terça-feira, 4 de março de 2014

Comentários: Sword Art Online, Tari Tari, Psycho-Pass, Shinsekai Yori, Shingeki no Kyojin, Chihayafuru, Black Rock Shooter, Ai no Kusabi.

Tari Tari foi mais Samurai Flamenco que Samurai Flamenco!! AU!! Yeahhh~

Olá! Faz um tempo que não posto. Desculpas, mas ando realmente sem inspiração, mas devo fazer um post de meio de temporada - mais pra final de temporada - mais tarde, anyway.

Esse post é só para falar brevemente das séries de anime que eu tenho visto recentemente. Todas estas passaram em anos recentes - de 2012 pra cá - mas eu não acompanhei por motivos diversos, tipo "falta de tempo" e "seletividade demais" e "realmente não vi graça antes de todo mundo começar a falar sobre", e ficaram na minha lista mental de "animes para ver". Eventualmente isso se tornou uma lista concreta, e eu resolvi baixar alguns para ver durante a folga, então foi meio isso. Poderia fazer um post para falar de cada um, mas a verdade é que muitos não me tocaram ou me inspiraram tanto assim, então resolvi condensar em um post pra fazer breves comentários. Outros, provavelmente vou escrever mais sobre depois.


Sword Art Online 

Essa, eu comecei a ver lá quando estava passando e ainda não tinha muitos fãs e coisa e tal. Na época eu achei interessante porque, bom, dá pra perceber por esse blog que eu gosto de jogos também, e já joguei muito MMO na vida, e costumo gostar de ficção nesse estilo, então obviamente eu estava acompanhando, apesar de... obviamente não ser o público-alvo.
Eventualmente eu parei de ver, e só recentemente fui terminar, por recomendação de uma amiga (que às vezes lê esse blog, bjs Larissa!!). Não é horrível, me divertiu e eu confesso que escrevi fanfic do anime, mas a questão é que eu obviamente não sou o público-alvo. Não sou super-chegada em romance barato e muito menos em peitos pulando, então realmente não teve muita graça. Tirando fatores assim, provavelmente seria no mínimo um 8/10, então eu acho que recomendo pra quem não se incomodar tanto quanto eu, apesar de não ter morrido de amores pelo que vi. Resumindo, "shounen demais pra mim"/10 no meu conceito.



Tari Tari

Fofos, graciosos, bebês!! É bonitinho. Não é soberbo, não veria de novo - quer dizer, só por ter mais coisas para fazer, mas não que seja ruim... - não tem muita coisa além de "estudantes de colegial sendo bonitinhos", mas é bem-produzido - animação decente! Músicas chiclete! - e agradável. Ah, é um anime de moe legitimamente moe, sem fanservice gratuito e coisas do tipo, bem "worksafe", então ganha muitos pontos comigo porque eu sou na realidade um homem de 45 anos louco por coisas fofinhas.
E eu queria muito fazer parte de um "clube de coral e às vezes badmington". De verdade.



Psycho-Pass

Eu me apaixonei! Não vou falar muito aqui apenas porque estou preparando outro post só sobre Psycho-Pass, mas o fato é que eu gostei demais, achei empolgante do começo ao fim, recomendo de coração e coisa e tal.


Shinsekai Yori

Não foi uma experiência legal para mim. Eu sei, isso deve soar estranho pra quem viu este e o título acima na mesma época, levando em conta que todo mundo fez comparações entre eles (e SSY geralmente ganhava). É verdade que ambos se passam em distopias futuristas, apesar de irem em direções totalmente opostas - Psycho-Pass aposta nos avanços tecnológicos, enquanto Shinsekai Yori aposta numa dimensão espiritual/psíquica evoluída - mas em ambos os casos há semelhanças, e tudo culmina no desmoronamento da "bela sociedade pacífica". Se tivesse que definir, SSY é sobre guerra, inevitabilidade, "humanos são uma bosta" e homoromanticismo gratuito.
Tecnicamente falando: As diferenças são igualmente gritantes. A animação é QUALITY em vários pontos, e o estilo visual é clichê de anime dos anos 2010. A história parece ser boa, e o material original parece ser de qualidade, mas eu fiquei muito confusa em alguns pontos do anime; Muitas dúvidas e lacunas na minha mente tiveram que ser preenchidas por comentários de leitores dos livros, e sei que não fui a única. Gostei das músicas - em particular do primeiro encerramento, e a trilha sonora é muito boa - mas no geral, a produção é bem mediana.
Independentemente disso, eu só não gostei num nível pessoal. O que faz o anime ser bom aparentemente é justamente o terror que ele proporciona - vi muitas pessoas comentando que se sentiram perturbadas - e me senti assim também. Mas foi desagradável. A série inteira é "bad vibes", e eu me senti pior quando terminei, então simplesmente não gostei e a produção mediana não contribuiu. Pessoalmente. Fãs de SSY, não me odeiem.


