quarta-feira, 19 de março de 2014

Samurai Flamenco 19 e 20 - Isso é um BL ou...?

Is this real life? Or maybe just fantasy? ~

...Não, fiquem calmos. Isso provavelmente não é um BL. Isso não significa que na última semana não tenham aumentado os níveis de Gotoyoshi, ou não tenha aparecido um novo vilão que é totalmente obcecado com o Mazayoshi, ou não tenhamos tido cenas como a cena acima. Mas tudo bem, foi heartwarming. E eu confesso que ainda prefiro esse clima meio de "nada especial acontece" ou "pessoas vivem suas vidas" e sobretudo coerência, ao clima lol so randum xD dos últimos dez episódios ou algo assim.



Então, depois de toda a reviravolta do Flamwenco, o episódio 19 retomou o clima de "as coisas estão muito chatas, muito paradas, até sem graça". E em Samurai Flamenco, sabemos que as coisas tendem a desandar depois de períodos de "isso aqui está ficando sem graça". Esse plot device ganhou uma justificativa no episódio 18 - de fato isso acontecia de certa forma por culpa dos desejos do Mazayoshi? - e o desejo final (ou assim acredito que este seja o arco final?) pode ser um desejo meio... Eu ainda não soube processar exatamente o que aconteceu, exceto que de fato eu fiquei pensando que isso funcionaria melhor num BL

Digo isso tudo porque o episódio 20 meio que já deu uma conclusão pro "arco" da namorada, mas eu não sei mais onde eles querem chegar com isso. Espera, eu nunca soube. Ok, vou tentar falar dos últimos acontecimentos de maneira ordenada.



O episódio 18 teve todo aquele climão de "fim de novela das 8": Gente voltando a trabalhar, gente se casando, gente indo morar com a família, gente indo estudar, gente sofrendo por amor, e - pasmem quem achou que isso ia ficar sem nenhuma conclusão - o Goto indo para a cidade natal se encontrar com a namorada, que foi tudo que efetivamente aconteceu no episódio.

Efetivamente aconteceu, ao mesmo tempo em que não aconteceu. A troca de mensagens de Goto com sua namorada se mostrou ser uma "farsa", já que a namorada não existia, e Mazayoshi e Mari deram uma de detetive ao longo do episódio. O intuito era descobrir quem era a namorada de Goto, como ela era e tudo mais, e o que eles acabaram descobrindo foi que ela era uma garota... morta.



Para descobrirem isso, eles precisam ir até a cidade natal de Goto "secretamente", conversarem com sua mãe e tudo mais. Pontos pra todo mundo que apostou na teoria da namorada morta. De fato, Goto era quem mandava as mensagens fingindo que era ela, e de certa forma atuando. Eu não sei se fiquei feliz com essa resolução - outras possibilidades que eu ouvi nesse tempo, como a de ela ser uma figura central dos ataques ou simplesmente aparecer por 5 segundos ou algo assim, me pareciam mais felizes e atraentes. É um pouco decepcionante isso acontecer depois de tanto tempo nos mantendo curiosos. Mas sei lá, foi coerente, eu acho. Ou não. A reação do Goto pareceu meio forçada, de certa forma. E a reação do Mazayoshi à reação do Goto... bom, mais ainda.



Episódio 20 - ou fim do episódio 19, pra ser mais exata - nos introduz a um novo inimigo: Haiji Sawada. Haiji foi um personagem que apareceu em [um dos episódios iniciais de Samurai Flamenco], daquela cena com os "jovens rebeldes", e ele volta. Ele volta como um vilão extremamente obcecado com Mazayoshi. Um vilão tão obcecado que resolveu ficar nas sombras, estudando o comportamento do Samurai Flamenco durante todo aquele tempo da série, pra ser seu one and only... arqui-inimigo. Seu oposto em tudo, um inimigo melhor que os tipos King Torture e From Beyond, o rival perfeito.

E ele tenta fazer isso. E é isso que torna a situação toda meio duvidosa e me levou a dar esse título pro post. Já falei que isso não é um BL e (provavelmente) não vai ter nada do tipo, e eles provavelmente vão inventar uma coisa totalmente outra nos próximos dois episódios, mas já falei também que, pra mim, isso funcionaria melhor com os dois terminando juntos. Não era só uma brincadeira por causa dos comentários sugestivos do Haiji ao longo do episódio; É porque eles fizeram absolutamente tudo culminar no relacionamento dos dois.



Eles literalmente deram a volta no universo e dimensões paralelas pra voltarem no ponto do relacionamento deles.


Poucas questões foram consistentes ao longo desse anime - o mistério da namorada de Goto, as coisas crescentemente bizarras cuja bizarrice foi justificada de certa forma pelo episódio 18, os complexos do Mazayoshi e dos outros personagens também, apesar de a maioria ter tido uma "resolução" no episódio 19 - e a forma dos roteiristas de mostrarem que estão amarrando os fatos é trazendo de volta um personagem de um dos primeiros episódios, em um papel totalmente diferente. E a explicação para o retorno dele, [conforme notado pelo próprio Mazayoshi no fim do episódio]? O fato de que o Mazayoshi queria muito entender a dor do Goto.

