quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Jogo: Very Retrouvaille

Essa é uma brevíssima resenha de Very Retrouvaille, o qual ainda não terminei, mas me pus a escrever sobre porque achei realmente interessante e quis divulgar. Já adianto, Very Retrouvaille não é um jogo qualquer. É um jogo bonitinho e simples de RPG Maker 2003, criado aparentemente por esta jovem garota do Tumblr, onde você conversa com pessoas simples em uma vila relativamente simples, colorida em verde, e blablabla.
Very Retrouvaille, porém, é muito mais do que isso.

Porque ele começa com a seguinte tela:


De fato, você acaba descobrindo que há vários bancos na vila, e em todos eles há exatamente as mesmas opções - sim e não, - e sentar em qualquer um dos milhares de bancos no jogo inteiro vai dar exatamente a mesma resposta: a de que nada aconteceu, e que melhor ir fazer algo, haha. E esse é o primeiro minuto de jogo, que já deixa evidente que Very Retrouvaille é mais do que um simples jogo fofinho de RPG Maker 2003; É uma super crítica a diversas coisas, desde as propagandas nos murais sobre "um jogo sobre uma pessoa que procura seu amigo", com o comentário - "quem gostaria de jogar isso?..." - risos! - passando pelo garoto sem nome (que tem um diálogo ótimo), até o casal de garotas; Fora inúmeras referências pop, puzzles, e outras sacadas ótimas... Very Retrouvaille não é pra qualquer um, mas eu devo dizer que é um jogo genial*. 
* (Como a Nat e outras pessoas sabem, "genial" não é um adjetivo que uso com freqüência, então se estou usando aqui é porque vale a pena. ;*)


Nenhum comentário:

Postar um comentário