Shingeki no Kyojin

Foi outra decepção em partes. Me sinto meio mal falando "decepção"? Talvez seja uma palavra forte? Tenho vários amigos que gostam do mangá e falam sobre como é melhor, então provavelmente não usaria "decepção", mas achei... bem mediano pra um anime que ficou tão popular nos últimos meses. Entendo que isso tenha sido uma questão de ter aparecido no lugar certo, na hora certa - "battle shounen com uma mensagem a mais" é sempre um gênero popular, e inclua elementos de séries populares demais como Full Metal Alchemist - a vibe óbvia, - Evangelion - oi, invasores humanóides gigantes e de origens misteriosas, só eu achei isso? - e Gurren Lagann - humanidade encarcerada pra se proteger, personagens que querem superar limites e coisa e tal.
O que você tem é provavelmente tem um sucesso de mercado, se aliado a uma boa produção. Ah, SnK tem uma boa produção, é bem contemporâneo, tem os elementos certos pra ser um anime de sucesso, então eu entendo. Mas pro meu gosto pessoal? Um pouco divertido, devidamente superestimado. Empolgante em algumas partes, mas mesmo sem ler, eu tenho certeza que o mangá é melhor, porque o final é ridículo e fez o nível cair significativamente.


Chihayafuru (segunda temporada)

Chihayafuru é outro que pretendo fazer um post sobre, porque foi um que eu acompanhei a primeira temporada e adorei, mas não pude acompanhar a segunda por vários problemas, tempo e coisa e tal, e só fui ver agora.
Eu adorei a primeira, e também adorei a segunda, apesar de sofrer do mal de Ookiku Furikabutte: A primeira temporada é ótima porque é um anime de "esporte" (karuta é esporte, certo??) fofinho e que sabe balancear desenvolvimento de personagem e história/competições, mas depois de toda a construção, a segunda meio que foca demais nas competições porque ainda não foi lançado o bastante do material original, e tudo fica por isso mesmo. Isso é chato.
Mas não foi nem um pouco ruim! Eu acabei gostando dos novos personagens, fiquei obviamente decepcionada por não ter rolado nem um "te considero" entre Chihaya e Aratinha, e a experiência foi como a da primeira temporada: Pode não ser groundbreaking, pode não receber comentários tipo "salvou a indústria do anime!!", mas é acima da média em termos de shoujo/josei - que a média é bem baixa, eu sei - e foi gostoso de assistir e recomendo.


Black Rock Shooter

Nossa, não me julguem, ok! Eu fui uma daquelas pessoas que viram o OVA, gostaram e foram ver a série de TV. É claro que eu não vi na época justamente porque... porque todo mundo falou mal da série de TV. Todo mundo. Então, fui ver agora esperando algo muito ruim. Tive algo ruim, mas não tão ruim quanto esperava, então diria que a experiência foi satisfatória? É, basicamente, fofinho. Ou seja, legal. Totalmente sem substância, mas super estiloso! Então, não achei péssimo, nem um pouco.


Ai no Kusabi (2012)

Por fim, Ai no Kusabi! "Aff." Não, peraí! Ai no Kusabi é realmente bom, ok? Dentro do seu gênero, que é um gênero conhecido por ser... bem ruim, certo. Mas AnK é uma surpresa agradável. História com substância? Check - agradeço o fato de a obra original ser um livro, talvez. Pessoalmente, gosto da ambientação. Homens com cara de homens? Check. A arte é muito boa pro nicho, vide screenshot acima, e a animação é fluida. Romance legal, e eu não acredito que estou dizendo isso, check. (Provavelmente tenho alguns tweets perdidos com conteúdo tipo "AnK É O BROKEBACK MOUNTAIN DA ANIMAÇÃO JAPONESA".) E não falo do romance entre o Riki e o Iason, que é totalmente fucked up mas ainda assim interessante, mas sim entre o Riki e o Guy, que ganharam muito mais destaque nesse remake em relação aos OVAs de 1992.
... Talvez porque não tiveram tempo de dar destaque para o Iason. Ah, sim: O único problema realmente é que acaba cedo demais - tem 4 episódios simplesmente porque as vendas foram horríveis e não foi possível fazer os 9 (?) planejados, o que me deixa com raiva quando lembro que tipo de produção tem sucesso no mercado yaoi/BL - why, anime baseado em mangá da Shungiku Nakamura. Que merda. Enfim, revolta à parte, eu realmente "gostei" de Ai no Kusabi? Naquelas: vi esperando algo ruim e risível, saí com algo acima da média, #DEEP e bem-produzido apesar de ainda risível em partes, então... ótimo saldo. Rock on, AnK.

