Bem vindo ao Blog Not Loli!

Siga-nos nas redes sociais!

Pesquise algum tópico: search
Parceiros parceiros

quarta-feira, 28 de maio de 2014

OVA: Code Geass - Boukoku no Akito (1 & 2) + I Am the Garden of Reminiscences.

Esse blog não tem Code Geass. Isso precisa ser consertado.


Caham. Olá, amigos! Como vocês podem ver - talvez - esse é um post sobre Code Geass, mais especificamente os OVAs de Boukoku no Akito (vulgo Akito the Exiled) que (pasmem) eu só fui ver esse ano, e um comentário sobre um capítulo de mangá que saiu com o segundo OVA em Setembro passado. ("Setembro passado" era algo relativamente recente quando eu comecei a pensar nesse post, vai vendo.)

Esse é um post sobre Code Geass, que pode não ser do conhecimento de vocês, mas é basicamente o anime da minha vida. Desde que eu vi a primeira temporada, lá em 2007, eu realmente me apaixonei pela série, e tenho memórias boas de ficar acordada pra ver os episódios da segunda temporada. Sim, eu era da galera geassfag. Thug lyf. E depois de muito tempo, cá estou eu postando Code Geass no meu blog de anime - porque quando eu falo em "anime", eu preciso falar de Code Geass.

Desde que a série acabou, porém, eu... meio que perdi o interesse. Os spin-offs pós-fim da série - não que eu exclua NoN, mas... - tanto Akito, que eu assisti mais recentemente, quanto Shikkoku no Renya, que eu comecei a ler naquela época, meio que deixaram a desejar no meu conceito. Assim: São OK, mas provavelmente seriam melhores se não tentassem se encaixar em uma franquia com um universo pré-estabelecido e que por uma série de circunstâncias - não só de qualidade, mas também de, hã, tentativa e sorte, talvez - é um nome de peso. Então, eu acho que ambos são OK, só não corresponderam às expectativas altas demais e criaram alguns buracos no meio do caminho - o que quem é fã de Code Geass sabe que é meio ocorrência diária, mas enfim.


É esse também o caso do primeiro spin-off que eu venho trazer. Code Geass: I Am the Garden of Reminiscences é um one-shot (bem curto, de não mais que 17 páginas) que saiu com o calendário de 2014 de Geass. É uma espécie de monólogo que gira em torno da história da CC, suas aspirações humanas, e relembra as diversas pessoas com quem ela fez o acordo do Geass, de Renya a Charles, com seus diferentes propósitos e ambições; "uma bênção e uma maldição", como ela própria coloca.

Preciso dizer que achei bastante interessante esse material, já que é o tipo de material que favorece a imersão na história - afinal, é muito legal, depois de ver/ler tudo, ver comparações entre os diferentes usuários e perceber que, ei, eles realmente eram pessoas muito diferentes, e que por isso fizeram coisas muito diferentes com esse poder, né? É esse tipo de coisa que me faz gostar tanto do universo de Code Geass, com todos os seus spin-offs majoritariamente falhos e/ou bizarros (beijo SuzaLulu do sound episode de R2: mais alguém?) e esse é o lado positivo da coisa.

O lado negativo é que em 17 páginas eles conseguiram causar um erro de continuidade. É... material demais pra darem conta. Ainda assim, pra quem gosta de Code Geass, e conhece os spin-offs, é interessante e eu recomendo:


E por falar nos spin-offs, eu (re)li esse material logo depois de assistir Boukoku no Akito. E confesso: Ainda não tinha assistido Akito até uns dois meses atrás. O motivo? Exatamente o que eu disse: expectativas altas demais - Akito provavelmente foi o spin-off mais promissor - que simplesmente não eram correspondidas, e me faziam fechar o filme no começo. Passando o começo com lutas entediantes, porém, não é que Boukoku no Akito é bem interessante? Virou meu spin-off preferido, e, ainda que não tenha nada a ver com a obra original, eu passei a achar isso ótimo depois que aprendi a apreciar os filmes pelo que eles são.

O que eles são: Belíssimos, pra começar; Aquela estética já conhecida de Code Geass foi refinada, e tem um maior investimento - afinal, são filmes curtos produzidos ao longo de um ano. Dessa forma, pra sorte de nós, fãs, em termos de aparência Boukoku no Akito é "exatamente a mesma coisa, só que melhorado". Pra ser mais específica: A anatomia bizarra continua sendo bizarra, mas com sombreamentos e cores um pouco menos exageradas, e os rostos angulares um pouco menos pontudos, mas igualmente expressivos (deliciosamente, com direito até aos sorrisos cínicos de que eu tanto senti falta. ♡)

 

As mudanças na arte, de certa forma, refletem a história: é Code Geass, só que um pouco mais "adulto". É um pouco mais lento, um pouco mais sóbrio, e com alguns aperfeiçoamentos técnicos. Não tem aquela jovialidade empolgante da primeira série, mas também não tem - ao menos até agora - os buracos e falta de bom senso da mesma. Falando assim, provavelmente soa ótimo, mas pra quem gosta de Code Geass (e como diriam alguns, "alguém não gosta de Code Geass?") pode ser decepcionante e sonolento num primeiro momento, e fazer fechar o episódio como eu confesso que fiz algumas vezes.

E mesmo assim, não deixa de ser instigante. Se demora pra engrenar, quando engrena e você se acostuma com os personagens - que não, não tem o mesmo carisma e impacto imediatos daqueles da série original, mas você vai se apegando - te deixa com vontade de assistir mais; Entre outros motivos, porque sentimentos são explorados e coisas interessantes acontecem, mas não esclarecidas, conforme a magia da série original.

Então, fica aqui minha forte recomendação pra quem gostou de Code Geass e ficou com gostinho de "quero mais", e preferencialmente para aqueles que assistiram já há algum tempo: Assistam Boukoku no Akito. Mas sem a ilusão de ser Hangyaku no Lelouch; Apenas uma história paralela situada no universo de Code Geass e que tem honrado a série original, capturando sua essência dramática e se levando um pouco mais a sério. A parte ruim é ter que esperar (mais de) um ano pra cada filme. Mas é Code Geass. A gente espera. ♡

4 comentários:

  1. Oi Michi,

    Aaaah, Code Geass :3, sempre eterno e amado Lelouch lol
    Hey vc tem os links dos filmes? Ou onde baixar?

    Bjs, Larissa Furigo :P

    ResponderExcluir
  2. Oi Larii! :D
    Vou te responder no FB, mas tenho sim HAHAH. Bjs e obrigada! *: ♡

    ResponderExcluir
  3. Ótimo review!

    Saudações de um outro fã incondicional de Code Geass!

    PS: achei que já tinha sido consertado o problema de código do Blogger e arrisquei não copiar... deu ruim... haahahah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mauricio! Muito obrigada pelo elogio e saudações, companheiro d̶e̶ ̶d̶o̶r̶ ̶e̶ ̶s̶o̶f̶r̶i̶m̶e̶n̶t̶o̶,̶ ̶c̶e̶r̶t̶a̶m̶e̶n̶t̶e̶! ♡

      P.S.: E ugh, realmente peço desculpas quanto ao comentário m(_ _)m eu nunca disponho do tempo de que preciso pra arrumar o layout, e o sistema de comentários do Blogger é uma desgraça do começo ao fim. Mas muito obrigada pela visita e por (persistir no) comentário!~ ♡

      Excluir