Possivelmente? Talvez isso ainda seja um pouco precoce. Isso foi uma teoria dele próprio, e na verdade não sabemos se o mecanismo ainda está funcionando dessa forma e tudo mais, e uma reviravolta ainda pode surgir aí, mas... fato é que ele fez surgir, depois da conclusão de tudo, mais um vilão. Eu honestamente fiquei perdida. Que raios foi isso depois de todo o drama do episódio 18?

O fight foi sério!!


Uma teoria interessante que eu li pra explicar isso (e, digamos, menos BL-damaged) foi a do blog Moe Sucks, e eu achei super coerente e possível. Então, a teoria não é minha, mas eu coloco aqui porque também concordo com ela. Mazayoshi teria feito isso porque o último vilão para ele enfrentar seria um vilão "irreal", contra o qual ele era impotente - afinal, era algo que existia somente na cabeça de Goto - e ele teria que adotar uma postura suportiva, uma postura que não condizia com seu complexo de "ser um grande herói", algo para o qual não cabiam grandes feitos, já que era Goto quem teria que enfrentar a situação.

E a solução que ele encontra, ativamente, para lidar com essa situação: Se colocar no lugar de Goto, literalmente, para compreender o que ele sente. Essa solução serve bem para ele, afinal é uma oportunidade que ele tem de ser mais uma vez o herói da história, ao mesmo tempo em que essa foi a forma pela qual Mazayoshi enfrentou seus medos e complexos ao longo de toda a série, já que os vilões e problemas surgiam por culpa dele.



É por isso, inclusive, que ele começa a se questionar no fim do episódio se o real vilão seria ele, conforme enunciado por outras pessoas depois do episódio 18.

Esse é um ponto que eu gostaria que fosse mais explorado, mas provavelmente não dá tempo. É uma possibilidade, mas provavelmente não acontecerá. De qualquer forma, isso seria verdade, não é? Se é por causa dos complexos do Mazayoshi que isso tudo tem acontecido... Não sei. É uma situação complicada - obviamente ele também não tem culpa e eu ficaria chateadíssima com um breakdown nesse ponto - mas seria interessante se fosse possível desenvolver isso, eu acho.



Enfim, foi isso tudo que aconteceu. Eu simplesmente não sei. E gosto da sensação de "simplesmente não saber", faltando dois episódios para terminar a série - esse é um anime em que eu nunca fiz a menor idéia do que aconteceria e simplesmente não estava sintonizada com as propostas, mas tem sido divertida de assistir - mas ao mesmo tempo isso me deixa temerosa. Tudo pode terminar lindamente, conforme a teoria que postei acima. Ou terrivelmente, e eu acho que aposto mais nisso, levando em conta o andar da carruagem. E na minha opinião, se tem algo que Samurai Flamenco sabe fazer é partir corações.

2 comentários:

  1. "Se tem algo que Samurai Flamenco sabe fazer é partir corações" - Hahah xD Foi desse jeito que eu me senti depois daquela cena em que descobrimos que o Goto-san estava mandando mensagens pra si mesmo, como se estivesse fingindo ser sua namorada e ao mesmo tempo ele mesmo. Eu não sei, acho que ela está morta porque numa parte da primeira opening de Samurai Flamenco mostra o Goto-san jogando um buquê de rosas com uma cara de "Estou de luto".
    No meu ponto de vista, esse vilão só faz uma parte de uma ilusão do Masayoshi porque, mesmo que ele tivesse vencido todos aqueles vilões e o mundo tivesse terminado em paz e serenidade, o Masayoshi esqueceu de derrotar uma coisa: o seu próprio medo. E esse medo e insegurança que ele tem acabou virando algo pior, ainda mais depois que ele ficou mal pelo Goto-san.
    A não ser que o Masayoshi seja esquizofrênico e esteja vendo coisas, porque depois daquele episódio do gorilamon, não duvido muito dessas probabilidades.
    E o caso do Goto-san em relação ao Masayoshi...bem, briga de casal sempre tem. :P Mas só acho que o Goto-san está meio iludido também, assim como o Samumenco. Na verdade, todo o cast é viajado no crack nessa bagaça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiramente, obrigada pelo comentário! (◠‿◠✿) Eu também me senti assim, coitadinho. Isso porque eu estava em parte esperando uma situação desse tipo - em que ela estivesse morta, e ele estivesse fazendo tudo - mas mesmo assim dá um aperto. É duro ser do elenco de Samumenco~ ;_;

      Sim, isso é verdade. Mas no fim das contas, o Haiji - dando spoilers dos últimos eps aqui;; Ignore se não viu! - foi o único personagem que não era uma criação do Mazayoshi, né? Pelo menos levando em conta o desfecho dele, foi isso que eu entendi.
      Desde o começo das pirações dele, eu achei que ele estivesse "vendo coisas". :P Mas conforme os episódios foram se passando é que eu fui percebendo que, não, isso realmente está acontecendo, e nem eu nem o Mazayoshi estamos vendo coisas. O que por um lado fez Samumenco ser essa loucura que foi, mas por outro lado provavelmente seria batido demais se fosse "tudo um sonho", né? Sei lá. Acho que está bom assim.

      "todo o cast é viajado no crack nessa bagaça" foi o melhor resumo que eu ouvi até hoje pro elenco de Samumenco. :'D

      :* abraços e mais uma vez (arigatou, soshite arigatou?) obrigada pelo comentário! o/

      Excluir