Mas só um P.S.: Pet Ring não é uma boa estratégia de marketing de algo que já não está vendendo bem. É creepy. Por favor não façam mais isso.



Foi isso que eu assisti recentemente. Fora isso, comecei também Hakkenden, (porque recuperei meu PSP e estou nessa vibe-otomate agora) estou acompanhando os animes da temporada - como disse, pretendo fazer um post sobre logo mais - e vendo Gundam Wing, que pasmem, eu nunca tinha visto além de uns episódios na época da Cartoon Network. (Just Communication ainda é a melhor música dos anos 90, FYI.) 

Então, eu espero ter mais inspiração pra escrever sobre tudo isso logo mais... yeah... quem sabe?... desculpa pela falta de posts sobre Samurai Flamenco... eu devia fugir agora... yeah.......

10 comentários:

  1. 1. POR FAVOR RESENHA DE GUNDAM WING
    2. CURIOSA PRA SABER SE ESTÁ ACOMPANHANDO O SUCESSO DA TEMPORADA, HAPPINESS CHARGE PRETTY CURE?

    ASSINADO,

    ADMIRADORA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1. SIM, com certeza farei, incluirei looots of Heero e Relena!
      2. HMM, sinto dizer que o sucesso da temporada é Buddy Complex, e estou, de fato, acompanhando alegremente.
      :**

      Excluir
  2. Como eu não aguento ficar esperando um novo episodio por semana eu assisto os animes das novas temporadas, só quando todos os episódios são lançados (Paciência em kkk)... Os únicos que eu acompanho e que não tem jeito é Naruto e Fairy Tail (FT no mangá porque o anime volta só em abril).

    Enquanto eu estou esperando alguns animes que eu quero assistir da temporada do ano passado terminarem, eu estou assistindo todo o anime do Inuyasha novamente kkkk, Inuyasha foi o primeiro anime com dublagem original que eu assisti, foi ele que despertou esse vicio em animes kk.

    Já assisti Ai no Kusabi, achei ele um pouco sem noção kkk, mas ainda sim foi muito bom... Não achei muito pesado, algumas pessoas falam que ele é um pouco forte, mas não é isso tudo não.

    Eu estou começando hoje na blogosfera com ajuda de um amigo meu...
    O meu blog é esse aqui: Yaoi Eien

    Passa lá se estiver afim.
    t+

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh, eu também fazia isso as vezes, mas eu geralmente gosto de acompanhar posts de outros blogs e coisas do tipo, e é inevitável ter alguns spoilers em discussões e coisa e tal, principalmente se o anime for popular... então eu costumo acompanhar. Ou tentar acompanhar. (frequentemente acabo uns episódios atrasada, de qualquer forma...)

      AnK é bem sem noção MESMO, mas a história em si é bem feita, pelo menos. I mean... não é um Boku no Pico, mas também não é levinho.

      Ah, legal! :D O layout está bem simpático, vou dar uma conferida. Boa sorte com o blog! ^^

      Excluir
  3. Yey, primeiro comentário aqui (yeeEEEEESS)!!! \O/

    Waah. Eu assisti SAO graças o grande hype que ele recebeu e também graças a sinopse que eu tinha lido e que prometia ser muita coisa. Bom, no começo me pareceu ser um anime bem legal com um grande plot, mas, errrr... eu meio que fui perdendo a graça???? Acho que o autor (ou produtor??? Sei lá se ele seguiu o mangá/light novel fielmente????) não explorou muito bem os personagens, deixando-os um tanto quanto rasos??? E cara, como eu vou assistir uma coisa que nem dos personagens eu gosto???? (a Asuna tinha TUDO para ser uma personagem legal que eu poderia gostar, mas aí decidiram sempre deixá-la parecendo uma idiota sendo salva pelo Kirito BLEEEEHHH). Mas enfim, SAO trouxe sim um pouco de diversão para mim e teve uma gráfico muito bonito, então, não posso dizer que foi uma perda de tempo. Mas sem duvidas afirmo que foi uma decepção... :/ (e o pior é que aiNDA É PIOR PRA MIM É QUE VAI TER UMA SEGUNDA TEMPORADA???? LIKE. NINGUÉM PEDIU UMA SEGUNDA TEMPORADA CARAMBA!!!!! ARRRGH. O que me deixa chateada é que animes como esse sempre terão continuações, enquanto outros tipo Kuragehime (QUE É BOM DEMAIS E QUE TEVE POUQUÍSSIMOS EPISÓDIOS NA MINHA OPINIÃO) não têm e nem tem sinais de terem).

    Ahhh, Tari Tari. Ta aí um anime que ta na minha lista a mil anos e eu. ainda. não. o. vi. Nem eu entendo porque, aliás???? Porque slice of life é o meu gênero de anime favorito (tipo, Azumanga Daioh, Nichijou e Danshi Koukousei no Nichijou são aqueles animes que eu tenho que assistir pelo ou menos uma vez no ano se não não me sinto completa), e coisas moes sempre ganham meu coração (Chu-2 Byo e K-On!!, por exemplo????), então... é. Não assisti ainda porque sou estupida. Ponto.

    YeeeEEEEESSSS, VIDA LONGA A PSYCHO-PASS. EU ADOREI ESSE ANIME!!! Não sei se é porque, quando eu assisti, eu estava numa época muito vulnerável (afinal, eu tinha acabado de assistir Steins;Gate e PRECISAVA de mais sci-fi na minha vida), ou se é porque ele é bom mesmo, mas cara, eu realmente achei que foi uma anime estupendamente bom e que infelizmente foi despercebido por muitas pessoas???? O que é uma pena, na verdade, porque eu só lamento muito por aquelas pessoas que não tiveram a chance de conhecer o Makishima-kun... u3u

    Shinsekai Yori é aquele anime que eu ainda nunca terminei de assistir OIE OIE OIE. Acho que era porque eu estava numa época ruim???? Ou porque eu tava numa época de "quero assistir APENAS shoujo moss"???? (O QUE É, BASICAMENTE, 90% DA MINHA VIDA). Mas sei lá. Com fé em Deus e muitas orações acredito que algum dia eu o pegue para assistir de novo. (:

    Sobre SnK: O MANGÁ É INFINITAMENTE MELHOR. BELIEVE IT. BELIEEEEEVE IT. Anyway. Eu sinceramente amei SnK???? Acho que é porque, logo de cara, ele teve um grande impacto em mim (I MEAN, OLHA SÓ AQUELA ABERTURA!!!?!!), e o fato da Mikasa ser tão estilosa e phodona cresceu em mim e me fez apaixonar por essa droga. Mas sim, eu te entendo. Até mesmo eu que sou fan também acho que ele é superestimado... e os fandom dele é realmente uma droga (uma droga porque eles agem como se SnK fosse a unica coisa que importasse no mundo quando HELLO O MUNDO NÃO É SÓ ARCO-ÍRIS, PEOPLE???) (mas eles são realmente engraçados e divertidos e fazem piadas legais então... é, eu tenho essa relação de amor x ódio com eles). Mas é sério. Talvez seja melhor você dar uma chance pro mangá sim. Apesar dos traços não serem aquela maravilha de traço, eu o acho muito lecau...!!!? :B

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HIH OIII!! PRAZER!! VOCÊ É A GAROTA QUE GOSTA DE ARATA/CHIHAYA. VOCÊ É SUPER LEGAL IN MY BOOK. OK. CONTINUANDO.

      YEAH, personagens são super rasos. Tipo, vários tinham potencial mas meio que estavam só ali. E nossa, exatamente isso. Teve até uma entrevista com o autor das novels *somewhere* em que ele tenta justificar o negócio de a Asuna ser salva no final, apesar de ela ser na verdade uma pro player, forte e coisa e tal. Porque aparentemente isso foi uma insatisfação comum!! Haha, vamos fingir que não foi só machismo bobo. Eu também gostava dela, mas depois do romance forçado, zzzzz
      E UGHGHHHH SIM??? HAHAH estava comentando exatamente isso, tipo, que SACO que SAO ganha segunda temporada tão rápido e até agora nada de Kuragehime (<3) ou (insira aqui mil títulos mais originais/incompletos que DE FATO MERECIAM uma) ;_;

      HIH SOL moe é tudo de bom!! Hmm, Tari Tari é super feel good, I mean, sem pressão!!, aquele tipo de coisa que você baixa pra ver numa tarde de domingo de tédio (??), hmm, é super nada-especial, mas gostoso. (Tem uma garota que pratica arquearia montada - isso é legal.)

      AHH, S;G! É outro que tá na minha PtW há ERAS e me deu a vontade de ver justamente pq P-P me deixou craving, HAHAH. Eu também super achei isso. Tipo, até agora não sei se P-P é tão bom quanto eu to fazendo parecer ou se realmente só aconteceu no momento certo, porque é tão subestimado, y'know??

      ENTENDO o sentimento. Nah, mas é super bad vibes mesmo. Tipo, "sobrenatural/dark" com cara de moe não é o tipo de coisa que você quer ver quando quer ver shoujo e ~~kawaiis~~ na vida.

      HAHAHA bom, yeah, o fandom é assustadoramente grande!! Mas legal também, ei, tem fanworks legais, estou gostando de ~entender~ os posts e tal agora. Idk, eu nem achei horrível - me peguei bem empolgada em umas partes antes do arco final então acho que gostaria do mangá - só meio "nada novo" (..e a vibe FMA provavelmente me repele?? FMA:B é um anime estranho que eu digo OH, NOSSA, MUITO BOM, *BATE PALMINHAS* mas não consegui me envolver num nível emocional somehow.....). Ah, o traço tem um estilo original que é interessante! Eu gosto bastante do desenho dos titãs em particular, eles são GENUINAMENTE ASSUSTADORES.

      Excluir
  4. *continuação do meu comentário, hehehe...............................*

    CHIHAYAFURU. ARATA BABY. YES YES YES YES. E UGH. QUE ÓDIO. PORQUE ELE QUASE NUNCA APARECEU NESSA TEMPORADA (CARA, PARECE QUE ESSE POVO DA PRODUÇÃO DO ANIME ESTÃO CURTINDO COM A MINHA CARA PORQUE, SEGUNDO O MANGÁ, EU ACHO QUE ERA PRA ELE TER APARECIDO MAIS MAS EU ACHO QUE ELES NÃO O ACHAM TÃO IMPORTANTE???? E É POR MOTIVOS COMO ESSE QUE A GALERA GOSTA MAIS DO TAICHI. PORQUE O TAICHI GANHA MAIS SCREENTIME E O ARATA NÃO. E PONTO FINAL.). Ham, cof cof cof. Voltando. Chihayafuru foi um grande achado pra mim, me lembro. Porque eu estava absolutamente cansada de shoujos onde tem "uma menina tem tipo que 15 anos e se apaixona por um cara e ele não gosta dela então ela desencana e então ele começa a gostar dela e ela volta a gostar dele e quando tudo esta preste a ficar a mil maravilhas a amiga de infância do cara aparece para estragar tudo e então da boró e-" e é isso aí, o resto você já sabe; daí eu encontrei Chihayafuru, um shoujo (JOSEI??? Acho que é josei mesmo) totalmente diferente que eu amei. AMEI CARA. SABE AMOR A PRIMEIRA VISTA???? POIS É. Enfim. Estou doida para uma terceira temporada... kekeke... e estou doida para que os ultimos acontecimentos do mangá virem logo em anime (que ai assim as pessoas vão gostar mais do meu ship e parar de me julgar, é é é... '-').

    Black Rock Shooter eu só vi o OVA mesmo... e sei lá, não vou ver o anime não (a não ser que eu tenha ABSOLUTAMENTE nada para fazer). Quero dizer, eu assistiria se eu fosse realmente fan do OVA mas mas mas- ahhhh, eu não acho que valha a pena... .-.

    Ai no Kusabi... bem, eu sinceramente não assisti e não tenho interesse, já que eu não gosto de yaoi (só gosto de, no máximo, um shounen-ai mesmo) (e o motivo deu não gostar de yaoi??? Bom. Traumas... altos traumas... mas essa história fica pra próxima!! xD) (HOLY SHIT EU ACABEI DE USAR "XD" E A MINHA IRMÃ FALOU QUE VOCÊ ODEIA ISSO NÃO ME ODEIE PLEASE???!!!)

