Bem vindo ao Blog Not Loli! Estamos em construção no momento! Siga-nos nas redes sociais!icones redesPesquise algum tópico: search
Parceiros parceiros

quarta-feira, 5 de março de 2014

Samurai Flamenco 15-18 - (Mais De) Um Mês Sem Posts De Samurai Flamenco

Isso pode ou não ser meta-interpretação do próprio post.

Até hoje, eu não tinha me dado conta do nível de procrastinação que eu tinha atingido com essa seção de posts. Sinceras desculpas. Eu poderia dizer que estou enrolada com outros trabalhos - tipo textos e traduções e coisas da faculdade e afins, o que também é verdade, mas de alguma forma eu encontrei tempo pra ver nada menos que oito (na realidade, nove ou dez) séries de anime nesse ínterim, então eu suponho que... hã... não foi exatamente isso que me impediu de postar. Não, não foi exatamente isso. Foi mais uma mistura de "falta do que comentar" com legítima preguiça de fazer isso, e o fato de que eu cheguei a escrever um post sobre o 15 e o 16 mas acidentalmente deletei. (;_;)

Na verdade, acho que o nível de Samumenco subiu bastante desde o último post - há controvérsias? - mas eu continuo não sabendo o que comentar de cada episódio além de "WTF...", então ficamos por isso. Resumo dos últimos acontecimentos, que tal?


Paramos em Beyond Flamenco. Na grandiosa aparição de Beyond Flamenco, que no melhor estilo Gorila Guilhotina, levou toda a fama por uma aparição de tipo 5 minutos. Tudo bem, é a voz do cara que ganhou um fandom de shounen com uma aparição de tipo 2 episódios, eu consigo compreender... ;_; Então, ele morreu, mas não sem deixar uma pista do que aconteceria nos episódios seguintes - afinal, começou a aparecer esse festival de "Flamencos", e subitamente Flamencos apareciam de todos os cantos e nada tinham a ver com a avó de Mazayoshi, então ficou a questão. (Hahah. Questão. Samumenco. Questão.)

No episódio 15, Samurai Flamenco se encontrou com aquele Captain Amerikka Mr. Justice, um herói estadunidense que "cruzou os mares" para contar a sua história - de todos os monstros que enfrentou, antes de descobrir que tudo era "uma conspiração dos estúdios de filmes de ficção de Hollywood", e na realidade tudo estava sendo gravado para o entretenimento de milhões de pessoas. Foi algo genuinamente criativo e risível, então pontos pra ele.

Mas a parte mais legal é que agora, 4 episódios depois, tivemos uma espécie de retorno a essa fala! Uau! Constância!! Na conversa do episódio mais recente com o super-vilão - aparentemente o final boss, mas eu duvido que Samumenco não possa pular mais uns tubarões faltando 3 ou 4 episódios pro final - descobrimos que tudo de fato surgiu por causa da obsessão do Mazayoshi com ficção de heróis, e nada era realmente real, ainda que fosse real, ou algo do tipo. Pra esclarecer, Mazayoshi deu uma de Haruhi em outro plano de existência, com direito a dimensões paralelas e possibilidades de finais alternativos. O motivo? Caso ele recusasse a proposta, que tudo fosse "gravado e empacotado, para se tornar mito, lenda, ficção ou entretenimento em outras galáxias e dimensões".

Encontrar um ponto de constância nesse anime é algo tão extraordinário que eu realmente fiquei emocionada.



O episódio 16 foi possivelmente meu favorito da série, e eu acho que tenho uma "coisa" com episódios dezesseis. Então boa parte do episódio teve a ver com as garotas do Mineral Miracle Muse, que voltaram a lutar pela justiça!! juntas, e tivemos um plot lésbico mais desenvolvido que o do yuri da temporada, o que provavelmente ganha alguns pontos em excentricidade pra Samumenco. (Talvez ter um plot lésbico mais desenvolvido que *Sakura Trick* não ganhe pontos pra ninguém, mas w/e.) A caracterização delas fez mais sentido do que nos episódios passados, o que foi adoravelmente heartwarming.

