, eu acho que músicas de anime me ajudam bastante. Quando eu começo a entender o que está escrito nas músicas que eu gosto, torna-se mais fácil de memorizar, então recomendaria ler traduções de músicas que você gosta!
Dizem que o mesmo vale pra doramas, programas de TV e afins, mas também nunca tentei, então.



Era isso que eu tinha pra falar hoje. ╮(─▽─)╭  Na real, tem mais coisas que eu tenho a intenção de usar futuramente, como alguns livros que eu encontrei na Internet, mas esse post é só pra falar do que eu tenho usado efetivamente e dar algumas dicas pra quem, como eu, tem vontade de estudar mas morre de preguiça de descobrir quais são os melhores métodos e sites pra se fazer isso. OTL Esses... provavelmente não são os melhores, mas são os que eu uso pra dar uma estudada sem compromisso com horário ou dinheiro, então achei válido repassar.

Eu prometo (promessa é dívida!) que essa semana vou postar mais coisas, especialmente sobre como Julho vai ser um mês maravilhoso, sobre séries que terminaram recentemente e que eu tenho assistido e coisa e tal.

Espero que vocês tenham gostado desse post com um p* conteúdo e nada de encheção de linguiça. Desculpa, novamente, pela falta de regularidade. Tenham paciência com uma pobre estudante. orz  Eu... prometo... que vou melhorar o nível.... prometo......

4 comentários:

  1. AAAAAAAAAAAH, seu blog é tão amorzinho <3 Adorei as indicações! Não conhecia elas, e super vou usar pra ~incrementar~ meu método de aprendizado ALKJÇDGOI Adorei o post <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi moça! (ノ◕ヮ◕)ノ*: ・゚✧ Awww, muito obrigada!! ♡ Sinta-se livre! Eu peguei mais um monte de referências desde aquela época, tô pensando em fazer uma parte 2 desse post qualquer hora, se quiser posso te linkar depois!
      Até mais!~

      Excluir
  2. A Fundação Japão e a NHK oferecem cursos gratuitos e online, dá para adquirir um bom conhecimento básico e se familiarizar com o idioma. Entretanto é fundamental aprender corretamente os 96 kanas para aproveitar as lições ao máximo.
    NKH:
    http://www.nhk.or.jp/lesson/portuguese/
    Fundação Japão:
    https://www.erin.ne.jp/pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá novamente! Poxa, que interessante!! Muito obrigada pelos links, vou colocar na minha apostila e no outro post para o pessoal ver, pode ser? Esse da Fundação Japão eu já conhecia, mas o da NHK eu não fazia ideia. Acho que fontes do Japão são sempre bastante interessantes para quem está aprendendo. :)
      Super obrigada pelas dicas, pela visita e pelo comentário! ^_^

      Excluir