    Bom, enfim. Terminarei meu comentário aqui! Até a próxima!!
    P.S.: Eu até falaria bem de Gundam Wing, pra poder parecer uma pessoa legal e tudo mais, mas cara... eu não gosto de Mecha. Simplesmente não desce em mim um shounen com robôs gigantes a la transformers? Sei lá. Não dá (eu falo isso mas adoro os filmes de Transformers, olha a contradição, hehe...) (só os dois primeiros, aliás, porque depois não tem mais a Megan Fox e BLEEEEHH NO).
    P.S.S.: SHIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIT. ISSO DAQUI FICOU MUITO GRANDE CARAMBAAAAAAA!!!! @___@)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. (VOCÊ É A MELHOR, THANKS)

      ARATAAAA!! UGH, sim, é basicamente por isso mesmo, certeza. O ♥Arata♥ é todo moe, sempre acho estranho que ele não seja mais popular... Hmmm, Chihayafuru é josei! E realmente, acho que o primeiro bom josei que temos em anos? Lembro que tinha mais uns anos atrás - lembro da época de H&C e Nana e Antique Bakery e coisas assim - mas desde que o noitaminA mudou for good, não lembro de muitos?... talvez tipo, Natsuyuki Rendezvous?... é estranho. Realmente, também gosto de anime nesse estilo, e sinto falta.
      (HATERS DE ARATINHA NÃO MERECEM MINHA ATENÇÃOOO)

      É bem. Bleh. É cute por um lado, mas é bem... irrelevante. Idk. Não recomendo.

      UGHAUSA BEM, não posso dizer que não compreendo. :') (também fui traumatizada com yaoi na vida!! Mas superei.....) Eu vejo OVAs yaoi - em geral da década de 80/90 - de vez em nunca porque acho, tipo, hilários, melhores diálogosss, é tudo muito hilário. (e porque sou dessas que gosta de pagar de ~anime hipster~ às vezes.) Mas AnK de 1992 foi um que achei genuinamente OK, e o de 2012 é melhor, então.
      (HMMM, HAHAH eu não odeio "XD" realmente! Só... não uso no twitter e tal. É meio awkward quando você conhece todo mundo da época do "xD *-*". Mas escrevo de um jeito super retardado, não sou Internet Police at allll)

      Bem. WOW. SUPER OBRIGADA PELO MEGA-COMENTÁRIO. ;_; (GENUINAMENTE EMOCIONADA - FIQUEI TIPO "WTF, PESSOAS..." QUANDO VI QUE TINHAM VÁRIOS COMENTÁRIOS AQUI.)
      EU ENTENDO. Cada um gosta de uma porcaria, e mecha é meu nível de porcaria. (tipo, shounen de luta é uma coisa que não me desce, mas shoujo-estilo-shounen-de-luta? ADORO. Idk. Pessoas tem manias.)
      (Ah, eu nunca vi os filmes de Transformers, mas fiz Irmãozinho narrá-los pra mim ainda hoje. Achei legal. Prometi ver com ele.)

      Enfim. Prazer em finalmente conhecê-la? VOCÊ TEM BOM GOSTO! ROCK ON! (*autoridade em gostos, meu gosto > seu gosto, etc - haha, não*)

      Excluir
  5. Eu tava querendo saber se AnK tem relacionamento abusivo... Meio que não faz minha praia, e acho melhor saber antes de ir assistir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem? ^_^
      É difícil falar sobre AnK porque a história tem um lado muito fetichista, eu defino brincando como "a versão yaoi de 50 Shades of Gray". :P Sim, é moralmente bastante questionável, mas tem um lado interessante de crítica social no meio de tudo isso. O romance é entre um rapaz que cresceu em uma espécie de favela/subúrbio, animalizado e sabendo que sua melhor chance de ascensão social era virar escravo (sexual, inclusive) de alguém da elite... e o cara da elite. Se é abusivo ou não vai da sua interpretação e senso crítico. Eles se apaixonam de verdade, mas... Tem ainda outros casais sem essa questão, formados por personagens do mesmo estrato social. Tem um ou outro estupro mas tudo é tratado de forma bem crítica. :) Eu fiz um post só sobre BL em que você pode conferir meus comentários sobre AnK: http://www.notloli.com.br/2016/06/aquele-post-de-dia-dos-namorados.html
      Enfim, mesmo com relacionamentos abusivos eu diria que vale a pena assistir dependendo do porquê de você querer assistir ou querer evitar relacionamentos abusivos.
      Obrigada pela visita, e até mais!~

      Excluir