Mas o momento verdadeiramente heartwarming desse episódio foi a fala de um velhinho, que apareceu na crise de "pelo que eu luto?!" do Mazayoshi, ajudando-o numa hora de dificuldade porque o Samurai Flamenco (!) tinha ajudado-o a recuperar sua fé na humanidade e na justiça. ;_; Ei, eu chorei nessa cena, pronto, falei. Mais reviravoltas aconteceram. Vale a pena falar delas? Provavelmente não. Ah, e o Gotoyoshi também segue firme e forte desde então, quando Mazayoshi foi pedir ajuda para Goto. Só alegrias. (Nota: Goto morrendo de ansiedade enquanto Mazayoshi estava desaparecido no episódio 18 foi extremamente cute.) 

O episódio 17 retoma a ação. O Primeiro Ministro que na verdade não era bom voltou a ser bom na verdade, o que nem surpreende mais, mas a ação nesse episódio foi legal. E com foi legal eu quero dizer que as coisas voltaram a ficar boas desde que os Power Rangers Flamengers foram pro freezer.

AHHHH-- what

Mas eu realmente gostei da ação desse episódio. OK, enfim, nesse episódio surge toda a questão de como tudo é Flamenco que vem a ser resolvida - talvez? Quem sabe? Ou não?? Cenas dos próximos capítulos - no 18, como expliquei acima. Yeahh. Pelo menos a comédia foi boa. A comédia tem sido boa.

A conversa entre Alien e Samurai Flamenco - Aliens e Samurais são sempre legais, EU ADORO ALIENS - foi legal. Aliás, eu cheguei à conclusão de que, entre a cidade chamada "Eromanga" e cidades na cochinchina algum lugar da América Latina, os roteiristas de Samurai Flamenco realmente gostam de pesquisar cidades desconhecidas mundo afora. Yeah. Talvez, no fim das contas, eles realmente tenham feito uma pesquisa pra encontrar uma cidade no mundo com 65.536 habitantes - pra quem não pegou, Ushuaia, na Argentina! - o que é adorável.

De qualquer forma, agora temos um elenco de personagens legais. Uhu! Eu estou feliz, mas estou feliz naquelas. Ainda tem vários episódios, sei lá o que eles vão fazer agora. Eu gostaria de coração que desenvolvessem essa conclusão do episódio 18, porque foi muito legal, mas até parece que eles vão ficar 3 ou 4 episódios batendo na mesma tecla, num anime conhecido por, hmm, mudar de tecla umas 10 vezes por episódio.

Why?

Então desde a última resenha que postei aqui, as coisas voltaram a entrar nos eixos e a fazerem sentido. O que é ridículo, porque mostra o quão experimental Samumenco é. É tipo - podíamos fazer uma coisa coerente, ou uma comédia mais típica, ou qualquer coisa mais normal, mas optamos pelo formato "twist of the week" simplesmente porque podemos. O que pode ou não ser também uma sátira ao monster of the week.

E a minha conclusão sobre Samurai Flamenco é que agora Samurai Flamenco está de fato chegando a uma conclusão!! Yay! Com o mistério dos Flamencos ao menos parcialmente resolvido, relacionamentos se desenvolvendo e pontos-chave emergindo, eu fico feliz por poder ter a sensação de que esse trainwreck está chegando a um final de verdade. E estou começando a sentir falta - tipo, para onde vai minha dose de nonsense da semana? No fim das contas, tem sido uma experiência semanal... interessante. Tipo, "eu realmente não sei o que esperar, mas posso esperar posts engraçados no Tumblr"-interessante. Definitivamente diferente. Vai ser difícil de substituir, e pasmem, apesar de toda essa enrolação com os posts, se nada mudar demais até o final - hahah I'm calling it - sinto que vai ficar no meu coração.

Um comentário: